31 março 2010

Largo da Paz...

Recebi há dias uma carta da minho colega de curso Maria Filomena Leite Gomes. Que lhe agredeço penhorado...
.
Esta carta da Filomena "faz um pouco de História". Um pouco da História de um Lar que conheci de perto. Há 50 anos... Só por isso lhe peço desculpa por dar a "publicidade" que é devida ao seu "documento".

A carta:

.
"Porto, 18 de Março de 2010-03-20
..
Caro colega e amigo João
..
Possivelmente vai ficar admirado com esta carta… mas explico já a razão da escrever. Desde 27/Set./2008 tenho andado à procura de algo que fizesse recordar o almoço –“bodas de oiro” dos finalistas da F.C.U.P.
Através da Fernanda Ferreira tive acesso ao que o João deixou na internet… e uma pessoa amiga imprimiu. Quero agradecer-lhe pela alegria que me deu e dar-lhe os parabéns pelo trabalho realizado.
.
.
Entrei para o lar das Doroteias em 54 e, no 1ºano partilhei o quarto com a Ana Máxima, a Fernanda e a Margarida Rato (hoje médica pedo-psiquiatra). A partir do 2ºano passei ao andar superior do Lar fiquei no quarto com a Rosa Guerreiro andar onde também esteve a sua Maria de Lourdes. Sinto uma profunda dor por saber que a sua Mulher já não está entre nós, assim como a Rosa, a Ana Máxima e a nossa Directora, Madre Margarida Moreno. Até há pouco, a nossa VALPER continuava viva com os seus...
.
.
...88 anos. Mando-lhe esse livro através do qual consegui localizar a Madre Valente-Perfeito.
A Fátima Ibeche deu-me a sua direcção e por isso me lembrei de lhe escrever.
Bem haja pela sua ideia.
Faço votos de boa saúde para si e para os seus a quem envio um abraço amigo e desejo que deus vos conceda as suas melhores bênçãos.
.
Maria Filomena (Pires Leite Gomes)"
.
O grupo de alunas que em 1957/58 residiam no Lar das Doroteias.
.
Com a Directora, Madre Margarida Moreno e com a Irmã Maria Rita Valente-Perfeito, destacamos entre outras a Ana Máxima Romão de Melo Machado (1ªfila - 2ª à dir.), a Maria Amélia Souto Teixeira (1ªfila - 1ª à esq.), a Rosa Guerreiro (4ªfila - 5ª à Dir.),
Dispersas no conjunto identificamos a Filomena Gomes, a Fernanda Ferreira, a Maria do Amparo Silva, a Olema, a Maria del Carmen, etc.
Não vejo neste grupo a Maria de Lurdes Macedo mas imagino-a como fotógrafa, fazendo esta foto. Eu não tinha esta fotografia...
.
O mesmo grupo, agora na escadaria principal do "palacete" do nº10, do Largo da Paz.
.
A Ana Máxima (2ªfila - 1ª à esq.), a Maria de Lurdes Macedo (última fila - 3ª, com óculos), a minha colega Maria do Amparo Silva (abraçando o candeeiro) e, entre muitas outras, a Directora Madre Margarida Moreno.
.
Entre a Rotunda da Boavista e a Igreja de Cedofeita, muito próximo do Liceu Normal D.Manuel II, situava-se o largo da Paz, onde se erguia, no meio de um pequeno bosque, o palacete onde funcionou, durante anos, como Lar feminino - o Lar das Doroteias.
.
A localização do Lar das Doroteias - no Largo da Paz, nº10
.
A Filomena enviou-me também uma foto do portão do palacete onde funcionou o Lar da Doroteias. Já nem "isto" existe actualmente...

O portão do Largo da Paz, nº10, Porto, já com o edifício onde funcionou o “Lar de Nossa Senhora da Paz” - Lar das Doroteias - a ser destruído!
Nesse “lugar” surge um edifício de Seguros. Resta o “espaço” onde a Ana Máxima guardava o seu “carocha” – uma mini garagem que se mantém ainda na rua Ricardo Severo!
.
As finalista do Lar das Doroteias em Maio de 1958
no 1ºplano: Maria del Carmen (Farmácia) e Maria de Lurdes Macedo (Farmácia); no 2ºplano: Fernanda Ferreira (Ciências Biológicas), Rosa Guerreiro (Farmácia), a Directora do Lar, Madre Margarida Moreno, Maria Amélia Souto Teixeira - Mimé (Farmácia) e a Maria Filomena Gomes (Ciências Biológicas).
.
E as respectivas caricaturas no Livro de Curso de 1958, acompanhadas por um "apontamento" poético que Valper não "perdoava"... :
.
Maria del Carmen Lourenço Esteves
.
Apontamento poético de Valper:
"A Ciência concentrada
Em poucos dias, no fim
Fez do teu curso - jogada
de "buena dicha" sem fim..."
.
..
Maria de Lurdes Macedo
.
Apontamento poético de Valper:
"Timidez, simplicidade
E muito bom coração
Já sabem, não é verdade?!
É a Lourdes do João..."
.
Maria Fernanda da Costa Ferreira
.
Apontamento poético de Valper:
"Querem uma aposta?!
Esta doutora
Vai se famosa
Por ser tão sabedora,
E vai ser feliz
Pela vida fora...
Deus o há-de permitir
Pois ela vai sorrir
Ao que Ele quiser..."
.

Rosa da Conceição Guerreiro Lopes

Apontamento poético de Valper:
Diz-se que as rosas têm espinhos....
Eu sei duma que os não tem!
Vai seguindo nos caminhos
Da vida, sem destinos
Serena e firme no Bem!!"

.
Maria Amélia Rosendo Souto Teixeira - Mimé
.
Apontamento poético de Valper:
“A Vida por um canudo
Tem para ti o valor,
De teres alcançado tudo
Com muito pouco suor…"
.

Maria Filomena Pires Leite Gomes

Apontamento poético de Valper:
De vez em quando
Lá faz o seu banzé…
Mas no geral
Vive na tranquilidade,
Não tem pressa
E faz esperar a maninha
(Não é por mal…)
Uma eternidade!"

. A Ana Máxima não está nesta fotografia mas também foi finalista durante esta ano.

A Ana Máxima Romão de Melo Machado

Apontamento poético de Valper:
No coração – uma Fé.
Na vontade – um só querer.
É sempre aquilo que é.
E nada mais quer parecer.

A Ana Máxima era a bondade em pessoa. Era de uma bondade activa.
“Tinha um amor pelos pobres e por todos aqueles a quem a desgraça visitava que chegou a atingir os cumes do heroísmo.”
“As pedras, as vielas do Barredo e muitas “ilhas” do Porto, podem contar o que viram quando a menina “Aninhas” por lá andava.”
.
A Ana Máxima era uma das nossas “primas” de Oleiros, filha da prima Clotilde Romão, também ela licenciada em Farmácia, no Porto e farmacêutica em Viseu. Tal como o marido, Dr. Arnaldo de Melo Machado.
.
A Ana Máxima licenciou-se no Porto, no dia 29 de Julho de 1958. Casou em Fátima em 8 de Agosto e faleceu em Viseu, na manhã do dia 19 de Janeiro de 1959. Tinha acabado de fazer 26 anos… Deixou-nos uma saudade imensa.

A "prenda" que a Filomena acaba de me oferecer, ficou um pouco para o fim…
Mas ainda há tempo e espaço para dizermos alguma coisa sobre o livro de que é autora a Irmã Maria Rita Valente-Perfeito (Valper)
.

O livro da Irmã Maria Rita Valente-Perfeito
(Valper
)
.
O livro "Aldeia da Esperança" onde a Madre Valper descreve a luta que travou, em Moçambique, a partir de 1969. Uma nova luta... Desta vez contra a lepra.
"Quando estava há já um ano como professora no Colégio-Seminário de São Teotónio em Nova Freixo, na Província do Niassa, para onde fui em 1969, informaram-me que a cerca de 30 quilómetros de Nampula, existia uma gafaria abandonada havia cinco anos.
(...)
Pouco depois de ter chegado a Nova Freixo, vi o primeiro leproso da minha vida. Tinha um buraco tão profundo na planta dos pés que se lhe podia ver o osso..."
E, até 1984, a Irmã Valper não fez outra coisa mais do que dedicar-se à causa dos leprosos...
.
É D.Augusto César, Bispo de Portalegre e Castelo Branco, o autor do "Prefácio".
.
"A “Aldeia da Esperança” não precisa de apresentação. Nem ela nem a sua autora. São ambas da cor dos sonhos e quando sorriem convidam a caminhar…, deixando a morte para trás.
Cada capítulo do seu livro é uma pequena iluminura pintada com fé e amor fraterno Não há teias de aranha a coar o sol nem ressaibos de egoísmo a desfigurar a linguagem. Desde a primeira à última letra, saboreia-se uma vontade livre de doação aos outros e uma coragem que não permite à lepra vencer.
Gostava de ver este livro ampliado (tantos outros episódio que ficam esquecidos!) e de sentir os leprosos mais valorizados ainda. Os da Nemaita e os do mundo inteiro, desafiam a imaginação e a coragem de muitos com o argumento mais forte do mundo: o amor! Daí a sua esperança sonhada como presença, como dedicaçãop, como aldeia sorridente…
Mas vamos à leitura dos capítulos. Cada um pode ser um livro. E todos juntos são um poema de amor e de esperança."
.
Ainda a tempo...
Uma foto feita no dia 27 de Setembro de 2008, na reunião das Bodas de Oiro.
Cinquenta anos depois do que ficou mencionado atrás...
.
Aqui estão reunidas três jovens do "meu tempo"... Todas Biólogas.
Duas delas eram finalistas do Largo da Paz - "Lar das Doroteias":
A Maria Fernanda da Costa Ferreira, à esquerda:
A Maria Filomena Leite Gomes, autora da carta que recebi, à direita
A terceira, de pé, também minha colega de curso de Biologia, é a Maria de Fátima Rocha Peixoto que residia num outro Lar, que também já não existe (nem o prédio...) na rua da Cedofeita uma centena de metros distante do Lar da JUC no qual também eu vivi dois anos.
Bons tempos!...

.
Obrigado, Filomena!

Nota: Por lapso tinha trocado o nome do Liceu Normal D.Manuel II (actual Rodrigues de Freitas) com o do Liceu Alexandre Herculano... Agradeço ao leitor Zé_Lucas a chamada de atenção para tal êrro.

30 março 2010

A 1ªTravessia do Atlântico Sul...

...é hoje assinalada no "Público".
.
Fez hoje anos (88 anos...) que Gago Coutinho e Sacadura Cabral iniciaram a aventura de chegar ao Brasil num pequeno e frágil hidro-avião monomotor Fairey F III-D MkII, especialmente concebido para a viagem, equipado com um motor Rolls Royce e que foi baptisado com o nome de "Lusitânia".

O hidro-avião "Lusitânia".

A primeira etapa da viagem foi concluida no mesmo dia, em Las Palmas.
No dia 5 de Abril, partiram para a Ilha de S.Vicente, em Cabo Verde, percorrendo 850 milhas e em 17 do mesmo mês rumaram para o arquipélago de São Pedro e São Paulo. já em águas brasileiras, onde chegaram a 18 de Abril.

.
O "Lusitânia" sofreu então alguns estragos devido ao mar revolto e chegou a perder um flutuador. Os dois aviadores foral levados num cruzador português que os deixou na ilha de Fernando de Noronha.

O governo português enviou então um outro Fairey, com o nome de "Pátria".
Depois de uma tentativa falhada em 11 de Maio, com a sequente destruição do segundo hidro-avião, surhe uma terceira aeronave cujo nome era Santa Cruz.

Só em 17 de Junho de 1922, o "Santa Cruz" amarou em definitivo na baía de Guanabara.
.

O "Santa Cruz"

Foi no dia 22 de Junho de 1972, cinquenta anos depois desta viagem épica, que a Câmara Municipal de Setúbal promoveu um acto público comemorativo desta primeira Travessia do Atlântico Sul pelos dois brilhantes aviadores portugueses.
.

A sessão foi presidida pelo Governador Civil, Dr.José Cardoso Ferreira que dava a sua direita ao Almirante Sarmento Rodrigues e ao Dr. Eduardo Albarran, presidente da Junta Distrital e a esquerda à deputada D.Luzia Beija e ao presidente da Câmara de Setúbal, Dr.Manuel José Constantino de Goes.
.
Foi orador o Dr. Norberto Lopes, o inesquecível jornalista que foi director do Diário de Lisboa e cujas "notas do dia" ficaram célebres... A apresentação do ilustre conferente foi realizada pelo Vice Presidente do município.

Fotografias de Setúbal...

Com as escarpas de S.Nicolau por fundo,
o lado nascente da Doca das Fontaínhas
surge-nos aqui com o aspecto que lhe foi
dado há alguns anos atrás
A doca das Fontaínhas
em 21 03 2009

29 março 2010

Beira Baixa - 1961 - Janeiro

01 de Janeiro
Na 3ªpágina, o Poema “Cristo” de Sebastião da Gama
(do livro Cabo da Boa Esperança)
.
À minha cabeceira o Cristo morre
de puro dó. Silenciosamente,
da cabeça caída para a frente
um fio de sangue, ainda vivo, escorre.

Puseram-mO ali como um remorso.
Não quiseram matá-lO de uma vez,
p’ra m’O porem ali como um remorso.
Tem os olhos abertos. Tristes…, tristes…
E a Sua boca quase que me fala,
como quem repreende meigamente.

Quando me vou deitar, já nem O olho.
Apago a minha vela bruscamente,
p’ra não ver os Seus olhos que me doem
como um remorso antigo.

Porque não ficou morto no Calvário,
apodrecendo aos Astros indiferente?
Porque veio acabar para o meu quarto,
com estes olhos suaves que me acusam,
com estes lábios tristes que me pedem
quo O não deixe morrer tão sem razão?

Tem quase dois mil anos o meu quarto.
E em mais de mil das noites destes anos
eu apaguei a vela p’ra não ver
a agonia do Cristo, que me acusa.

Mas Ele rasga a escuridão da Noite.
Mas ele rasga o sono em que me oculto
e vem, solto da cruz a que o prendi,
continuar, no fundo da minh’alma,
Seu estertor.
Seus olhos brilham mais na escuridão…
P’ra de todo morrer,
como que espera apenas o segundo
de eu Lhe pedir perdão.
.
01 de Janeiro
Espectáculos
Cine Teatro Avenida
Hoje – Marcelino, pão e vinho (matine) e
Uma garota apimentada, com Anthony Perkins e Jane Fonda
3ªfeira – Êxtase, com Pascal Petit e Jeanni Esposito
5ªfeira – A 3ªchave, com com Eleonora Rossi
Sábado – O pequeno lorde, com Fredy Bartholomey e Mickey Rooney
.
08 de Janeiro
Notícias de Alpedrinha (na pág.9)
A Festa de Fim de Ano, na Estalagem de S.Jorge
(…) pois até hoje Alpedrinha, no aspecto turístico, tem estado praticamente dependente da iniciativa particular, como é o caso da sua Piscina, inteiramente construída pelo Sr. Dr.Sá Pereira e da sua Estalagem, fruto da tenacidade da Sr.ª D.Maria do Carmo Falcão Tarouca e de seu marido Sr.Etelvino Tarouca, mestres na difícil arte de bem receber.
( a propósito da Noite de S. Silvestre, “noite que dificilmente será esquecida por aqueles que ali assistiram à passagem do ano”)
.
15 de Janeiro
Com a presença do Governador Civil e mais autoridades foi inaugurada a nova sede do Centro Artístico Albicastrense.
(Na última página, com fotografia da assistência)
.
22 de Janeiro
O Reitor do Liceu de Castelo Branco apoia a sugestão apresentada nas colunas da “Beira Baixa”, de uma “Romagem de Saudade dos Antigos Alunos
Ofício do Dr. José Catana Diogo:
De harmonia com as sugestões apresentadas na imprensa local, tenho a honra de convidar os Antigos Alunos a tomarem parte numa reunião que se realiza pelas 17h, do dia 29 do corrente mês, domingo, no Liceu, afim de serem trocadas impressões sobra a próxima Romagem de Saudade.
Castelo Branco, 18 de Janeiro de 1961
O Reitor:
a) José Catanas Diogo.”
.
22 de Janeiro
Orquestra Típica Albicastrense
Constituem a Direcção da Orquestra Típica Albicastrense para o ano corrente, os Srs. Fernando José Dias, Tenente Manuel Dias Catana, Teresa Maria Pissarra Abreu, João Luís Vinagre, João Marques, Manuel Rodrigues Penteado, 1ºSargento Albino Siborro Alveirinho, Domingos Mendes e Adolfo Fidalgo Cavalheiro.
O Presidente da Direcção será designado pelo Círculo Cultural.
.
29 de Janeiro
Concerto Camoniano
A Delegação da Pró Arte, em Castelo Branco, promove no dia 27, pelas 21,30h, na Sala da Biblioteca do Liceu, um Concerto de Canto sobre textos literários de Camões.
As poesias cantadas pela distinta artista Maria Amélia Abreu serão acompanhadas com música de compositores portugueses como João Arroio, Cláudio Carneiro, Luís de Freitas Branco, Ivo Cruz, Fernando Lopes Graça, Croner de Vasconcelos e outros, executados pelos consagrados músicos Dinorah Leitão Cruz e Dr.Ivo Cruz.
.
29 de Janeiro
Espectáculos
Cine Teatro Avenida
Hoje – Conversa de travesseiro, com Doris Day e Rock Hudson
3ªfeira – Molokai, com Javier Eserivo
5ªfeira – Pagas ou morres, com Ernest Borgnine e Zhora Lampert
Sábado – Emboscada sangrenta, com John Derek e J.Hodiak

28 março 2010

Alexandre Herculano

Alexandre Herculano nasceu em 28 de Março de 1810 no Pátio do Gil, à rua de São Bento, em Lisboa e faleceu em 13 de Setembro de 1877, na Quinta de Vale de Lobo, no Vale de Santarém. Foi um escritor, historiador, jornalista e poeta, da era do romantismo.
.
"Comemora-se hoje o bicentenário do nascimento de Alexandre Herculano. Ou, mais exactamente, comemorar-se-ia, se o país que o sepultou nos Jerónimos, ao lado de Camões, não tivesse esquecido o homem que elevou a historiografia portuguesa a disciplina científica e que foi visto, por sucessivas gerações, como um reserva moral da nação."
Luís Miguel Queirós dixit...
in. "Público" - 27.03.2010

Alexandre Herculano
.

10ºVolume - História de Portugal 1
Ed.Círculo de Leitores - 1987
.
"Os 200 anos do nascimento de Alexandre Herculano, que se cumprem hoje, estão a ser marcados por duas ou três louváveis iniciativas locais, enquanto o Estado, assoberbado com as comemorações da I República, ignora o fundador da moderna historiografia portuguesa e o pioneiro do romance histórico, para não referir a figura cívica que recebeu dos seus contemporâneos, numa alusão à integridade moral de que sempre deu provas, o cognome de "o homem de bronze"."
.
Aos 11 anos, Herculano foi estudar com os padres da Congregação do Oratório de S. Filipe de Néri, que lhe ensinaram latim, grego, francês e filosofia, mas que também o tornaram um cristão convicto e um profundo conhecedor da Bíblia. Tendo sido sempre um espírito religioso, não deixa de ser irónico que muitos dos mais violentos detractores da sua obra historiográfica fossem homens da Igreja, que não lhe perdoaram a audácia de secularizar as origens da nacionalidade, dispensando a alegada intervenção divina na batalha de Ourique. Os seus estudos de Humanidades, que visavam a frequência posterior da Universidade de Coimbra, foram abruptamente interrompidos em 1826. O pai cegara, deixando de poder trabalhar, e a família enfrentava agora graves dificuldades económicas. Herculano decide então frequentar a Aula de Comércio - uma espécie de ensino profissional criado pelo Marquês de Pombal -, pensando conseguir o mais brevemente possível um lugar no funcionalismo público. O homem que iria revolucionar a historiografia portuguesa nunca chegou, portanto, a frequentar a universidade.
.
"Mas o Portugal da primeira metade do século XIX tinha noções um pouco peculiares do que convinha ensinar a um futuro negociante ou escrivão. Uma das disciplinas da Aula do Comércio, ministrada no próprio Arquivo Real da Torre do Tombo, era a Diplomática, na qual Herculano aprendeu a valorizar papéis antigos e se familiarizou com várias ciências auxiliares da história, da paleografia e da epigrafia à numismática ou ao estudo dos selos utilizados para autenticar documentos."
.
(Excertos do trabalho realizado pelo jornalista
Luís Miguel Queiroz, no "Público", em 27.03.10)

A propósito de...

... a Mudança da hora.
.
"Na próxima madrugada, à uma, adiante o seu relógio para as duas. Portugal passa a estar no horário de Verão."
Numa pequena entrevista dada a Helder Robalo, no Diário de Notícias, o Prof. Rui Agostinho afirma que "Já não é Portugal mas a UE que decide se mudamos a hora"

Rui Agostinho, Director do OAL

.
...- Esta noite, os relógios vão voltar a adiantar uma hora e assim entrar na hora de Verão. Faz sentido, actualmente, manter esta alteração horária?
...- Actualmente, temos de pensar em termos do espaço europeu, já não é só de Portugal. A partir do momento em que entrámos na União Europeia [UE] já não somos nós a decidir, é a própria UE, que, conciliando a vontade dos 27 Estados membros, decide se existe a hora de Verão ou não. Quando há dois anos o Estado português foi chamado a dar parecer, os vários parceiros sociais que fazem parte da Comissão Permanente da Hora [integra representantes de todos ministérios e entidades com interesses nesta área, incluindo o Observatório Astronómico de Lisboa (OAL)] disseram que era positivo manter a hora de Verão ou, pelo menos, não havia desvantagens.

.
Era assim que se iniciava a série de perguntas a que o Director do OAL respondeu na citada entrevista.
.
O Prof.Rui Agostinho é um bom Amigo do nosso Liceu. Desde a época (1998) em que o Núcleo de Astronomia do Liceu frequentava as sessões das "Últimas sextas-feiras do mês" no Observatório da Ajuda...

Na noite de 6ªfeira, 30 Jan 1998, o Núcleo de Astronomia esteve no OAL

Promovidas pelo Prof. Manuel Nunes Marques (à direita), então Director do Observatório da Ajuda, (e antigo aluno do Liceu de Castelo Branco, no 7ºAno de 1953), era já o Prof. Rui Agostinho quem organizava e dirigia as Sessões Nocturnas das Últimas Sextas-Feiras do Mês
.
Algum tempo depois, em 25 de Novembro de 2002, o Prof.Rui Agostinho aceitou deslocar-se ao Liceu de Setúbal onde falou sobre Astronomia para os alunos do 11ºano e para muitos dos professores que então regiam na nossa Escola.
.
"Ficou encantado com a nossa Escola! Bonita, limpa, sem tumultos, agradável... Enfim, uma série de elogios que estávamos longe de esperar dele numa situação deste tipo. Mas ele estava de facto muito sensibilizado porquanto teria estado há poucos dias no Liceu onde estudou em Lisboa, o D.João de Castro, cujas instalações muito degradadas o chocaram imenso."

A DrªFilomena Rodrigues apresenta o Prof.Rui Agostinho

.
...a uma "plateia" que o ouviu com bastante atenção
.
Falando para um auditório interessado, durante a sua exposição
.
Algumas professoras da área das Físicas entre os alunos
.
Outro aspecto da assistência docente.
.
Não os maço mais!... Estou quase no fim...
(Claro que o Prof. não disse nada disto, mas... esta foto estava a pedir
uma lenda deste tipo.)
.
Um albicastrense atento...
O Dr.Alfredo Mendes também palmilhou os corredores do

Liceu de Nun'Álvares

No final desta Palestra proferida pelo futuro Director do Observatório da Ajuda
estava programada uma sessão de trabalho com as Dirigentes do Núcleo de Astronomia.

Mas, antes, o Prof. Rui Agostinho percorreu, interessado, uma Exposição sobre as Actividades do Núcleo de Astronomia que havia sido montada na Biblioteca do Liceu. Ali se deixou fotografar ao lado de uma sua imagem obtida no Observatório Astronómico de Lisboa.
Uma "azelhice primária" do fotógrafo deu este resultado!... O reflexo tirou toda a graça a este momento... Mas o Prof. parece satisfeito. Não tinha ainda visto a minha asneira...


Rui Agostinho na Exposição da Biblioteca
.
E foi num cubículo, anexo ao Laboratório de Física, que a Drª Filomena e a Drª Marina
realizaram a sessão de trabalho programada para o fim da palestra que aqui fica documentada.
.
A DrªMarina, o Prof. Rui Agostinho e a DrªFilomena
"numa" de boa disposição
.
Veio isto a propósito de quê?!!...
Ah! Já me lembro... Era a mudança da hora, que está agora sob a tutela do Professor...
.
E não se esqueçam!... Nesta noite que aí vem tem de adiantar o seu relógio.
E se quiser manter a boa forma... deite-se uma hora mais cedo!
...ou, então, acorde amanhã uma hora mais tarde...
Bons sonhos...

27 março 2010

Rijksmuseum

Jovem vestindo-se
Jan Steen
1626 - 1679

Jovem vestindo-se

Consta que a jovem é Margaretha van Goyen, mulher do pintor e filha do célebre paisagista Jan van Goyen. Existe uma outra versão desta cena, datada de 1663, na colecção da rainha de Inglaterra.
Como em todos os seus melhores quadros, Jan Steen surpreende-nos, quer pela delicadeza do desenho, quer pela harmonia das cores. Além disso, conseguiu criar com um mínimo de coisas a atmosfera íntima do quarto de dormir. A imagem do cão adormecido na almofada é comovedora.
.
Cfr. Marco Valsecchi
In “Grandes Museus do Mundo
Ed.Verbo – Setembro/1973

26 março 2010

Fotografias de Castelo Branco...

Uma cidade "nova"...
com o Hospital em primeiro plano.

Foto obtida em 23 05 2008
a partir do Hotel da Colina do Castelo

25 março 2010

Na Reconquista de hoje...

...vi com muito agrado e, também, com muita saudade, a fotografia do meu professor de Filosofia no Liceu de Castelo Branco, em 1952/53. No dia do seu casamento...
.
Sem qualquer identificação, o que se compreende pelo nome do autor do artigo "Casamento, números e costumes", relativo à Póvoa de Rio de Moínhos, ali surgem, no dia do seu casamento "uns noivos" da Póvoa: O Dr. Manuel Duque Vieira e a Sr.ª D. Amélia Eugénia. Ele foi, sem qualquer dúvida, um dos maiores professores que teriam passado pela Avenida de Nun' Álvares.

"Um casamento realizado na Póvoa em 1939" (sic)
diz a legenda da foto, hoje, na Reconquista.
.
Em 18 de Fevereiro de 1953 o Dr.Duque Vieira aparece aqui
rodeado por alguns finalistas do Liceu, junto do Liceu de Beja.
.

A D.Amélia Eugénia, em Maio de 1956, numa reunião de Senhoras da LIC, em Castelo Branco.
.

"800 Anos de História"... (uma média de 80 anos "per capita"!!)
Sessenta anos depois da foto mostrada hoje na Reconquista a
D.Amélia Eugénia (de blusa roxa), não quis faltar ao 97º aniversário de uma Amiga mais velha, em 22 de Fevereiro de 1999.

Um poema de Pessoa...

O mais é nada...
.

Fernando Pessoa, por Almada Negreiros

“Navegue, descubra tesouros, mas não os tire do fundo do mar, o lugar deles é lá.
Admire a lua, sonhe com ela, mas não queira trazê-la para a terra.

Curta o sol, se deixe acariciar por ele, mas lembre-se que o seu calor é para todos.
Sonhe com as estrelas, apenas sonhe, elas só podem brilhar no céu.
Não tente deter o vento, ele precisa correr por toda parte, ele tem pressa de chegar sabe-se lá onde.
Não apare a chuva, ela quer cair e molhar muitos rostos, não pode molhar só o seu.
As lágrimas? Não as seque, elas precisam correr na minha, na sua, em todas as faces.
O sorriso! Esse você deve segurar, não deixe-o ir embora, agarre-o!
Quem você ama? Guarde dentro de um porta jóias, tranque, perca a chave!
Quem você ama é a maior jóia que você possui, a mais valiosa.
Não importa se a estação do ano muda, se o século vira e se o milênio é outro, se a idade aumenta;
conserve a vontade de viver, não se chega à parte alguma sem ela.
Abra todas as janelas que encontrar e as portas também.
Persiga um sonho, mas não deixe ele viver sozinho.
Alimente sua alma com amor, cure suas feridas com carinho.
Descubra-se todos os dias, deixe-se levar pelas vontades, mas não enlouqueça por elas.
Procure, sempre procure o fim de uma história, seja ela qual for.
Dê um sorriso para quem esqueceu como se faz isso.
Acelere seus pensamentos, mas não permita que eles te consumam.
Olhe para o lado, alguém precisa de você.
Abasteça seu coração de fé, não a perca nunca.
Mergulhe de cabeça nos seus desejos e satisfaça-os.
Agonize de dor por um amigo, só saia dessa agonia se conseguir tirá-lo também.
Procure os seus caminhos, mas não magoe ninguém nessa procura.
Arrependa-se, volte atrás, peça perdão!
Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se achá-lo, segure-o!
“Circunda-te de rosas, ama, bebe e cala.
O mais é nada”.
.
Fernando Pessoa

24 março 2010

Fotografias de Setúbal...

Na península da Mitrena, as chaminés da Central da EDP
São 200 metros de altura!!... (cada uma, claro...)

As chaminés da EDP
na zona oriental de Setúbal.
Foto obtida em 21 03 2009

23 março 2010

Com papas e bolos...

... Detesto que façam de nós uns "parvos"!...
Será que os senhores governantes acreditam que nós "vamos na conversa"?!!!....

Teixeira dos Santos

No "Público", hoje, na pg.21 (no fim da última coluna.) aparece um título:
"Ministro garante que não vai haver aumento da carga fiscal."

Até parece que vai haver melhores dias no "pinhal da Azambuja!..."

No mesmo "Público", de hoje, em título destacado na primeira página:

"ADSE gastou mil milhões de euros com saúde na função pública"
e em sub-título:
"Verbas disponíveis vão cair para metade em 2010, diz o Plano de Actividades."
...
No meio das duas notícias... Sua Excelência o Senhor Ministro das Finanças, Teixeira dos Santos.
...De facto é capaz de não haver aumento da carga fiscal...

Escrito na pedra...

in "Público"
10 03 2010
.
"A claridade é uma justa repartição de sombras e de luz".
.
Goethe
escritor alemão
1749 - 1832

Setubalense - 1959 - Outubro

03-10-1959
Falecimento
José Gonçalves Junior
Com 54 anos faleceu ontem o sr. José Gonçalves Junior, natural de Oleiros, e desde muito novo residente nesta cidade., para onde viera como simples empregado de garagem. Fundou a Escola de Condução Setubalense e instalou a moderna Estação de Serviço Vitória. Era pai do sr. Rogério Miguéns Gonçalves e Adolfo Miguéns Gonçalves
.
07-10-1959
Notícias Pessoais
Tomou posse como novo Comandante da Legião Portuguesa, o sr. Major Jacinto António Frade Junior .
.

12-10-1959
Funcionalismo
Precedido de concurso, foi nomeado desenhador de 1ªclasse da CMS, o sr. Alfredo Tavares Santana
.

14-10-1959
Pavimentação das ruas
Iniciou-se hoje o calcetamento da rua Dr.Paula Borba que será vedada ao trânsito de veículos.
.

14-10-1959
Novo Comandante de Bombeiros
Foi indigitado para Comandante dos Bombeiros, o sr. Capitão António Carvalho Fernandes.
.

17-10-1959
Notícias .Pessoais
Na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, completou com boa classificação a sua licenciatura em Ciências Biológicas, a srª Drª Maria Ausenda Batista da Costa.
.
19-10-1959
A eleição da Junta de Freguesia
S.Sebastião
Efectivos:
Joaquim Maria de Oliveira Luzio
António Gomes Gautier

Jaime António Pereira
Substitutos:
Fernando Cesar Batalha Lopes Pedrosa
Domingos António Vaz
Joaquim António Malhador

.
Santa Maria da Graça
Efectivos:
Aníbal Augusto Rendas
José Duarte Leitão Ferreira
Olindo Anacleto Preto

Substitutos:
Afonso Henriques Rocha
Luis Garcia Santana da Silva

José Angelo da Silva Macedo
.
19-10-1959
A eleição da Junta de Freguesia
S.Julião
Efectivos:
António Henrique de Oliveira
Américo dos Santos
José Cândido de Oliveia Santana

Substitutos:
Álvaro Fernando de Sousa Fialho
António Fernandes Ajú Gomes

Mário de Carvalho
Anunciada
Efectivos:
João Manuel da Costa Teixeira
Heli Santana Neves Pinheiro

Angelo dos Santos
Substitutos:
António Cardoso Ferreira
Geraldo Augusto Cesário Ferreira
António Pereira de Lima
.
19-10-1959
A eleição da Junta de Freguesia
S.Lourenço
Efectivos:
Amadeu Antero Vicente Pereira
Rui dos Santos Caseirão
Manuel Marques
Substitutos:
Gabriel Mendes Palhão
Álvaro Simões Calado
Joaquim Pedro da Costa Deitado
S.Simão
Efectivos:
João Patrício Celso
Manuel Ribeiro
Cristino Antunes
Substitutos:
Carlos dos Reis Almeida
Manuel Joaquim Pato
António Patrício de Sousa e Silva
.
24-10-1959
Notícias .Pessoais
Faz anos hoje, o sr.Orlando Anselmo Valadas
.

24-10-1959
Ruas da Cidade
As obras no Largo da Ribeira Velha têm sido feitas "com muita limpeza". Não vemos é vestígio do lugar reservado à árvore de grande porte que se anunciava para o centro do largo...
.

26-10-1959
Notícias .Pessoais
Com boa classificação terminou na Faculdade de Ciências (ou Medicina?!) da Universidade de Coimbra, a sua prova de anatomia, o sr. Joaquim Manuel Canas Moreira.

22 março 2010

As verdadeiras medalhas...

Minha aluna, no 12ªano, em 1988/89
Sandra Margarida Caldas Amaral
.

DrªSandra Amaral

"Caro professor, um amigo meu enviou-me este link com as fotos da minha turma do 12ºano!!!! É incrível :-)
O meu nome é Sandra Amaral e estou no meio dessas fotos.
Gostaria de lhe dizer que sou agora especialista em Oncologia e trabalho no IPO de Lisboa. No fim deste mês vou defender a minha tese de doutoramento em Cancro da mama, na FCM-UNL.
E tudo começou nas aulas de biologia....
Fica deste já convidado para a defesa professor.
Atenciosamente
Sandra Margarida Caldas Amaral"
(Mail recebido em 20 03 2010, às 18h13m).
.
Estas, sim!...
Estas é que são as "medalhas" que um Professor deve coleccionar com orgulho.
Lá estarei a dar-te força, Sandra Amaral.
Um beijinho

21 março 2010

Luis Tibúrcio

Recebi há dias um email que me fez recuar mais de quarenta anos...
.
De: Tiburcio, Luis Manuel [mailto:l.tiburcio@unesco.org]
Enviada: sexta-feira, 12 de Março de 2010 14:27
Para: jjmatos@netcabo.pt

Assunto: grande saudade....
.
Carissimo Dr. Matos,
N
ão sei bem como mas acabei cruzando-me com o seu blogue. Nele encontei fotografias do Liceu de Setubal e de colegas queridos, de quem perdi o rasto... o Luís Damaso, Luis Martins, Pedro Alves da Silva, Joaquina Preguiça, o Danny, Caleira, etc, tantos... mas sobretudo quero agradecer-lhe por manter viva essa memoria e essa doce saudade.
Abraço amigo
Luís Tibúrcio
______________
Luis M. Tiburcio
Director/Representative
UNESCO Geneva
.
De: jjmatos [mailto:jjmatos@netcabo.pt]
Enviada: sáb 13-03-2010 12:09
Para: Tiburcio, Luis Manuel
Cc: jjmatos

Assunto: Grande saudade...
.
Olá, Luís Tibúrcio
Embora não te veja há muito tempo, nem por isso deixo de me lembrar de ti, do teu irmão e da tua Mãe, quando moravam na rua de Timor, por onde passo agora, ali ao pé, quase diariamente.
Muito embora não tivesses sido meu aluno, também não é por isso que deixo de vos recordar naquela época, em finais da década de 60… em que a juventude, embora irrequieta, não deixava de ser educada e respeitadora.
Nada que se compare ao “estado a que chegou o ensino” na época actual… Todos nós sentimos uma saudade enorme dos jovens dessa altura…
Já estou aposentado desde o ano 2000 e, dos professores que tiveste no Liceu, já não resta nenhum no activo, embora alguns deles persistam em manter-se “firmes” ainda cá por baixo…
Não tens de agradecer “por (eu) manter viva essa memória e essa doce saudade”!
Tal como sucedeu contigo, muitos antigos alunos do nosso Liceu me têm contactado depois de, casualmente, terem encontrado o meu blogue. Espero que continues a “espreitar” para ele… de vez em quando. É um modo fácil e simples de “desligar” das preocupações diárias.
Fiquei satisfeito com o teu contacto e por te saber ligado à UNESCO, em Genéve.
Vai um abraço para ti
do professor amigo
jjmatos
.
De: Tiburcio, Luis Manuel [mailto:l.tiburcio@unesco.org]
Enviada: sábado, 13 de Março de 2010 16:32
Para: jjmatos@netcabo.pt
Assunto: grande saudade....
.

Obrigado Professor. Foi um prazer reencontrá-lo. De vez em quando falava de si e de outros professores de Setubal, ao meu também antigo professor e amigo Tavares Emidio. Tambem vi no seu blogue que conhece o Eduardo Marçal Grilo (claro, de Castelo Branco), outro amigo.
No facebook reencontrei alguns velhos amigos, como o Fernando Santos, o António Luis Correia e o José Filipe Peres Claro.
Sim, já estou com a UNESCO há 28 anos (faltam 2 para me reformar..), onde passei alguns anos na Sede em Paris e depois fui Representante em varios Países tais como Moçambique, Brasil, Republica Dominicana, Guatemala, Mexico e agora Genebra. O prazer destes reencontros virtuais amortizam um pouco o desenraizamento que esta vida de funcionario internacional tem provocado.
Aqui sigo acompanhando o seu blogue, caro professor.
Afectuoso abraço
Luis
.
Contactos destes, ao fim de tantos anos, são uma benção do céu...
Acho que esta vida inteira no Liceu valeu a pena!...

20 março 2010

Dachau

Faz hoje 77 anos que se abriram as "portas de Dachau"...
.
Foi aberto o primeiro campo de concentração para prisioneiros político" - assim o decreveu o então chefe da polícia de Minique, Heinrich Himmler, quando Dachau abriu as portas a 20 de Março de 1933, tornando-se o primeiro campo de concentração nazi erguido em território alemão. Haveria de ser também o mais duradouro, até à libertação pelas tropas aliadas em 1945, servindo de modelo para todos os outros campos de concentração que se lhe seguiram. A par de Auschewitz ficaria na memória da humanidade como símbolo das atrocidades da Alemanha nazi,
.
in. Público, 20 de Março de 2010.



Nunca mais...

A capela actualmente existente no campo de Dachau

"Mais de 25.600 pessoas morreram no campo principal e outras quase 10.000 nos campos enexos, maioritariamente de doenças - sobretudo tifo - má nutrição e suicídio".

Os fornos crematórios...

"Deus meu, faz-me mudo, mas não permitas
que eu seja levado para Dachau".

A vedação do campo de concentração
e as torres de vigia.
.
Fotos obtidas em 29.09.1987

Parabéns!... 20 de Março

O João Lemos Cabral faz anos hoje.
Um abraço grande e mil parabéns...

João Lemos Cabral