31 agosto 2016

Parabéns!... 31 de Agosto

O Gonçalinho faz hoje 3 anos
Um abração do bisavô.
.

Gonçalo Constantino Veloso

30 agosto 2016

Hoje há pintura...

Rafael
Pintor renascentista italiano
1438 - 1520
.
A mulher muda

29 agosto 2016

Parabéns!... 29 de Agosto

A Teresa Loução faz anos hoje...
Beijinhos e um belo dia cheio de prendas.
.

Maria Teresa Jorge Loução

28 agosto 2016

Escrito na pedra...

in." Público"
23 Ago. 2016
.
"A mulher que se acha inteligente reclama igualdade de direitos com os homens. Mas a mulher que é realmente inteligente não o faz"
.
Colette
1873 - 1954
escritora

27 agosto 2016

São quadras, meu bem... são quadras!...

.
Foi combinado o lugar...
Marcaste a hora e faltaste!...
Meu coração, de vagar
Sofre erosão... e desgaste.   

26 agosto 2016

Humor antigo...

in. "Mundo Ri", nº 135
de Novembro/1964.
.
- É muito amável por me ter dado esta boleia, 
mas eu não queria incomodar tanto a sua esposa.

25 agosto 2016

Escrito no vento...

.
"Por que repetir erros antigos, se há tantos erros novos a escolher?"
.
Bertrand Russel
1872 -1970
Matemático e filósofo inglês, premio Nobel da Literatura

24 agosto 2016

Escrito na pedra...

in." Público"
21 Jul. 2016
.
"Quanto maior  é o poder, mais perigoso é o abuso"
.
Edmund Burke
1729 - 1797
escritor e político irlandês

Parabéns!... 24 de Agosto

O Flórido faz anos hoje.
Um abraço amigo e um belo dia de aniversário.
.
Prof. José Flórido de Castro e Silva

23 agosto 2016

Hoje há pintura...

Akzhana Abdalieva
Pintora Casaque
.
Mulheres japonesas

22 agosto 2016

Uma virgem despudorada...

...é o tema de uma crónica escrita 
por João Marques de Almeida,
ontem, no "Observador"
.

No universo político de Costa as intenções e os anúncios é que contam. 
Concretizar as promessas é irrelevante. Numa Europa em crise constante haverá sempre uma razão para explicar que não foi possível.
.
João Marques de Almeida
.
1. Conta-se uma história sobre uma festa de homenagem a uma velha actriz de Hollywood, que se havia dedicado a todo o tipo de causas humanitárias. Um dos convidados fez um discurso a enaltecer as iniciativas e as boas intenções da velha senhora. Todos os convidados, excluindo um deles, bateram palmas. A excepção chama-se Woody Allen. Espantado com o comportamento de Woody, o seu vizinho de mesa perguntou se tinha alguma coisa contra a homenageada. Woody Allen respondeu: Sabe, eu conhecia-a antes de ela ser virgem.

Lembrei-me desta história quando li sobre a reação de António Costa aos fogos em Portugal, a propósito do reconhecimento do seu antigo secretário de Estado de erros cometidos pelo ministério da Administração Interna, tutelado então por Costa. Ascenso Simões disse que, contrariando um estudo feito na altura, o ministério de Costa decidiu investir na compra de equipamento para combater incêndios em vez de se concentrar em estratégias de prevenção. Costa respondeu que o seu ministério tinha adoptado políticas que permitiriam a verdadeira reforma das florestas, e acrescentou, com um toque de virgindade: “Devo dizer que fico chocado, dez anos depois, por verificar que essa reforma não foi feita.” Não há nada mais tocante que o choque das virgens. Coitadinho de António Costa. Preparou tudo para uma grande reforma das florestas. Depois foi-se embora para outras vidas, e os malvados que vieram – incluindo os do seu próprio partido – nos dez anos seguintes nada fizeram. E ele, o Costa, vivia noutro planeta, sem nunca mais se ter preocupado nem com matérias da administração interna, nem com fogos, nem com florestas, apesar de ter sido líder do maior partido da oposição e candidato a PM no país que mais arde em toda a União Europeia.
.
Mas os incêndios foram apenas o exemplo mais recente da readquirida virgindade de António Costa. No resto Costa também segue a “política da castidade”. Começa por mostrar as suas boas intenções, anunciando que a economia vai crescer muito mais do que seria possível, que a inovação e a educação vão atingir patamares nunca imaginados, ou défices que nunca serão alcançados. Mas no universo político de Costa, as intenções e os anúncios é que contam. Concretizar as promessas é secundário e quase irrelevante. Numa Europa e num mundo em crise permanente, haverá sempre uma razão para explicar a impossibilidade de cumprir as promessas. Os mercados, os refugiados, o terrorismo, o Brexit, Bruxelas, a direita europeia, o tempo, o azar, ou qualquer outra coisa.

.
Costa quer convencer os portugueses que nunca foi ministro de governos sem crescimento económico de nota, que não pertence ao partido cujo governo liderado por Sócrates foi o que mais contribuiu para o aumento da dívida pública portuguesa, ou que não pertence a um dos partidos que votaram a favor do Pacto Orçamental e da União Bancária. Ele não tem passado com pecados. Chegou agora à política e, na sua imaculada virgindade, promete o melhor dos mundos, incluindo o que nunca conseguirá cumprir. Eis a maior dificuldade de Passos Coelho. Como pode quem tanto pecou, impondo austeridade a um país inteiro, combater um politico que recuperou a sua virgindade e, tal como a velha actriz de Hollywood, espalha a sua virtude pelos quarto cantos de Portugal?
.
in "Observador"
21.Ago.2016

21 agosto 2016

Faz hoje 30 anos...

...que morreu 
Alexandre O'Neill
22 de Agosto de 1986
.
Alexandre O'Neill
.
A Morte, esse Lugar-Comum 
.
É trivial a morte e há muito se sabe
fazer - e muito a tempo! - o trivial.
Se não fui eu quem veio no jornal,
foi uma tosse a menos na cidade...

A caminho do verme, uma beldade
— não dirias assim, Gomes Leal? —
vai ser coberta pela mesma cal
que tapa a mais intensa fealdade.

Um crocitar de corvo fica bem
neste anúncio de morte para alguém
que não vê n'alheia sorte a própria sorte...

Mas por que não dizer, com maior nojo,
que um menino saiu do imenso bojo
de sua mãe, para esperar a morte?...

Alexandre O'Neill, 

in 'Abandono Vigiado'

E eu peço do teu ser todo o caminho...

...num poema a que
António Salvado
deu o título de
Adormecer em ti
.
António Salvado

.
Adormecer em ti    amanhecer
no cansaço feliz do teu abraço
apertando com luz a solidão
.
o linho da alegria nas estrelas
dobado no tremor das nossas bocas
tecido no apertar das nossas mãos
.
És o meu cântico   a dourada espiga
onde crescem os grãos continuamente
a tombarem na terra do encontro
.
Que fulgor haverá nesse receio
quando me entregas um atalho apenas
e eu peço do teu ser todo o caminho
.
Tu és aroma quando eu sonho o fruto
tu é semente quando eu vivo a carne
tu és  distãncia quando eu quero a árvore
.
Passei fronteiras   saciei a sede
nas fontes mais estranhas do percurso
aguardando a certeza do longínquo
.
E a manhã traz o sol desprevenido
Há cerejas na cor da primavera
o perfil dos teus olhos sobre mim.
.
António Salvado
in. "Amada vida"
Ed.Átrio - 1987

20 agosto 2016

São quadras, meu bem... são quadras!...

.
Terezinhas! Ursulinas!
Tardes de novena, adeus!
Os corações ás batinas
Que diriam? Sabe-o Deus...

19 agosto 2016

Um caso de "isenção"...

Com um grande destaque de 1ªPágina,
o "Público", que já foi um jornal de referência... apresentou ontem, na sua primeira página, uma notícia relativa às contas da Campanha das Legislativas de 2015 a que deu um título 
.

.
Brasileiro André Gustavo, especialista em comunicação política, ganhou quase meio milhão na campanha para as Legislativas de 2015. PS pagou 751 mil euros a um militante pela decoração de salas.
.
Porquê aquele destaque?!... Ambas as verbas serão um exagero mas porque se deu a primazia de todo aquele espaço aos membros da coligação (onde aquela verba pode ser reduzida a metade, dividida por cada um dos partidos) e se deixa numa letra minúscula a verba de 751 mil euros, oferecida a uma só pessoa ( ainda por cima militante do partido...). A ter de haver um "destaque" qual das notícias merecia ali  figurar?!
O que teria levado a redacção do Público a colocar este destaque na primeira página e não o referente ao partido do governo!!... Provavelmente, este teria mais impacto já que a verba é bem mais elevada...
A Redacção do jornal lá deve saber porquê...
.
NB - Há 9620 dias que compro, e leio, o Público. Tantos quantos os dias em que foi publicado... A perda de valor que o meu jornal vem acumulando já não é de agora. Há já uns anos que a "queda" se iniciou... A influência política neste jornal parece ser resultante dos "maus momentos" que parece atravessar. Há uns anos atrás era a imprensa que costumava pôr em sentido as políticas e... os políticos, no seu lugar.
Sem querer, acabo por lembrar os nomes de Vicente Jorge da Silva, de Francisco Sarsfield Cabral e de José Manuel Fernandes. Deram nome ao "Público" e fizeram dele um jornal de referência.

18 agosto 2016

Fotografias de Castelo Branco...

Foto obtida em
23 de Abril de 2006
.
Vista parcial da Cidade

17 agosto 2016

Setubalense - 1969 - Novembro

.
05 Novembro
Novo Subdirector da Escola Técnica
Na passada 2ªfeira, dia 3, tomou posse do cargo, o Sr.Dr.Silvestre da Cruz Tenreiro.
.
15 Novembro
Álvaro Perdigão numa Exposição de Pintura em Coimbra
Para inauguração da Sala de Exposições do "Jornal de Notícias”, onde podem ser apreciados 4 trabalhos;
Tempo de Primavera” . Óleo
A cápsula“ , Óleo
Rochedos de Porto Covo”, Aguarela e
Quedas de água em Porto Covo
Álvaro Perdigão, que nasceu em Setúbal em 1910, é professor do Ensino Técnico e tem participado, desde 1930 em diversas exposições colectivas. Realizou 16 exposições individuais.
.
15 Novembro
Problemas com o trânsito
O trânsito nas ruas Antão Girão e Álvaro Castelões está a carecer de cuidados especiais.
.
17 Novembro
Círculo Cultural de Setúbal
A “Antígona” foi representada em Setúbal.
Ontem à noite, no Salão da FNAT, foi apresentada ao público a consagrada peça de Jean Anouilh, Antígona, versão actualizada da célebre peça de de Sófocles.
A actuação do Clube de Teatro “Primeiro Acto” agradou muito à assistência.
.
17 Novembro
Começaram os trabalhos para o prolongamento da Avenida Dr. Miguel Bastos
.
19 Novembro
Exposição da Pintora Eduarda Lapa
Na Sociedade Nacional de Belas Artes é inaugurada no próximo dia 20, uma exposição de pintura onde podem ser admirados 52 magníficos trabalhos da grande artista que se chama Eduarda Lapa.
.
22 Novembro
Sociedade Musical Capricho Setubalense.
Assembleia-Geral:
Presidente – Dr. Amadeu Costa
Vice-Presidente – Alfredo Pedrosa
Secretário – Luís Saraiva Brás da Silva
Secretário – António do Carmo Cordeiro
Direcção:
Presidente – João Batista Rendeiro
Vice-Presidente – Henrique Marques Ucha
Tesoureiro – Mário Ferreira Gomes
Secretário – Filipe Augusto Câmara
Conselho Fiscal:
Presidente – Carlos Vieira dos Santos
Secretário – Carlos Costa
Relator – José Guilherme Santos Babo
.
29 Novembro
Grémio das Conservas
O Sr. Jacob Perianes Palma foi reconduzido na presidência do Grémio de Industriais de Conservas de Peixe
.
29 Novembro
Os vencimentos do funcionalismo
Foi fixada uma nova escala de vencimentos
O número de servidores civis do Estado beneficiados, a partir de 1 de Janeiro de 1970, com novos ordenados, é de cerca de 165.000.
É de 14.200 o número de servidores do Estado, da categoria A à J (grupos onde se verifica maior dificuldade de recrutamento); e é de 150.800 os que se distribuem pelas letras K a Y (categorias com o ordenado mínimo de 1.900$00).
.
29 Novembro
Courts de Ténis
A Arq. Renato Nogueira escreve uma carta ao Director do Setubalense informando-o sobre a apresentação do projecto do novo court de ténis e da demora havida.


16 agosto 2016

Hoje há pintura...

Girolamo Savoldo
    1480 - 1540
    pintor italiano
.
Santa Maria Madalena
National Gallery

15 agosto 2016

Humor antigo...

in. "Mundo Ri", nº 139
de Junho/1965.
.

- Antes de abrir a agência de modelos, o Henrique nunca trazia trabalho para casa...

14 agosto 2016

Parabéns!... 14 de Agosto

A Fátima faz anos hoje.
Um abraço amigo e um dia bem passado...

.
Maria de Fátima Paula Barros

13 agosto 2016

Deve ter sido um "lapso"...

...ocorrido no Editorial do
Jornal i, no dia 1 de Agosto...
no texto escrito por um dos seus
Directores Executivos.
.
Foi lapso com certeza...

São quadras, meu bem... são quadras!...

.
Que se passa minha Amiga...
Dentro da sua cabeça?!...
Seja firme! Mas não diga
Que não há quem a mereça...

12 agosto 2016

Escrito no vento…

.
"A principal causa dos problemas do mundo de hoje é que os obtusos estão seguríssimos de si, enquanto que os inteligentes estão cheios de dúvidas."
.
Bertrand Russel
1872 -1970
Matemático e filósofo inglês, premio Nobel da Literatura

11 agosto 2016

Hoje há pintura...

Damiano Mazza 
 pintor italiano
       1573
.
The Rape of Ganymede
Nat.Gallery

10 agosto 2016

Recordações...

de Julho de 2002
.
GI

Aniversário...

Faria hoje 82 anos
    1934 - 2008
.

Maria de Lurdes Macedo Mendes de Matos

09 agosto 2016

São quadras, meu bem... são quadras!...

.
Hay dos besos em mi vida
Que non se apartan de mi!
El último de mi Madre
E el primero que te dei...
.
É uma quadra  do poeta espanhol Ramón de Campoamor  que também foi filósofo e político  e nasceu em Navia, nas Astúrias, em 1817, tendo morrido em Madrid, em 1901.

08 agosto 2016

Recorda-te de mim...

...numa poesia a que Bocage
deu o nome de
"Receios de mudança no objecto amado"
.
Manuel Maria Barbosa du Bocage
.

Temo que a minha ausência e desventura
Vão na tua alma, docemente acesa,
Apoucando os excessos da firmeza,
Rebatendo os assaltos da ternura.
.
Temo que a tua singular candura
Leve o Tempo fugaz nas asas presa,
Que é quase sempre o vicio da beleza
Génio mudável, condição prejura.
.
Temo, e se o fado mau, fado inimigo,
Confirmar impiamente este receio,
'spectro perseguidor, que anda comigo,

Com rosto, alguma vez de mágoa cheio,
Recorda-de de mim, dize comigo,
"Era fiel, amava-me e deixei-o."
.
in "Palavras de Bocage"
Ed.Lyon

07 agosto 2016

Escrito na pedra...


In. “Público”
06.09.2015
.
Saber envelhecer é a obra-prima da sabedoria e um dos capítulos mais difíceis na grande arte de viver.
.
Hermann Melville
1819- 18 91

Escritor, poeta e ensaísta norte-americano

06 agosto 2016

Não vaz supor que chorei...

...num poema de
Trindade Coelho
.
José FranciscoTrindade Coelho
1861 - 1908


Poesia

Numa carta em estilo sorridente
Mas sobre as linhas da qual
Meus olhos choraram largamente
Puz este aviso final:

"...E por notares que manchei
Isto que em cima ficou,
Não vás supor que chorei...
...Foi água que se entornou!!!..."

Trindade Coelho

05 agosto 2016

Mais uma alteração....

...legislativa ao Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI).
Governo pediu estudo para ver de que forma pode tributar
as noites de lua cheia, que também dão muita luz.
.
A lua cheia

O Governo encomendou esta quarta-feira um estudo para ver de que forma pode tributar as noites de lua cheia, pois também dão muita luz.
.
É uma medida de elementar justiça, pois se tributamos a exposição solar, também temos de ir buscar algum à exposição lunar, que em noites de lua cheia é bastante considerável”, explica fonte do ministério das Finanças.

By Zé Pedro Silva
In “Imprensa falsa
Agosto 3, 2016

04 agosto 2016

Hoje há pintura...

Creuze,J.Baptiste   
      1725 - 1805
    Pintor Francês
.
Criança com uma maçã.
in National Gallery

03 agosto 2016

A Catedral... do Porto.

A Catedral
.
Já tínhamos a Sé do Porto, agora ganhamos uma Catedral: A da Literatura.
Como qualquer Catedral que se preze possui uns belíssimos vitrais, por onde a luz divina agita o silêncio do lugar, votado quase em exclusivo para o prazer da leitura.
Como todas as Catedrais dignas desse nome, as abóbadas são trabalhadas com belo
s rendilhados, e seguras firmemente por esplêndidos pilares. Pois a nossa também tem!
O espaço é de recolhimento, de uma imensa devoção à causa literária, sendo também secular, como a maioria das catedrais.
Pode haver melhor local para nos deleitarmos com a leitura?
Com os turistas a invadi-lo constantemente, sossego é algo que não gravita por aquelas bandas, pelo que, contrariado, até dou o braço a torcer.
Mas, por melhor que seja, nunca nenhum outro se lhe irá comparar em beleza celestial!

.
Livraria Lello, Porto Manuel Varzim
julho 2016 .
in.Facebook

Livraria Lello,
a Catedral do Porto

02 agosto 2016

Morreu Moniz Pereira...

...ontem, em Lisboa.
Tinha 95 anos
Nasceu em 11 de Fevereiro de 1921
.
Era Licenciado pelo INEF, onde mais tarde leccionou durante 27 anos, praticou atletismo e vários outros desportos como o Volei, o Andebol e o Hoquei em patins.
.
Mário Alberto Freire Moniz Pereira
1921 - 2016
.
Moniz Pereira destacou-se como treinador das equipas do SCP e Nacionais de Atlétismo e, através dele, vários nomes brilharam no Atletismo Mundial, como Carlos Lopes, Fernando Mamede, os gémeos Castro, Obikwelu e Naide Gomes. As primeiras medalhas de oiro, prata e bronze ganhas em campeonatos do Mundo, da Europa ou nos jogos Olímpicos também lhe pertencem por direito próprio.
.
Em 1954, conheci o prof. Mário Moniz Pereira quando assistia a alguns jogos do Campeonato de Vólei de Lisboa que eram disputados no Ginásio do Instituto Superior Técnico. Já com uma idade "imprópria" para jogador daquela modalidade e com uma estatura bem mais baixa que a da maioria dos jogadores da sua equipa, o Sporting Clube de Portugal, Moniz Pereira era um excelente "passador".
.
Nesse ano, a equipa de Volei do Sporting foi valorizada com a contratação de dois dos melhores jogadores daquela modalidade: os jugoslavos Yost Julko e Budisin Gavra. 
Disputado em Lisboa, o Campeonato da Europa terminou com a vitória da França (?). Na "hora da despedida", estes dois elementos da selecção Jugoslava "resolveram ficar por cá" e pediram Asilo Político, não regressando à Jugoslávia do Tito...
.
Em 1953/54 foram integrados na célebre equipa d0 Sporting que era assim constituida:
Moniz Pereira, Aníbal Rebelo, Xara Brasil, Nuno Câmara Pereira, Jost Julko, José Eduardo de Campos, Júlio Freitas Rodrigues, Araújo, Fernando Fezas Vital, José Machado da Costa, Castro Pereira, Domingos Santos Silva, Budisin Gavra, Raimundo Mendes e Francisco Fezas Vital. Treinador: Enes Ferreira
.
Como todos sabemos, Moniz Pereira não foi só Atletismo.
.
Chegou agora a sua vez.
Que repouse em Paz.

01 agosto 2016

Mais uma vez em Setúbal...

...de novo na Fonte Nova.
.
Num dia que nasceu cinzento mas que, ao fim da manhã, se tornou num belo dia de Verão, "eles" regressaram à Cidade do Sado para mais uma sardinhada no "histórico" restaurante do Horácio.
.
Foi no sábado passado que...
.
...o José Romana Galvão e o Luís Marçal Grilo
.
o jjmatos e o Aprígio Leão Meireles
se encontraram em Setúbal
.
Umas belas sardinhas e uma conversa sempre agradável que acaba, fatalmente, por recair nas imensas memórias da nossa juventude em Castelo Branco. E já lá vão mais de 60 anos...
.
Quase não damos pela beleza daquele Largo da Fonte Nova quando, a partir de certa altura, todas as mesas de todas as esplanadas dos restaurantes ali situados se encontram totalmente pejadas de gente... É bem bonito de ver.

Parabéns!... 1 de Agosto

O Pedrinho faz hoje 10 anos.
Um abraço grande do Avô.
.
Pedro Carvalho de Matos