31 janeiro 2012

As "garotas" de Carrillo...

Humor antigo
com o traço de
Carrillo


Técnica de "conquistador"...

30 janeiro 2012

As actas da Câmara Municipal... 1959 08 18

Sessão de 18 de Agosto de 1959
…realizou-se a reunião ordinária semanal, sob a presidência do Excelentíssimo Senhor Manuel Filipe Pereira da Silva Magalhães Mexia, estando presentes os vereadores e Engenheiro António Barroso, Doutor José Caldeira Areias e Joaquim Rodrigues Simões.
Não compareceram os vereadores Senhores Afonso Henriques Rocha, Doutor Joaquim Arco, e Engenheiro agrónomo Raul Veríssimo de Mira cujas faltas foram julgadas justificadas
Assistiu à reunião o Chefe da Secretaria (José Aníbal da Silva Freitas)



No átrio da CMS


Impostos de Turismo
De harmonia com o proposto em informação dos Serviços de Fiscalização, foi deliberado fixar em cem escudos o imposto de Turismo, a pagar no corrente ano, por Gilberto Baptista Contumélias, relativamente ao estabelecimento de “cafetaria” que instalou na Praça de Bocage, número setenta e dois.
.
Urbanização de um terreno particular
A Câmara apreciou um estudo apresentado por José Eduardo Martins, Luis Garcia Santana de Silva e Modesto Guilherme Ferro com vista à urbanização e divisão em lotes do prédio rústico que possuem no sítio da Janela Cega, a Vale do Cobro, denominado “A Camarinha”, prédio que se encontra inscrito na Conservatória do Registo Predial (…)
Após detalhado exame, o estudo foi aprovado nas condições seguintes:
Primeiro – os interessados cedem gratuitamente à Câmara, os terrenos destinados a arruamentos;
Segundo – Cedem ainda gratuitamente ao Município, para compensação de despesas de urbanização, os lotes a que correspondem os números dois, três, quatro, vinte e sete, quarenta e um, quarenta e três, quarenta e seis, cinquenta e seis, cinquenta e sete, cinquenta e oito, cinquenta e nove, sessenta, sessenta e cinco, setenta e sete, setenta e oito e as letras A, B, J, L, AD, AE.
Terceiro – Entregando ainda a importância de cinco mil escudos, como compensação de estudos técnicos de urbanização e elaboração de projectos.
Quarto – Celebração (?) da escritura na nota privativa em que ficarão exaradas as condições supra.
Esta parte foi aprovada em minuta para produzir efeitos imediatos.
.
14º Salão de Educação Estética, da Mocidade Portuguesa

Foi presente uma circular do Comissariado Nacional da Mocidade Portuguesa, no qual se participa a realização em Lisboa, na Sociedade Nacional de Belas Artes, de três a onze de Outubro próximo, da Exposição em epígrafe e se solicita a concessão, por parte de entidades oficiais, de um ou mais prémios, em objectos ou dinheiro, os quais seriam atribuídos , na medida das possibilidades, pelo júri do Salão, aos naturais das respectivas províncias ou concelhos.

A Câmara deliberou que se oficie à Delegação Distrital de Setúbal, perguntando se há ,entre os expositores, concorrentes deste concelho.

29 janeiro 2012

Beira Baixa - 1964 - Maio

03 de Maio
Missa de Acção de Graças pelo Sr. Presidente do Concelho
Promovida pela Comissão Concelhia da União Nacional, realizou-se na última 2ªfeira, na Sé Concatedral, uma missa de acção de graças por mais um aniversário da entrada para o Governo, do Sr. Presidente do Concelho, Dr. Oliveira Salazar.
Ao acto assistiram as entidades mais representativas da cidade e grande número de fiéis. .
10 de Maio
Em Lisboa
Os antigos estudantes do Liceu de Castelo Branco confraternizaram pela 20ª vez.
No Hotel Mundial, 205 dos antigos alunos do Liceu de Castelo Branco, recordaram com saudade uma época bem distante da sua juventude que os anos não fazem esquecer.
Aos brindes (…) falaram entre outros, os Srs. Capitão Baptista da Silva, eng. Manuel Valente, o inspector escolar Edmundo Andrade Pires, dr.Alves da Cruz, Dr. António Martins da Cruz e Vicente da Costa Rodrigues.
A representar os actuais alunos do nosso Liceu e a viver essa bela reunião, à qual se associou como velho aluno, seu pai, falou o estudante Sr. António Alberto Trindade.
.
10 de Maio
O 59º Concerto Pró Arte
O duo Katharina Heine – Antonino Davide, realizou no dia 4 de Maio, no Ginásio do Liceu, um concerto que correspondeu inteiramente ao interesse criado pelo público.
Além disso possibilitou a estudantes e a pessoas de menos recursos o contacto com obras de Bach, Beethoven, Schubert, Chopin, Schumann, Viana da Mota e Bela Bartok, uma acção muito semelhante ao que a Fundação Calouste Gulbenkian vem realizando em Lisboa.
.
10 de Maio
Casamento
Na Igreja Matriz de Fátima, realizou-se no passado dia 26 de Abril, o casamento da Sr.ª D. Maria Cidália Vila Nova Costa, filha do Sr. Octávio Azinheiro Costa e da Sr.ª D. Maria Eduarda Vila Nova Costa, com o Sr. Jorge dos Santos Silva, filho do Sr. António dos Santos Silva e da Sr.ª D. Maria Evangelina Cordeiro Silva.
.
10 de Maio
Casamento
No Santuário de Fátima realizou-se o casamento da Sr.ª D. Maria José Afonso Gomes Carvalhão, filha do Sr. Júlio Gonçalves Carvalhão e da Sr.ª D. Maria da Graça Afonso Gonçalves Carvalhão, com o Sr. Dr. Leão José Joaquim Álvares, licenciado em Ciências Económicas e Financeiras.
.
10 de Maio
Padre José Ribeiro da Cruz
Tem experimentado reconfortantes melhoras, o Sr. Padre José Ribeiro da Cruz que ultimamente tem estado impedido de exercer o seu munus espiritual, por renitente doença o ter impedido de dar o seu desvelado contributo espiritual.
.
17 de Maio
Elísio José de Sousa
Vítima de um acidente, encontra-se retido em casa, o Sr. Elísio José de Sousa, industrial nesta cidade.
.
17 de Maio
José Lopes Penha
Encontra-se doente desde há alguns dias, o Sr. José Lopes Penha, adjunto da Conservatória do Registo Civil. Fazemos votos do mais breve e completo restabelecimento
.
17 de Maio
A Semana do Ultramar, no Colégio de Nossa Senhora de Fátima
Integrada na Semana do Ultramar, realizou-se no Ginásio do Colégio de Nossa Senhora de Fátima, realizou-se uma sessão que foi presidida pela Directora deste estabelecimento de ensino, Dr.ªMaria Adelaide da Silva Caio
A ladeá-la, alunas do Colégio naturais da metrópole e do ultramar e ainda os Srs. João Carlos Bispo da Silva Caio, geólogo em Moçambique, e o estudante liceal António Alberto Monteiro Trindade.
Usou da palavra 0 Dr. João Carlos Caio que nos deu uma extraordinária lição sobre a nossa província de Moçambique.
(…)
O estudante António Alberto Monteiro Trindade que é aluno brilhante do nosso Liceu e dos Cursos de Estudos Ultramarinos da Mocidade Portuguesa, foi brilhantíssimo também, no seu testemunho sobre os problemas do Ultramar.
.
24 de Maio
Reconquista
Entrou no 20º ano de publicação nosso estimado colega local “Reconquista”.
Ao seu ilustre Director, Sr. Cónego Anacleto Martins e ao seu redactor principal Sr. Padre Alfredo Magalhães apresentamos as nossas efusivas saudações com votos de felicidades e longa vida.
.
24 de Maio
Circo Texas
Estreou-se ontem, no bairro da Horta d’Alva, a Companhia de Circo Texas, da qual faz parte o conhecido palhaço Kinito.
.
31 de Maio
Louvado o Comandante do Centro de Estudos Ultramarinos.
Pelo Delegado Distrital da Mocidade Portuguesa, da Divisão de Castelo Branco, foi louvado o A.C.C. António Alberto Monteiro Trindade, Comandante do Centro de Estudos Ultramarinos da Ala de Castelo Branco, pela competência e dedicação que tem revelado no exercício das suas funções.
.
31 de Maio
Castelo Branco vai ter um festival popular e um Concurso de Marchas populares.

28 janeiro 2012

Escrito no vento...

"Há duas espécies de amor: o amor insatisfeito, que vos torna odioso e o amor satisfeito que vos transforma num idiota."
.
Colette

27 janeiro 2012

No Liceu...

Um grupo de funcionárias...


Foto obtida no pátio do Liceu, em 27 de Julho de 1983


Em primeiro plano: D.Virgínia, D.Elisa, NN (uma neta ?) e D.Albertina.
De pé: Teresa, D.Custódia, NN, Fátima Teles, D.Teresa e D.Fátima Andrade

26 janeiro 2012

Um "cartão amarelo"...

Ontem, na sua coluna das quartas-feiras, Carlos Fiolhais escreveu:
"O nosso maior potencial não está no vinho nem nos pastéis, mas sim nos cérebros, em particular dos jovens."

Prof.Carlos Fiolhais

Transcrevo alguns excertos do artigo que o professor de Coimbra colocou ontem na sua coluna, no "Público". É sobre a "Emigação" aconselhada por Passos Coelho...

"Uma das ruas mais pitorescas de Cambridge dá pelo nome de Portugal Street. Desemboca na Portugal Place, perto dos agradáveis greens daquela cidade universitária inglesa que se estendem nas traseiras dos colégios mais famosos, ao longo do rio Cam. Parece que o nome da praça e da rua, de belas e antigas casas alinhadas, se deve à proximidade do cais onde era desembarcado o vinho do Porto que vinha para as mesas dos colégios, designadamente para as high tables, onde só o master, os fellows e os seu convidados têm lugar.
(…)
Na Cambridge inglesa (tal como, aliás, na não menos universitária Cambridge norte americana…) há bastantes portugueses. Alguns são emigrantes tradicionais, ou filhos deles… mas outros são emigrantes especiais, estudantes em busca de formação especializada e ainda cientistas já especializados aos quais vulgarmente se chama “cérebros fugidos”. Na Universidade de Cambridge há numerosos estudantes portugueses a fazer a licenciatura e o doutoramento. E também há, embora em menor número, investigadores e professores como Tiago Rodrigues (…) que depois de ter concluído o doutoramento em bioquímica, na Universidade de Coimbra, trabalhou em Madrid e está agora em Cambridge a investigar o cancro.
(…)
…falam inglês tão bem como os nativos e estudam ou fazem ciência tão bem ou, nalguns casos, bem melhor do que os nativos. A Universidade de Cambridge é uma escola de elite, um sítio por onde andaram Isaac Newton, Charles Darwin e Francis Crick, só para referir alguns cientistas, ou Francis Bacon, Bertrand Russel e Ludwig Wittgenstein, só para acrescentar alguns filósofos. Mas isso não intimida os cérebros portugueses, que aí triunfam com idêntica facilidade, embora menos publicidade do que fazem os nossos melhores treinadores e futebolistas que actuam lá fora. Não há desmentido possível: o treinador do Chelsea, André Vilas-Boas, e o jogador do mesmo clube Raul Meireles são mais conhecidos em Portugal do que qualquer um dos nossos cientistas no Reino Unido.
(…)
O Tiago e os seus colegas merecem ser mais conhecidos cá dentro. Não só mais conhecidos, mas também mais aproveitados. Eles não receiam o futuro que, no seu ponto de vista, tanto pode ser lá fora como cá dentro. Têm uma grande vontade de ajudar o país, o que podem fazer em qualquer um dos lados, embora para nós fosse, evidentemente, preferível que o fizessem cá dentro. (…) Numa época em que e economia prevalecente no mundo não é o comércio do vinho do Porto ou do pastel de nata, nem a micro economia do futebol, mas sim a economia do conhecimento, custa ouvir os incitamentos do primeiro-ministro Pedro Passos Coelho, e do ministro adjunto Miguel Relvas à fuga de cérebros e, ainda por cima, tentar dirigi-los, com argumentos bacocos, para o Terceiro Mundo, desprezando a Europa e os Estados Unidos.. O nosso maior potencial não está no vinho nem nos pastéis , muito menos nos músculos dos jogadores, mas sim nos cérebros, em particular os jovens, que activamente se ocupam, em Portugal e por esse mundo fora, na ciência, na tecnologia, na filosofia e nas artes. Tudo leva e crer que as afirmações de Passos Coelho e de Relvas não foram "lapsus linguae". Foram, isso sim, o resultado de um profundo equívoco.

Um Carlos Fiolhais sempre atento e...incisivo!

25 janeiro 2012

Fotografias de Setúbal...

Estrada dos Ciprestes e Avenida Portela
Foto obtida em 25 de Junho de 1972


A iluminação recentemente inaugurada.

24 janeiro 2012

Escrito no vento...

"Eu não deixo ninguém para trás... Algumas pessoas é que me perdem um pouco a cada dia. E nem se apercebem..."
.
..a circular na net
Autor desconhecido

23 janeiro 2012

As "garotas" de Julio Vivaz...

Humor antigo
com o traço de
Julio Vivaz...
A mãe: - Não se preocupe, minha amiga, depressa ele estará cansado de andar de triciclo e, então, poderemos voltar a sentar-nos...

22 janeiro 2012

Está "demente"...

Tal como diria o nosso saudoso Amigo,
Dr.José Carlos Sequeira Lopes.
.
Transcrevo alguns excertos do “Editorial” do “jornal i”, em 21 de Janeiro de 2012, da autoria de António Ribeiro Ferreira.
Através do título escolhido, o Director do “i”, “sugere” a Cavaco Silva a demissão do cargo que ocupa…

Anibal Cavaco Silva


Obviamente, senhor Presidente

As crises servem para muitas coisas, até para descobrir as pessoas, o seu carácter e a forma como estão na vida.

A natureza humana revela-se nestas alturas, no pior e no melhor. Não há disfarces, maquilhagens, palhaçadas que resistam aos maus momentos, às horas do tudo ou nada, ou mesmo de vida ou de morte.

Um comandante medíocre, cobarde, nunca é o último a abandonar o navio. Um homem do mar a sério sabe que a sua missão é salvar os outros na hora da tragédia e nunca foge da sua ponte, do seu navio. Fica até ao fim, com orquestra ou sem ela. Portugal está a afundar-se. Por erros e crimes praticados por muitos políticos e pelas suas políticas erradas e nada transparentes. E por opções ideológicas ultrapassadas baseadas num Estado obeso, no investimento público e na presença fortíssima do Estado nos negócios e na economia. E por empresários que só sobrevivem num mercado condicionado, sem concorrência a sério, encostados ao Estado e aos políticos do poder. E também aos sindicatos caducos, correias de transmissão dos partidos, sem ideias e incapazes de se adaptar às novas realidades e às exigências de uma economia aberta e global.

A economia está e estará em recessão , centenas de milhares de portugueses estão sem trabalho e metade dos desempregados não recebem qualquer subsídio do Estado. A fome é uma realidade para muitas famílias e já nem as câmaras nem as instituições de solidariedade social têm meios suficientes para ajudar quem caiu, de um momento para o outro, na miséria. Muitos cidadãos sem trabalho, qualificados ou sem formação, optam pela emigração para África, o Brasil, a Europa ou mesmo para o Golfo Pérsico. Os salários de quem ainda trabalha estão a ser cortados, os horários aumentam e muitas famílias, mesmo com empregos têm dificuldades em honrar os seus compromissos mensais.
Pois bem. É por isso que as pessoas se revoltam legitimamente quando ouvem falar em salários de 45 mil euros por mês na EDP.
É por isso que as pessoas não compreendem que os sacrifícios nunca atinjam a sério os mais privilegiados. E é por isso também que não se pode aceitar que o Presidente da República diga aos portugueses que não consegue viver com 10 mil euros por mês.

As afirmações de Cavaco Silva são um insulto a milhões de portugueses. As queixas do chefe do Estado são indignas do cargo que ocupa e devem merecer o repúdio de quem tem um pingo de vergonha na cara e conhece a forma como muitas famílias estão a lutar pela sobrevivência com pensões miseráveis e salários do terceiro mundo.

O Presidente da República tem repetido vezes sem fim que há limites para os sacrifícios. Mas também é verdade que há limites para a indecência. E neste mês de Janeiro de 2012, um dos piores anos da história do Portugal democrático, importa lembrar a Cavaco Silva que as suas palavras deixaram de ter qualquer significado e que as suas funções, para as quais foi legitimamente eleito por sufrágio directo e universal dos cidadãos estão gravemente prejudicadas, mesmo feridas de morte, a partir de hoje.
Obviamente, senhor Presidente da República
.”

Obviamente, demita-se, senhor Presidente da República!... “ foi o que não quis escrever Ribeiro Ferreira ao terminar esta crónica, a lembrar-se da célebre frase de Humberto Delgado, nos idos de 1958… referindo-se a António de Oliveira Salazar, numa conferência de imprensa, realizada no Café Chave d’ Ouro, em 10 de Maio de 1958...

21 janeiro 2012

Hoje calhou a minha vez...

...Há muito tempo que faço anos neste dia!...
E desta vez é capicua! Dizem que dá sorte... Espero bem que sim...

jjmatos

20 janeiro 2012

Parabéns!... 20 de Janeiro

O João Matos IV faz hoje 10 anos.
Um grande abraço, do Avô...


João Gonçalves Mendes de Matos

19 janeiro 2012

Professores UP

Esta fotografia foi retirada do site Alumni@ reit.up.pt,
em Notícias.up.pt, edição nº104.
de 09 de Janeiro de 2012.

É curioso como a nossa memória se afasta, com o passar do tempo, da realidade por nós então vivida...

Da esquerda para a direita, de pé.
Prof.Alberto de Brito, Manuel Ferreira, Marques Teixeira, Mendonça Monteiro, Maria Teresa Cernache, Leopoldina Paula da Silva, João Cabral, Arnaldo Roseira, Humberto de Almeida, Araújo Moreira, Carlos Braga e Amílcar Mateus
Em baixo: Ruivo, Rogério Nunes e Miguel Montenegro de Andrade,

Nem todos foram meus profesores mas alguns daqueles, que o foram, identifiquei-os com facilidade como é o caso de Manuel Ferreira e Arnaldo Roseira (que davam aulas no Jardim Botânico, ao Passeio Alegre, no tal palacete onde Sofia de Melo Breyner viveu quando era jovem); também cheguei com facilidade a Amilcar Mateus (que regia as Zoologias Geral e Sistemática) e até consegui identificar a DrªLeopoldina Paula da Silva ( a "Catitinha" como o Roberto Salema, o Júlio Crespo e eu... e todos nós lhe chamávamos então... e que regia a cadeira de Antropologia). Agora, a ideia que eu tinha do Prof.Miguel Montenegro de Andrade e do Prof.Araújo Moreira (que era cunhado da Bita Alçada Baptista e que me "chumbou" na última cadeira do Curso... o homem a quem então chamavam o "Araújo dos Vintes" e rivalizava na UP, com o Prof.Veiga Simão, o "homem dos Vintes", na Universidade de Coimbra...) foram para mim uma "desilusão" pois não os reconhecia nesta fotografia...

Estão ainda na minha memória alguns outros que não tive como professores... como é o casa de Alberto de Brito (das Químicas), Marques Teixeira (das Físicas) Mendonça Monteiro, Humberto de Almeida e Carlos Braga (das Físicas)

18 janeiro 2012

Manuel Parreira Jerónimo...

...era assim quando o vi pela última vez!
Estávamos em Julho de 1962... e ele acabava de frequentar o 7ºAno f) aqui no Liceu de Setúbal. Pertenceu a um grupo de alunos e alunas a quem eu, pela primeira vez, leccionei a disciplina de Ciências Naturais, num 7ºAno.

Manuel Parreira Jerónimo, em 1961
.
Ontem, o Manuel Jerónimo contactou comigo. Passaram, entretanto, por nós, 50 anos...
.
"Olá prof. João de Matos
Viva!
Por acaso, ao fazer pesquisa na net, fui parar ao seu blog e tive a grata alegria de rever as fotos da minha turma de 61/62, 7º ano B.
Sou o Manuel Parreira Jerónimo
Tem graça ver as fotos cujas caras retive na memória.
Como estarão hoje estes colegas?!De facto fui perdendo ligações a Setúbal e só revi, nestes 50 ( CINQUENTA!) anos 2 ou 3.
Onde estarão? Como estarão?"
.

Ele, o Manuel Parreira Jerónimo, o meu aluno de há 50 anos atrás, está assim:
O Manuel Jerónimo, em foto actual
.
Em duas palavras, acrescentou mais alguma coisa sobre a vida dele:

Na verdade, em duas palavras, o Manuel Jerónimo contou-me algumas coisas sobre o seu trajecto nesta vida…
Depois de ter terminado o Liceu, naquele ano de 1962, fez a tropa e esteve em Angola…
Quando voltou foi trabalhando e voltou também aos estudos cursando Engenharia Civil.
Trabalhou uma série de anos e construiu uma empresa própria.
Há 30 anos que vive em Cascais. Esteve ligado ao turismo no Estoril e liderou a construção de várias obras de interesse público, as últimas das quais foram o Centro de Congressos do Estoril e as Termas do Estoril
Deixou de trabalhar no ano passado e, agora, dedica o seu tempo à leitura, não perde uma Exposição e continua a ter o golf como hobby preferido.
Vive próximo da Praia do Guincho mas não deixa de vir passar algum tempo aqui bem perto de nós, na Soltróia, sempre que o tempo disponível lho permite.
O Manuel Jerónimo é casado e tem dois filhos engenheiros ambos na área da electrotecnia e da robótica.
.

"Gostaria de ter um contacto do colega de turma Paulo Guilherme Reynaud da Silva. Tem?
Envio-lhe um grande abraço e se algum dia houver uma reunião de grupo agradecia o contacto
Até a um próximo contacto

Manuel Jerónimo"
.
Fico sempre nas núvens quando sucedem contactos destes...
...que nos enchem a alma e nos confirmam que "valeu a pena" termos escolhido a profissão que escolhemos.

17 janeiro 2012

As actas da Câmara Municipal...

Sessão de 11 de Agosto de 1959
…realizou-se a reunião ordinária semanal, sob a presidência do Excelentíssimo Senhor Manuel Filipe Pereira da Silva Magalhães Mexia, estando presentes os vereadores e Engenheiro António Barroso, Afonso Henriques Rocha, Joaquim Rodrigues Simões.
Não compareceram os vereadores Senhores Doutor Joaquim Arco, Doutor José Caldeira Areias e Engenheiro agrónomo Raul Veríssimo de Mira cujas faltas foram julgadas justificadas.
Assistiu à reunião o Chefe da Secretaria (José Aníbal da Silva Freitas)


O átrio da CMS



Obras particulares
De harmonia e nos termos da proposta da presidência e depois de vistas as informações dos competentes serviços, deliberou a câmara deferir a pretensão de:
Alínea c) – George Fryxell para abertura de um portão e encerramento de outro no prédio que possui entre a ladeira da Ponte de S. Sebastião e a rua Doutor Vicente José da Silva.
.
Licença graciosa
Foi resolvido conceder as seguintes licenças graciosas:
alínea c) – a Dr. João Pimenta Beja Marques Godinho, veterinário municipal – 25 dias, com a faculdade de poder ausentar-se para o estrangeiro durante esse período.
alínea b) – a Fernando Carlos Cascais da Silva, encarregado dos Serviços de Jardim – 30 dias.
alínea c) – a José Marcelino de Sousa Fidalgo, encarregado dos Serviços do Matadouro – 30 dias.
.
Empreitada de “Pavimentos a construir danificados pelas valas de saneamento” e “Construção de ramais domiciliários”.
A Câmara tomou conhecimento de uma proposta adicional do adjudicatário da empreitada acima referida, João da Costa Riscado, no sentido de ser substituída por asfalto a calçada à portuguesa, prevista para a maior parte dos arruamentos das cidade, e ainda da informação, a tal respeito, prestada pelos Serviços de Viação e Obras.
Apreciado o assunto, deliberou a Câmara a aprovação da proposta, nos termos da informação do Serviços, excepto no relativo aos pavimentos com calçada portuguesa, os quais deverão ser executados segundo este tipo , mas sem as fundações de macadame propostos nesta informação.

(NB - João Costa Riscado era um empresário de Alcains/Castelo Branco)

16 janeiro 2012

Parabéns!... 16 de Janeiro

O João Miguel faz anos hoje.
Muitos parabéns e um abraço grande


João Miguel Macedo Mendes de Matos

15 janeiro 2012

A minha "prenda" para o João António...

O João António de Sousa faz hoje anos!
Parabéns...
João António Garcia Correia de Sousa

E agora a "prenda"...O João Miguel e o João António
num Natal em Castelo Branco (1979?)

Setubalense - 1963 - Dezembro

2 de Dezembro
A nova Câmara
Esta noite, pelas 21h 30m, reúne-se o Conselho Municipal de Setúbal para eleger a nova Câmara.
.
2 de Dezembro
Vitória FC
Os sportinguistas fizeram tudo quanto estava ao seu alcance, para evitar a "vingança" de Carlos Manuel, mas ela acabou por verificar-se aos 88 minutos.
O Vitória vence em Alvalade por 2-1
.
4 de Dezembro
A nova Câmara
O Conselho Municipal elegeu como novos vogais para a Câmara Municipal que entrarão em exercício no dia 2 de Janeiro, os seguintes Senhores:
Efectivos:
Afonso Henriques Rocha
Manuel Pacheco Calanane Wengorovius
Dr. José Caldeira Areias
Carlos José Pinto
Fernando Batalha Lopes Pedrosa
José Maria da Silva Belo
(Azeitão)
Suplentes:
Eng. António Jaime Batista Fialho
Dr. Jorge de Castro Patrício Paul
Joaquim Carvalho da Silva
Joaquim Oceano Matias
Álvaro Simões Calado (Azeitão)
Deixam, assim. de fazer parte da Câmara os Srs. Eng. Raul Veríssimo de Mira e Joaquim Rodrigues Simões.
.
4 de Dezembro
Liceu
Estudante atropelada
Ao atravessar a Estrada dos Ciprestes, próximo do cruzamento de rua António José Baptista, a estudante Maria de Fátima Guerreiro Paulino, de 15 anos... foi atropelada por um automóvel que vinha para esta cidade.
.
4 de Dezembro
Casamento
A D.Maria Helena da Silva Horta e seu Pai, Sr. Hepiménio Horta foram os padrinhos da Sr.ª D. Maria Emília Fidalgo dos Reis Mateus que se casou no dia 1 de Dezembro, com o Sr. Valdemar Pereira Bonacho Viana.
.
7 de Dezembro
A passagem de nível do Quebedo
O vereador Sr. Carlos Pinto ventilou recentemente na Câmara Municipal, o problema da passagem de nível do Quebedo que separa as duas partes da cidade, afectando vários aspectos da vida citadina, designadamente a vida comercial.
Conforme declaração do Sr. Presidente da Câmara, o assunto encontra-se presentemente em estudo.
.
7 de Dezembro
Liceu
Alunos distinguidos no Liceu de Setúbal
António Manuel Cardoso Ferreira - Prémio Bocage - 2ºCiclo com 16 valores
José de Sousa Martins - Prémio Sociedade Amigos do Liceu - 1ºCiclo com 16 valores
Rui Conceição Sobral Costa - Prémio Sociedade Amigos do Liceu - Filosofia 7ºAno com 19 valores
Helena Cristina Maldonado Marques Cabral - Prémio Rotary - História 2ºCiclo com 17 valores
Maria Cristina Firmo Farto - Prémio Sapec - Físico-Químicas 7ºAno com 16 valores
Maria Helena Vicente Alves Dias - Prémio Grémio do Comércio - 1ºAno com 15 valores
Jaime Silva Margarido - Prémio Grémio do Comércio - 1ºAno com 14 valores
José de Sousa Martins - Prémio Grémio do Comércio - 1ºAno com 16 valores
Maria do Céu Teresa Amaro - Prémio Grémio do Comércio - 1ºAno com 16 valores
Rui Conceição Sobral Costa - Prémio Associação dos Proprietários - 7ºAno com 17 valores
Maria Fernanda Guerreiro Basso - Prémio Associação dos Proprietários - 7ºAno com 16 valores
António Manuel Soares Garcia da Fonseca - Prémio José Pedro Mendonça - Ciências Naturais do 7ºAno com 15 valores
António Manuel Soares Garcia da Fonseca - Prémio Comissão Distrital de Setúbal – Organização Política do 7ºAno com 19 valores
Vitor Manuel Santos Gonçalves - Prémio Sociedade dos Amigos do Liceu - Melhor trabalho sobre a figura de S. Teotónio, no 8ºCentenário da sua morte.
.
9 de Dezembro
Câmara Municipal de Setúbal
A Câmara Municipal deliberou contratar, em regime de prestação de serviços, o topógrafo Sr. Ariolindo Barrocas da Costa, tendo o respectivo contrato começado a vigorar a partir do dia 1 de Dezembro.
.
14 de Dezembro
Misericórdia
Foram eleitos os Corpos Gerentes para o triénio 1964/66
Presidiu à reunião o Sr. Dr. Luís Teixeira de Macedo e Castro, secretariado pelos Srs. Eng. Henrique Costa Neves, e João Botelho Moniz Borba,
Foi eleita a lista única:
.
Assembleia-Geral
1Presidente - Dr. Luís Teixeira de Macedo e Castro
1ºSecretário - Eng. Agrónomo Henrique Armando Roovers da Costa Neves
2ºSecretário - António Luís Esteves
.
Mesa Administrativa:
Provedor - Eng. Agrónomo Artur Manuel Parreira da Gama
Secretário - Dr. Carlos Fuzeta da Ponte
Tesoureiro - Rafael Emílio Croner Torres
.
Mesários:
Eng. Eduardo Alfredo Martins da Silva Pinto
Fernando César Batalha Pedrosa
Eng. Rodrigo José dos Santos de Sousa Félix
Mesários substitutos:
Eng. António Jaime Batista Fialho
Arnaldo Teixeira
Dr. Joaquim Pereira da Silva Advirta
.
14 de Dezembro
Os Preços
O preço dos ovos, por dúzia, na presente época de Natal é o seguinte:
No grossista:
Grandes - 14$00
Pequenos - 13$00
No retalhista:
Grandes - 15$60
Pequenos - 14$40
.
15 de Dezembro
Turismo
Foi nomeado Presidente da Comissão Regional de Turismo da Serra da Arrábida, o Sr. Dr. Francisco Correia Figueira.
.
16 de Dezembro
Liceu
Alunos distinguidos no Liceu (continuação)
Diplomas de Distinção (concedidos aos alunos que terminaram o respectivo ciclo com média igual ou superior a 16 Valores):
1ºCiclo
José de Sousa Martins
Lucrécia Mendes Cravinho
Maria Antonieta Nogueira Valido
Maria do Céu Teresa Amaro
Maria da Conceição Areias
Maria Inês Pedrosa Silva Duarte
2ºCiclo
António Manuel Freire Cardoso Ferreira - 16 valores
3ºCiclo
António Manuel Soares Garcia da Fonseca - 17 valores
António Palhão Bandeira - 16 valores
Francisco José Ferreira Neto - 16 valores
José Luís Carvalho Duarte - 16 valores
Maria Fernanda Guerreiro Basso - 16 valores
Maria de Sousel Gama Correia Gonçalves - 16 valores
Rui Manuel Sobral Costa - 17 valores
Vitor Manuel Santos Gonçalves - 16 valores
Diplomas de Honra (concedidos aos alunos que terminaram o respectivo Ciclo com a classificação de 14 ou 15 valores)
1ºCiclo:
Acácio Hernâni de Oliveira Pinto Pereira
Alfredo Manuel Francisco Martins
Alfredo Pinto
Ana Maria Guerreiro Paulino
António Aurélio das Dores Pestana da Silva
António Francisco Nunes dos Santos Teixeira
António José de Jesus Marcelino
Armando Manuel Carvalheira Pedrosa
Artur José de Almeida Santos
Fernando Erlindo Rendas
Fernando da Silva Venceslau
Fernando Ziegler Raimundo
Filomena Maria de Oliveira Martins
Isabel Inácio Cordeiro
João Gabriel Fraga Loureiro Moreira
João Vasco de Almeida Fernandes
Jorge Manuel Cabrita Santos Silva
Jorge Manuel Lima Duarte
José António de Pádua Marcelino
José António Gomes Santana
José Carlos Estevinho Fronteira
José Manuel Nunes dos Santos
Luis António Martins Marques
Luis Filipe dos Santos Rosado
Luisa Maria Pincho Santana da Silva
Manuel Alves Bexiga
Manuel Conde Raimundo
Manuel Guilherme Martins dos Santos
Marçal Teixeira de Gouveia
Maria do Carmo Coelho da Saúde
Maria da Conceição dos Santos Nicolau
Maria de Fátima Delgado da Silva
Maria Luisa Cheirada Issa
Maria Luisa Fontes Chaves Magalhães
Maria Manuela Martins Cavaco
Maria Manuela de Prazeres Miranda
Maria do Rosário Pernão Pereira Beija
Rui Manuel Cardoso dos Santos
Rui Manuel Porém Machado
Sidónio Isidro Guerreiro Malveiro
.
24 de Dezembro
Fotografia
Foi inaugurado no Sábado (21.12.1963) o 13ºSalão de Arte Fotográfica da CUF
.
31 de Dezembro
Associação de Socorros Mútuos Setubalense
Assembleia-Geral:
Presidente - Marcelino Pais Cabral
Vice-Presidente - António Henriques de Oliveira
Secretário - José Valentim Madeira
Secretário - Geraldo Augusto Ferreira
Vice-Secretário - Domingos Tavares Roque
Vice-Secretário - Virgílio Aleluia
.
Direcção:
Presidente - Manuel José de Goes
Secretário - Ricardo Correia
Vogal - João Pires Bárbara
.
Conselho Fiscal:
Presidente - Angelo Joaquim Camalhão
Secretário - Fernando Biscaia da Silva
Relator - Fernando dos Santos Natividade

14 janeiro 2012

As "garotas" de Carrillho...

Humor antigo
com o traço de
Carrillo

- Aceitei já o seu pedido de casamento, mas ele ainda não deu por isso...

13 janeiro 2012

Gostei...

...gostei de saber onde estavas.


A Maria Fernanda Martins foi minha aluna no ano lectivo de 1974/75, no Liceu dos Casquilhos, no Barreiro, onde leccionei apenas um ano. Frequentava uma turma do antigo 3ºano e teria naquele ano uns 13/14 anos. Nunca mais voltei a vê-la... E entretanto já se passaram 36 anos!...

xxxxxxxxxxxxxxxxx Maria Fernanda Catarino Martins


Tive notícias dela há uns dias.

"Estimado Professor, João de Castelo Branco,
Venho agradecer por constar das suas memórias e dizer-lhe que regressei a esta Escola (de Casquilhos), onde leciono Artes Visuais desde 1990.
Um Abraço desta sua ex-aluna,
Maria Fernanda Catarino Martins"


São momentos como este que nos "amolecem" o coração...

12 janeiro 2012

Escrito na pedra...

In. P2
07 01 2012
.
"A cegueira que cega cerrando os olhos, não é a maior cegueira: a que cega deixando os olhos abertos, essa é a mais cega de todas".
.
António Vieira
padre e escritor português
1908 - 1697

11 janeiro 2012

Nos arquivos do Liceu...

Alunos e Professores do
Liceu de Setúbal
em
1916/1917

Optei por seleccionar neste trabalho apenas os nomes de algumas pessoas que conheci pessoalmente ou cujos nomes se relacionam com Amigos ainda presentes na nossa Cidade. De qualquer modo, pessoas bem conhecidas em Setúbal. E não só…

Em Outubro de 1916 era Reitor do Liceu o Dr. Manuel Nunes de Almeida, cujo nome foi perpetuado pela Comissão de Toponímia da Câmara Municipal que deu o seu nome à Praceta situada atrás do Liceu.

Havia apenas uma Turma em cada Classe, em qualquer dos cinco anos que constituíam então o Curso do Liceu.
.
Na 1ª Turma da 1ªClasse, aliás como em todas, havia um Presidente que dirigia as reuniões de Turma e um Secretário encarregado da escrituração das pautas e dos termos.
Esta turma tinha como Presidente Sebastião Tomás dos Santos recentemente chegado ao Liceu, onde tomou posse em 16 de Junho de 1916 e, tinha como Secretário, António Luis Vaz, professor antigo que tinha tomado posse em 6 de Fevereiro de 1906 e ainda permanecia como professor, no nosso Liceu, no ano lectivo de 1924/25.
Como alunos desta turma encontrámos algumas figuras que tiveram nome na nossa Cidade:
Dinorah Otelinda Catalão Batalha (a esposa do Sr. Augusto Pedrosa?)
Elisa Teodora Paninho
Humberto José Gomes
(o Pai do "Carlinhos da Rosel"?)
João José Duque de Santana
José da Costa Proença
(O Pai da Isaura Pescadinha?)
José Martins de Soveral Rodrigues (O meu Amigo Dr. Soveral)
Miguel Pereira Osório de Castro (Era Notário em Setúbal, em 1960)
Octávio Severino Prompto
.
Na 1ªTurma da 2ªClasse
O Presidente era o Dr. António Luis Vaz, já atrás mencionado e o Secretário era o Dr. António Luis Pereira de Almeida nomeado professor por Diploma de 28 de Novembro de 1914. Era Professor Auxiliar e só em 1919/20 passou a ser Efectivo.
Dos alunos desta turma, apenas podem ser reconhecidos:
Álvaro Claro Ramos que era filho do Sr. Manuel Ramos Reynaud e morava na Av. 5 de Outubro, 56 – 1º em Setúbal e
Agostinho da Silva que ainda há poucos anos estava entre nós e se mostrava até há bem pouco tempo, passeando com alguma desenvoltura, nestas ruas de Setúbal.
.
A 1ªTurma da 3ªClasse era da responsabilidade do Presidente Dr. Fernando Thomas Cavique dos Santos que, segundo os arquivos, apenas esteve no Liceu durante este ano lectivo e do Secretário Dr. Celestino Júlio Garcia Gomes que foi professor no Liceu em 1913/14 e 1916/17
Como alunos desta turma, aparecem-nos:
Álvaro Trindade Piteira (um dos proprietários do Cinema Casino Setubalense)

António Inácio Greck Torres
António Maria Duque de Santana
Fernando Gonçalves Sobrinho
Joaquim Garcia
(nunca ninguém podia estar triste ao pé do Sr. Joaquim Garcia que teve um fim de vida bem penoso e sem a alegria que esbanjou durante toda a sua vida)
José Gonçalves Sobrinho Júnior (foi funcionário do Banco de Portugal e gostava muito de utilizar a sua bicicleta no percurso diário entre a sua residência no Bairro do Liceu e a Agência do Banco, na Avenida Todi, onde sempre o conheci como funcionário)
Elina S. José Figueiredo Magalhães (tanto quanto posso recordar, por ser “memória de ouvido”, esta aluna fez uma carreira brilhante como Advogada
.

A 1ªTurma da 4ªClasse era da responsabilidade do Presidente Dr. João José Miranda nomeado professor do Liceu, por diploma de 31 de Janeiro de 1906 e se manteve até ao ano lectivo de 1927/28 sem qualquer interrupção. Tinha como Secretário o Dr. Fernando Thomas Cavique dos Santos.
Entre os alunos desta Turma encontrámos pessoas de muito destaque na vida citadina setubalense, muitos anos depois.
De entre eles, permito-me destacar o ilustre causídico Dr Manuel António da Assunção Antunes que foi Mestre e Mentor de muitos e bons Advogados que foram brilhantes na Barra dos nossos Tribunais e que fizeram o seu estágio, e colheram preciosos ensinamentos, com este antigo aluno do Liceu. Residia, ultimamente, antes de falecer, no edifício onde se situa o Restaurante Caravela, na Avenida Rodrigues Manito. Era um homem íntegro e independente que assumiu sempre de maneira frontal, a sua oposição ao regime então vigente.
António Silva Girão Calheiros
Carmina das Dores Viegas
Ema Alves das Neves
Isabel Leonarda Marques, que foi proprietária e Directora Técnica da Farmácia Marques, da rua Arronches Junqueiro, aqui em Setúbal.
Luis Silva Girão Calheiros
Virgílio Saraiva Fernandes
, o “Virgílio da Fundição”, que era pai da Nené (Rica) e do Luís Filipe Fernandes e chegou a ser Presidente do Vitória FC.
.
Da 1ªTurma da 5ªClasse foi Presidente o Reitor Manuel Nunes de Almeida que escolheu como Secretário o Dr. Fernando Thomas Cavique dos Santos
Como é natural, o número de alunos ia decrescendo da 1ª para a 5ªClasse.
Apenas dois nomes nos indicam figuras que eu conheci aqui em Setúbal:
Jaime António Aldeano de Faria, pai do José e do Jaime Forte de Faria e
Jorge Alberto Carvalho Salgado.
.
Escrito em

24.08.2007

10 janeiro 2012

Recordações...

10 de Janeiro de 2006
Foi há 6 anos...


Gi

09 janeiro 2012

Luisa Todi...

A cantora lírica setubalense
nasceu em 9 de Janeiro de 1753.
Faria hoje 259 anos

Luisa Rosa de Aguiar Todi
num retrato executado por Vigée Le Brun, em 1785

08 janeiro 2012

Escrito no vento...

"Ser-se livre não é nada fazer, é ser-se o único árbitro daquilo que se faz ou daquilo que não se faz."
.
Jean de La Bruyère
1645 - 1696

07 janeiro 2012

No Liceu...

Sardinhada no Liceu
em 27 Jul 1983
Na fila para o "assador"...

...um grupo de funcionários aguarda a sua vez: o Eduardo e Manuela Domingos, a Fátima Teles, a Marília Rodrigues e a Fátima Andrade.

06 janeiro 2012

Ainda o Pingo Doce…

Com o título “Pingo amargo”, Vasco Pulido Valente escreve hoje na sua coluna de “Opinião”, no Público, um texto do qual respigámos alguns excertos.
Vasco Pulido Valente

“A firma Jerónimo Martins (mercearias finas) merece todo o respeito e consideração. Primeiro, porque antigamente comprou azeite a Herculano. Segundo, porque ajuda hoje a divulgar o interessantíssimo pensamento de António Barreto que, por enquanto, não vende azeite.

Mas, de repente, Portugal inteiro resolveu vociferar contra a Jerónimo Martins. O Parlamento, a televisão, os jornais, já para não falar num ou outro “indignado” em transe, berram a sua justiceira fúria. Por que razão? Porque a Jerónimo Martins, muito lógica e prudentemente, resolveu transferir a sede social da sua holding para a Holanda, como, de resto, antes dela, 19 grupos dos vinte maiores do PSI-20: a PT, por exemplo, a Galp, a Mota-Engil e o BES, contra os quais não se ouviu à época qualquer murmúrio.
Agora, não. Esse acto medonho foi classificado de ilegítimo, imoral, intolerável e até, algumas vezes, de traição à pátria.
(…) Escusado será dizer (ou repetir) que a operação da Jerónimo Martins é permitida em Portugal e na “Europa”. E que na Holanda, para onde se mudou, tem vantagens fiscais, crédito e previsibilidade que não tem em Portugal e não terá pelos tempos mais próximos.
(…) Claro que a polémica sobre a Jerónimo Martins provocou, como era inevitável, a costumada retórica sobre a diferença entre os “pequenos” que sofrem e os “grandes” que aproveitam, entre os que arranjam sempre maneira de fugir e os que nunca podem escapar à dureza das coisas.
(…) Não ocorreu a ninguém que (apesar do azeite de Herculano e do dr.Barreto) a Jerónimo Martins não é uma organização de beneficência e que o seu dever é fortalecer a sua posição e aumentar os seus lucros. Se ela falisse, ou enfraquecesse, haveria com certeza uma enorme choradeira e a “inteligência” indígena voltava a lamentar a falta de empresários .

Como não falta, serve por aí de bode expiatório.”

As actas da Câmara Municipal...

Sessão de 04 de Agosto de 1959
.
…realizou-se a reunião ordinária semanal, sob a presidência do Excelentíssimo Senhor Manuel Filipe Pereira da Silva Magalhães Mexia, estando presentes os vereadores Doutor Joaquim Arco, Senhores Doutor José Caldeira Areias e Engenheiro António Barroso.
Não compareceram os vereadores Senhores Afonso Henriques Rocha, Joaquim Rodrigues Simões e Engenheiro agrónomo Raul Veríssimo de Mira cujas faltas foram julgadas justificadas
Assistiu à reunião o Chefe da Secretaria (José Aníbal da Silva Freitas)


CMS - Átrio de entrada

.
Foi deliberado conceder as seguintes licenças graciosas:
Alínea a) a Doutor José Paulino Pereira, médico municipal do partido da sede do concelho – trinta dias.
Alínea b) a Jorge Martins Rico, terceiro oficial da Secretaria – trinta dias.
Alínea c) a Ermelinda da Assunção Martins, escriturária de segunda classe do quadro privativo da Secretaria – vinte e oito dias.
Alínea d) a Álvaro Baptista Guerreiro, apontador de obras, dos Serviços de Viação e Obras e escrivão de Execuções Fiscais Administrativas – trinta dias.
.
Edificação de uma Fonte Luminosa Comemorativa do Primeiro Centenário da elevação de Setúbal à categoria de Cidade.
O Senhor Presidente chamou a atenção da Câmara Municipal para o artigo subordinado ao título “A prenda de cidade no seu primeiro centenário” publicada no jornal “O Setubalense”, de um do corrente, salientando o significado transcendente do alvitre tão feliz e em tão boa hora lançado, cujos objectivos é de salientar que sejam profundamente compreendidos e sentidos por toda a população da cidade, do concelho do distrito por todos aqueles que, do mais humilde e pobre ao mais rico e de maior posição social, se encontram de qualquer modo ligados à região e à vida setubalense.
A ideia da edificação de um monumento – continuou – que ficasse a perpetuar na cabeça do Distrito a unidade e as características regionais e testemunhasse em pedra e bronze o Centenário da elevação de Setúbal a cidade é por demais tentadora e aliciante e não poderia deixar de marcar desde a primeira hora todo o carinho e devoção da edilidade, imediatamente interessada. Simplesmente, ao entusiasmo da situação sentimental, houve que sobrepor o frio critério do administrador prudente, a braços com as necessidades imperiosas que, não revestindo muito embora, tão elevado conteúdo e sentido espiritual, são todavia da mais urgente realização, reclamando e absorvendo imperiosamente todas as disponibilidades de gestão imediata.
A braços com uma situação financeira verdadeiramente angustiosa, teve a miragem sedutora do monumento, de ser sacrificada implacavelmente e desafiou apenas o saudosismo do desejo impraticável corporizado numa maqueta de gesso.
Mas a sugestão tão feliz e tão nobremente lançada pelo “Setubalense”, fazendo eco da ideia de um louvável anónimo, veio dar forças e alento à esperança desiludida e animar o Município a acalentar de novo o projecto abandonado. Oxalá que a população e as forças representativas do Concelho e da região acolham com entusiasmo e simpatia a ideia agitada e se disponham a nela colaborar por forma a que, com o patrocínio e comparticipação das entidades oficiais, se possa dar realidade ao sonho já posto de parte.
Tomando o uso da palavra, o Vereador Senhor Doutor Areias, congratulou-se com a atitude assumida pelo jornal “O Setubalense”, formulando os mais prementes votos para que ele constitua o início de um movimento geral de solidariedade e entusiasmo que possa dar corpo e pôr de pé o ambicionado monumento. Pôs contudo o problema dos aspectos artísticos do projecto, manifestando desejo de que, na ordem estética, o monumento, no caso de algum dia se tornar realidade, venha a ser dotado de um conjunto escultórico que corresponda ao sentimento artístico do povo da região.
O Senhor Presidente, esclarecendo, disse que o problema é melindroso envolvendo críticas de escola e concepções escultóricas e correntes estéticas, crítica que não se afigura conveniente mas é da responsabilidade da Câmara.
Desejar-se ia fazer obra duradoura e que significasse às gerações vindouras o sentido marítimo e piscatório de origem e desenvolvimento do burgo e das características da região setubalense. É sabido que as concepções estéticas são sempre objecto de maior ou menor discussão por parte dos contemporâneos. Haveria, pois, de confiar no talento e sentido estético do artista autor do projecto que, como escultor, logrou já a alta consideração de um “Gran Prix” na recente Exposição Internacional de Bruxelas.
O Vereador Senhor Doutor Arco manifestou ir a sua inteira concordância ao ponto de vista expresso pelo Senhor Presidente. Sugere que se dignifique desde já o inteiro aplauso da Câmara à ideia agitada pelo “Setubalense” e se anime tão esforçado e dedicado órgão da nossa imprensa regional a prosseguir sem desfalecimento numa nobre campanha de promoção e conseguir um movimento de adesão de todos os sectores da população e actividades do distrito à construção do monumento. A edificação deste, caso se consigam os indispensáveis meios materiais seria precedida de uma visita ao atelier, de toda a Vereação, acompanhada das comissões municipais e das entidades setubalenses com reconhecida autoridade em matéria artística, para se ajuizar devidamente sobre os aspectos estéticos da obra, antes da deliberação definitiva sobre o assunto.
Estas propostas foram aprovadas por unanimidade.

05 janeiro 2012

As "garotas" de Carrillo...

Humor antigo
com o traço de
Carrillo...

- Bons dias vizinha... Importa-se que eu faça uma pequena prova na sua máquina eléctrica de lavar roupa?

04 janeiro 2012

Emigração...

...e porque não??!!...Se as condições são melhores... sim, porque não????!!!!...

Beira Baixa - 1964 - Abril

05 de Abril
O Conselho Municipal aprovou o Relatório e Contas da Gerência,
da Câmara Municipal da Castelo Branco, de 1963.
Presidiu à Sessão o Sr.António Liberato de Oliveira, estando presentes ao vogais Srs. Armindo Gonçalves Carvalhão, Domingos de Matos Romãozinho, José Robalo, João Carlos da Costa franco Frazão, Álvaro Lourenço dos Santos, Dr.Francisco José Palmeiro, António Gomes Belo, Fernando José Dias e João Gomes Leitão.
.
05 de Abril
Novos Corpos Gerentes do Grémio da Lavoura.
Realizou-se na última 3ªfeira, na sede do Grémio da Lavoura desta cidade, a eleição dos novos Corpos Gerentes para o triénio de 1964/66 (…)
Os novos Corpos Gerentes ficam assim constituídos:
Efectivos
Presidente – João Carlos da Costa falcão Franco Frazão
Vogal – Júlio Neves Grilo
Vogal – Joaquim dos Santos Bento Boavida
.
Substitutos:
Eng.José Maria Valente
Silvério Neves Grilo
Manuel José Bidarra
.
05 de Abril
Júlio Hermano Pedro
Em plena convalescença da intervenção cirúrgica a que foi há dias submetido na Casa de Saúde das Amoreiras, em Lisboa, encontra-se em Queluz, em casa de sua filha, o nosso estimado amigo Sr.Júlio Hermano Pedro, chefe da Circunscrição dos CTT, do Distrito de Castelo Branco.
.
05 de Abril
Espanha à vista
É já a saudade a falar por nós, alunos finalistas do Liceu de Castelo Branco.
Saudade de sete anos que vão findar e, mais de perto, saudade da excursão iniciada em 17 de Março e terminada em 22 do mesmo mês.
Partimoa a cantar e cantámos atá ao fim, até quando as gargantas, já cansadas, deixavam sair as vozes roucas, numa desarmonia total.
Creio contudo que, mais tarde, já distantes de tudo o que foi o 7ºAno, chegarão aos nossos ouvidos estes acordes, afinados pela magia da recordação! Mas agora aguardemos o futuro e falemos do presente para evocar o passado.
No meio da maior camaradagem, porque houve, graças a Deus, entre nós verdadeira camaradagem e alegria sã, começámos com uns ensaios tentando “hablar”o espanhol, já que somente alguns dos que íamos visitar, poderiam entender o português.
Assim chegámos a Cáceres, a Toledo que logo nos mostrou, vaidosamente, as suas “calles” muito típicas, como que a dizer que eram únicas sobre a terra; aqui se tornou mais forte o contacto com o novo povo, os novos costumes, a nova língua.
Começou a crescer a nossa curiosidade e, sempre com óptima disposição, vimo-nos na imponente Madrid, cheia de movimento, de mil cores que vem fazer da noite o simples prolongamento do dia; na Madrid dos museus e dos palácios, do “Parque do Retiro” com o lago azulado com os barquinhos a remos que, a balancear com elegância nos convidavam a experimentá-los, ao que de boa vontade acedemos
Cada vez mais alegres, cada vez mais animados, numa euforia própria da juventude activa, era impossível conceber a ideia de que íamos deixar a nação “nuestra hermana” e,Salamanca, última cidade a visitar, começava a descortinar-se lá ao longe.
Últimas compras, últimas fotografias, últimas brincadeiras, enfim, último dia!
Instantes apenas e “adiós España salerosa2. Mais tristes, entrámos na camioneta e a terra espanhola ia ficando sempre para trás, a olhar-nos, a ver-nos, diferentes, calados. Lá ficou sem saber que foi ela a selar as boas recordações que ficavam desta longa convivência, que foi ela a aumentar esta amizade que o tempo não destruirá. Apenas adivinhar que nós íamos sentir saudade.
E hoje, nos corredores do Liceu, recorda-se, fala-se e diz-se:
“Faz hoje quinze dias, Manuela, estávamos nós em Madrid!...”
.
Maria José Beirão Rafael
(finalista)
.
05 de Abril
Na página desportiva surge uma “entrevista” com Saraiva, o treinador/jogador do Sport Benfica e Castelo Branco, conduzida pelo Arnel Afonso.
.
12 de Abril
Menina Maria João Vaz Preto Abrunhosa
Encontra-se completamente restabelecida da intervenção cirúrgica a que foi submetida com pleno êxito, na “Clínica Dr.Peixoto de Meneses”, nesta cidade, a menina Maria João Vaz Preto Abrunhosa, filha do nosso estimado amigo Dr.João Caetano Abrunhosa
.
12 de Abril
O Dr. Ulisses Pardal é o novo Director do Asilo da Infância Desvalida.
Acedendo ao pedido do Sr. Governador Civil de Castelo Branco, Dr.Simplício Barreto Magro passou a dirigir o Asilo da Infância Desvalida, o nosso prezado amigo, Sr. Dr. Ulisses Vaz Pardal.
Congratulámo-nos com o acerto havido na escolha.
.
12 de Abril
Oleiros moderniza-se.
Graças ao espírito dinâmico e empreendedor do Sr. Manuel Rodrigues David, Oleiros passou a contar, a partir do último domingo com um moderno e bem apetrechado posto abastecedor de combustíveis.
.
19 de Abril
Pró Arte
Realizou-se na Biblioteca do Liceu mais um concerto promovido pela Delegação da Pró Arte, nesta cidade, o 58º e 2º da nova temporada, constando do programa obras de Carlos Seixas, Padre Soler, Bach, Beethoven, Chopin e Challier.
Estas composições foram executadas pela pianista Maria Fernanda Vandschneider que tem os prémios da Juventude Musical Portuguesa (1ºs), Nacional Guilhermina Suggia e internacional de Santiago de Compostela e Orense (3º)
(…) Para corresponder aos aplausos quentes que recebeu Vandschneider interpretou três números extra.
Sentiu-se uma vez mais a presença da juventude, fulcro impulsionador deste concertos.
.
26 de Abril
Major Guardado Moreira
Está nesta cidade, de visita à sua família, o Sr.Major José Guardado Moreira, antigo Comandante da G.N.R. e de Caçadores 6, que há algum tempo se encontra a prestar serviço, em missão de soberania, na nossa província de Angola
.
26 de Abril
Oleiros
Oleiros, encantadora e progressiva vila beirã, carece de um jardim, dum parque infantil e dum lavadouro público.

03 janeiro 2012

No Liceu...

Um grupo de funcionários do Liceu
numa sardinhada em 27 07 1983

Carlos do Carmo, Francisco Vital, Carlos Machinho, NN, Eduardo Lima e Vitor Gomes
De pé: Miguel Pinto e Eduardo Domingos

02 janeiro 2012

Escrito no vento...

"Uma hora sentado ao lado de uma bonita mulher parece durar um minuto. Uma hora sentado sobre uma fogueira parece durar uma hora. É a relatividade."
.
Albert Einstein

Prémio Nobel da Física

01 janeiro 2012

Um Bom Ano Novo...

...cheio de Alegria e Boa Disposição

Saibamos suportar com bom humor, as agruras anunciadas
para o ano que hoje começa... Haja alegria!!!...