30 abril 2015

Vá "dar à perna"...

... cultive-se e ganhe apetite para um bom almoço!...
A Associação Recreativa Amigos da Cardosa (Oleiros)
fica à sua espera no dia 2 de Maio,
para a IV.ª Edição do evento
Pés. Cabeça e Estômago.
.
Programa do evento

29 abril 2015

Escultores...

Arlindo Rocha
     1921 - 1999
Escultor  portuense
.
A Poesia
Setúbal

28 abril 2015

Escrito na pedra...

in. "Público"
27.Fev.2015
.
"Confessa, sim; mas confessa o que não sentes."
.
Fernando Pessoa
1888-1935
poeta português

27 abril 2015

E a propósito dos acontecimentos...

...comemoradas no sábado e dos tempos difíceis
que se lhe seguiram lembrei-me de um 
Álbum de Humor Político 
do caricaturista António
publicado em Dezembro de 1976, numa
Edição do "Jornal Expresso", ao qual deram o nome de
KAFARNAUM
.
As "grandes cabeças" do pós 25 de Abril.
António inicia o álbum com este desenho.
.
Numa pequena introdução que o autor ali escreveu pode ler-se:
"Obelix foi Soares e Melo Antunes, por obra e graça de KAFARNAUM. Lucky Luke foi Eanes e Otelo pela mesmíssima razão. Por vezes, Obelix era mesmo Obelix e Lucky Luke era mesmo Lucky Luke. Porque se estava -- e está -- em tempo de KAFARNAUM. Porque o Kafarnaum é mais uma confirmação de que a realidade não só ultrapassa a ficção como também --e até -- a própria banda desenhada. Daí que, face à proliferação desaustinada de personalidades lançadas no rodopio do PREC (o tal Processo Revolucionário Em Curso) e a seguir a retiradas de cena, depois de mais ou menos curta permanência, o já de si rico "stock" dos personagens da banda desenhada não chegasse para as encomendas.

"O KAFARNAUM tem mais de um ano de existência. No entanto, continua a ser difícil destrinçar se é ele que retrata o PREC ou se, pelo contrário, o PREC não passa de um plágio do KAFARNAUM. O código por ambos utilizado é, aliás, praticamente idêntico. Repousa naquela forma de fazer política, tão afeita aos gostos da nova camada dirigente, que pode ser designada --  para utilizar os temos tecnocrato-grandiloquentes que a dita camada adora -- como "acumulação sucessiva de ambiguidades múltiplas"... É exactamente aí que surge o Druída, pelos leitores do KAFARNAUM identificado com certo Costa Gomes que,  de passagem se diga, foi um dos mais virtuosos cultores do estilo político referido.

Quanto ao caldeirão das poções mágicas, onde as coligações são cimentadas até que estoirem, onde os pequenos, médios e grandes golpes são postos ao lume, onde os mais díspares ingredientes se fundem e se anulam, onde se metem as barbas de molho à espera que a(s) borrasca(s) passe(m), quanto ao caldeirão das poções mágicas o menos que pode ser dito é que tem muito mais a ver com o KAFARNAUM que com o próprio original, o dos livros do Asterix.

A lógica deste álbum é a do caldeirão e o caldeirão é o PREC.
Nascido a 4 de Novembro de 1975, o KAFARNAUM sobreviveu, apesar de não ter recolhido as cinco mil assinaturas para se transformar em partido legal, apesar de não ter fundado nenhuma Associação de Amizade Portugal- KAFARNAUM, apesar de não ter conspirado nenhum golpe de estado, nem tão pouco ter sido consultado
com vista à elaboração de pactos, relatórios, auto-críticas revolucionárias,etc.
Os comentadores que vão surgindo ao longo do enredo(?) cumprem a estrita missão de manter na ordem -- embora kafarnaúnica -- mas ordem, contudo -- os ingredientes que, do interior do caldeirão, são servidos a um Zé Povinho cada vez menos semelhante ao que Bordalo Pinheiro criou, baseado no PREC do século passado."

O Zé Povinho do PREC

26 abril 2015

Uma crítica cheia de humor...

...foi o que escreveu
Inês Teotónio Pereira
na sua Coluna de Opinião neste fim-de-semana
no jornal i
.
Inês Teotónio Pereira
.
Não é "uma crítica"... é uma "enorme tareia"!!


"Eu, tal como o PS, compro tudo aos meus filhos 
sem vergonha nenhuma e prometo-lhes o céu e a 
terra só para poder ver o telejornal descansada.


"Estava eu a ler o programa eleitoral socialista e pela primeira vez em toda a minha vida – que já vai mais longa que o regime democrático – identifiquei-me pessoalmente com o PS. Até à data eu tinha a convicção profunda de que em minha casa só os meus filhos eram socialistas e apenas os pais continuavam a ser as mesmas duas pessoas lúcidas que sempre foram. Estava enganada, o programa do PS levou--me a concluir que afinal eu também sou uma mãe socialista. Cheguei a esta curiosa conclusão porque percebi que o PS lida com os portugueses da mesma forma que eu lido com os meus filhos.
O PS, segundo o seu programa eleitoral, promete o que tem e o que não tem e com estas promessas tem esperança de vir a ter a votos. As contas não batem certo, as previsões são baseadas na esperança e até faz tábua rasa de tudo o que tem dito até aqui. Ora eu sou igualzinha com os meus filhos: também lhes prometo tudo na esperança que eles me obedeçam e cumpram as suas obrigações. Digo uma coisa num dia e outra coisa noutro dia só para fazer chegar a água ao meu moinho e nem me preocupo com a coerência das minhas promessas porque as batalhas diárias não dão espaço para preocupações dessa ordem.
Nós, eu e o PS, fazemos tudo para atingir os nossos resultados: o PS votos e eu que os miúdos vão para a cama. Até hoje eu achava que esta não era a melhor forma de educar crianças, que não devia prometer tanto e muitas vezes não conseguir cumprir. Achava ingenuamente que os estava comprar e que isso era mau. Mas graças ao PS percebi que não, que não é mau. É que segundo o economista do PS João Galamba comprar votos é um mero exercício de democracia.Obrigada, João Galamba, já somos dois democratas.
Eu, tal como o PS, compro tudo aos meus filhos sem vergonha nenhuma e prometo-lhes o céu e a terra só para poder ver o telejornal descansada. Prometo-lhes chupas se eles tirarem boas notas, rebuçados se se calarem, cinema se se portarem bem, a chucha ao bebé se ele comer a sopa, etc. E a verdade é que muitas vezes não cumpro essas promessas. Não é por mal, é que muitas vezes não tenho tempo para os levar ao cinema, raramente tenho chupas em casa e na maioria dos casos nem me lembro do que prometi. Enfim, vivo a subornar os meus filhos e a fazer-lhes promessas falsas. Não por votos, como o PS, mas por causas muito menos nobres, como seja o sucesso escolar deles, o meu sossego, eles comerem legumes, etc. A minha veia democrata e socialista é de tal forma latejante que até lhes prometo que se estudarem podem vir a ser economistas do PS, assinar manifestos e até chegar a ministros.
Ora aquilo que eu achava que era uma fragilidade maternal, um erro pedagógico, uma forma de compensar a minha falta de autoridade e de verdade, afinal não é. Este é um dos casos em que os fins justificam os meios, ensinou-me o PS. Eu compro os meus filhos para eles fazerem o que eu quero, o PS faz o mesmo com os portugueses para ganhar eleições.São ambos bons fins e ao que parece até são democráticos.
Mas eu ainda tenho muito a aprender com o PS e gostava sinceramente que outro programa eleitoral ou outra qualquer declaração do economista João Galamba me ensinassem. O meu grande problema, que aproveito para partilhar com o PS, é que os meus filhos já me toparam e eu sinto-me mal. Eu sei que o PS não tem esta preocupação e já ultrapassou estes dilemas morais, mas ainda sou verde nestas coisas do socialismo e por isso tenho uma dúvida:   o PS nunca tem vergonha?

A Feira do Livro em Oleiros...

Decida já!... Dê um saltinho a Oleiros.
e junte o útil ao agradável...
Um bom almoço e um pouco de Cultura.

De 28 a 30 de Abril

25 abril 2015

Parabéns... 25 de Abril de 1962

Recordações...
.
Gi

Num deserto sem água
Numa noite sem lua
Num país sem nome
Ou numa terra nua

Por maior que seja o desespero
Nenhuma ausência é mais funda do que a tua.
.
Sophia de Mello Breiner Andersen

24 abril 2015

Morreu o Rui Versos...

Morreu mais um Amigo.
Esta madrugada sentiu-se mal e já não teve tempo de chegar ao Hospital da Covilhã.
Vivia na Capinha há uns anos...
... isolado de tudo.
Vai deixar-nos gratas recordações.
.
Rui Versos
.
Descansa em Paz, Rui.

Fotografias de Castelo Branco...

... o Liceu Central de Castello Branco, em 1937
.
Oito anos mais tarde, no dia 1 de Outubro de 1945,
entrei neste edifício como aluno do 1º Ano.
Em 3 de Maio de 1946, fomos inaugurar o Liceu de Nun' Álvares,
no outro extremo da cidade...
Faço parte da última geração que estudou neste edifício do Liceu.
(autor da foto desconhecido... Talvez do fotógrafo Sr.Ceia)

23 abril 2015

São quadras, meu bem... são quadras!...

.
Esta mascarada enorme
com que o mundo nos aldraba,
dura enquanto o povo dorme,
quando ele acordar, acaba.

.
   de António Aleixo

22 abril 2015

Escultores...

Giovanni Benzoni
        1809 - 1873
     escultor italiano


Cupido e Psiche (1845)
Museu de Arte Moderna
Milão

21 abril 2015

Escrito na pedra...

in "Público
25.Fev.2015
.
"O homem nunca sabe do que é capaz, até que o tenta."
.
Charles Dickens
1812-1870
escritor inglês

20 abril 2015

Há noites que nos deixam...



...num poema de 
Natália Correia
.
Natália Correia
vista por Mário Cesarini
.
Há noites que são feitas dos meus braços
E um silêncio comum às violetas.
E há sete luas que são sete traços
De sete noites que nunca foram feitas.

Há noites que levamos à cintura
Como um cinto de grandes borboletas.
E um risco a sangue na nossa carne escura
Duma espada à bainha dum cometa.

Há noites que nos deixam para trás
Enrolados no nosso desencanto
E cisnes brancos que só são iguais
A mais longínqua onda do seu canto.

Há noites que nos levam para onde
O fantasma de nos fica mais perto;
E é sempre a nossa voz que nos responde
E só o nosso nome estava certo.

Há noites que são lírios e são feras
E a nossa exactidão de rosa vil
Reconcilia no frio das esferas
Os astros que se olham de perfil
.
Natália Correia
Poesia Completa
Ed. Dom Quixote

19 abril 2015

Faíza Hayat dixit...

Pensamentos de...
.
Faíza Hayat
.
"A fé não se discute, não se pode discutir, pelo simples motivo de que não pertence ao domínio do racional. Não se contesta um sonho por parecer inverosímil."

18 abril 2015

São quadras, meu bem... são quadras!...

A Lua fechou os olhos 
e viu o Sol se esconder.
Não é por falta de vista
Que os olhos deixam de ver...

17 abril 2015

Humor antigo...

in "Can Can" nº12
20 de Janeiro de 1960
com o traço de
C a r r i l l o
.
- Posso oferecer-lhe um caramelo para a tosse?...

16 abril 2015

Escrito na pedra...

in "Público
23.Fev.2015
,
A ausência é a causa de todos os males."
.
La Fontaine
1621-1695
escritor francês

15 abril 2015

Escultores...

Gian Lorenzo Bernini 
1598 - 1680
Arquitecto e escultor italiano
-
O rapto de Prosepina
1622

14 abril 2015

"A Jóia da Coroa"...

...é o título deste trabalho de 
A u g u s t o  d e  M a t o s
.
A Igreja Matriz de Oleiros
Abril - 2001

13 abril 2015

Escrito na pedra...

in "Público"
30.Mar.2015
.
"Ao vencermos sem perigo, triunfamos sem glória"
.
Pierre Corneille
1606-1684
Francês dramaturgo

12 abril 2015

Escultores...

Chauncey Bradley Ives 
1810-1894
escultor americano
.
Ondine saindo da água

11 abril 2015

Foi para ti que criei as rosas...

... um poema de
Eugénio de Andrade
.
Eugénio de Andrade
numa caricatura de Rui Zilhão
.
Foi para ti que criei as rosas.
Foi para ti que lhes dei perfume.
Para ti rasguei ribeiros
e dei às romãs a cor do lume
-
Foi para ti que pus no céu a lua
e o verde mais verde nos pinhais.
Foi para ti que deitei no chão
um corpo aberto como os animais.
.
in. "As mãos e os frutos", 1948

10 abril 2015

Recordações...

Em 5 de Outubro de 2002,
na Casa do Montado
.
Gi

09 abril 2015

Uma aguarela...

... de Paulo Ossião
.
Janela de Lisboa

08 abril 2015

São quadras, meu bem... são quadras!...

.
Descasquei o camarão,
Tirei-lhe a cabeça toda.
Quando o amor não tem razão
É que o amor incomoda.
.
Fernando Pessoa


07 abril 2015

Escrito na pedra...

in."Público"
10.03.2015
.
"Teremos do país a consideração que soubermos merecer pelo que aqui foi dito, pelo que aqui realizarmos."
.
Francisco Sá Carneiro
1934-1980
político e estadista português

06 abril 2015

Humor antigo...

in "Can Can" nº 4
5 de Julho de 1959
com o traço de Carrillo
.
- Por mim aceito o namoro e até o casamento, mas primeiro 
terá de falar com o meu pai, a minha mãe... e o meu noivo.

05 abril 2015

Hoje em Tróia...

...esteve um tempo muito bom.
.
Gonçalinho dixit.

Setubalense - 1968 - Abril

.
01 Abril
A sessão de encerramento da Semana do Ultramar.
Promovida pela Sociedade de Geografia de Lisboa, com a prestimosa colaboração do Município Setubalense, realizou-se no sábado passado, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, a sessão de enceramento da Semana do Ultramar.
Presidiu o Sr. Ministro do Ultramar, Professor Doutor Joaquim Silva Cunha, ladeado pelos Srs. Professor Doutor Adriano Moreira, presidente da Sociedade de Geografia, Governador Civil, Eng. Francisco Pereira Beija, pelo Presidente da Câmara Municipal de Setúbal, Dr. Manuel José Constantino de Goes, pelo Presidente da Junta Distrital, Dr. Eduardo Albarran, pelo Conselheiro Trigo de Negreiros, Vice-Presidente da Sociedade de Geografia, e pelo Coronel António José Caria, Secretário Geral daquela Sociedade
.
01 Abril
Na Cidade
Abriu ao trânsito, com novo traçado, a rua Ocidental do Mercado.
.
03 Abril
Almoço de ex-finalistas do Liceu Nacional de Setúbal.
Os finalistas do ano de 1965/66 vem confraternizar no próximo dia 7 de Abril.
.
03 Abril
Falecimento
Humberto Américo Ferreira da Cunha
Na madrugada de ontem, no Hospital de S.Bernardo, faleceu o Sr. Humberto Américo Ferreira da Cunha, natural de Sesimbra, com 76 anos.
Era pai do Sr. Eng. Humberto Cunha, director do Porto de Setúbal.
.
06 Abril
Clube de Campismo de Setúbal
Novos Corpos Gerentes
.
Assembleia-Geral:
Presidente – Jorge Moreira Raposo
Secretário – José Fernando Rosa Mendes
Secretário – João Carlos Esteves Duarte
.
Direcção:
Presidente – Eng. Afonso Gago da Silva
Vice-Presidente – Fernando Sobral Rodrigues
Secretário – Virgílio Paulino Inácio
Secretário – Carlos Alberto Viegas Pinto
Tesoureiro – José de Oliveira Pinho
Vogal – João Augusto Seabra de Silva
Vogal – Joaquim António Rodrigues
Vogal – António Henrique Quaresma Rosa
-
Conselho Fiscal:
Presidente – Álvaro Guerreiro Semião
Relator – Luís Mendes dos Anjos
Vogal – Luís Pescaria Pinto
.
08 Abril
Curso de Iniciação à Fotografia
Decorreu na última semana, organizado pela Secção Cultural do Clube de Campismo de Setúbal, com a colaboração dos Srs. Manuel do Nascimento, Domingos Grão, Fernando Motrena, Albino Silva e Agostinho Ferreira.
.
17 Abril
PSP
Acaba de ser nomeado Comandante Distrital da PSP, o Sr. Capitão Eurico António Sacavém da Fonseca.
.
17 Abril
Condecoração
Condecorado com a medalha de prata dos Serviços Distintos com palma, o Ten. Cor. Jacinto António Frade Júnior (notícia com foto)
.
17 Abril
Município de Setúbal
Com aquela vulgaridade de ritmo vamos ter obras até ao Verão, na Av.22 de Dezembro.
.
20 Abril
Numismática
Numerosas moedas que se amontoavam numa gaveta da Biblioteca Municipal foram transferidas para o Museu Municipal, depois de terem sido seleccionadas e ordenadas pelo Sr.Vereador Pacheco Wengorovius.
.
20 Abril
Óbito
Faleceu na 5ªfeira (18 de Abril), o Sr. António Silva Galhoz, de 68 anos, natural de Évora. Era pai da Sr.ª D. Vanda da Silva Galhoz Arôcha e sogro do Sr. Ernesto Arôcha
.
20 Abril
José Cirilo Uva
Na sua residência da Av. Alexandre Herculano faleceu ontem o Sr. José Cirilo Uva. Timha 59 anos e era natural de S. Brás de Alportel.  (Era pai da Maria Luisa de Sousa Uva)
.
20 Abril
A Sr.ª D. Rogélia Wanda da Silva Ferreira, jovem setubalense muito considerada, mercê do fino trato e competência com que vem desempenhando as suas funções, tomou posse do lugar de 2ªoficial da Câmara Municipal de Setúbal.
.
22 Abril
Futebol de Imprensa
Se não tivessem aparecido os ”frangos” do João Lúcio, Setúbal podia ter chegado pelo menos à igualdade”
                                          Setúbal, 1 – “A Bola”, 7
Formação das equipas:
Setúbal – Armando Baptista (João Lúcio); Sousa Fidalgo, Dr. Claro, Carlos Monteiro e Machado Pinto; Dr. Martins e Padre Zacarias; Carinhas, António Santos, Marques e Jorge Santos.
“A Bola” – Vieira, Dr. Cadete, Vitor Fonseca e Carvalho; P. Silva, Homero Serpa; Nuno Ferrari, Mário Zambujal, Cruz dos Santos e Diniz.
.
24 Abril
Colóquio sobre poesia
O Sr. Dr. Rómulo de Carvalho, poeta António Gedeão, e professor metodólogo do Liceu de Pedro Nunes, “Prémio Bocage” no Concurso de Imprensa, realiza no sábado, no Liceu Nacional de Setúbal, Um colóquio sobre Poesia.

04 abril 2015

Escultores...

Bertel Thorvaldsen
escultor dinamarquês
1770-1844
Hebe - 1806

03 abril 2015

Escrito na pedra...

in. "Público"
29.Mar.2015
.
"Quem muito quer escolher fica com o pior"
.
Mathurin Regnier
1573-1613
poeta satírico francês

Um "grupo do Café Central"...

... num dos vários almoços realizados naquela época, em  Tróia ...
.
A entrar no restaurante da Torralta dia 2 de Abril de 1973,
identificamos jjmatos, Joaquim Oliveira, Dr. Manuel José Constantino de Goes, Presidente da Câmara Municipal de Setúbal  e o vereador municipal, Manuel Pacheco Calanane Wengorovius.
Faz Hoje 42 anos! ...

02 abril 2015

Paulo Ossião...

... é um autodidacta já com um longo percurso de carreira artística. A sua experiência e domínio da aguarela são inquestionáveis ​​bem como o seu amor pela cidade de Lisboa onde nasceu em 1952.
Conta no seu historial artístico com mais de 50 exposições individuais e inúmeras participações colectivas em Portugal e no Estrangeiro. Foram várias as menções honrosas que lhe foram entregues e muitos outros prémios, entre os quais o Prémio Carlos Botelho, atribuído Pela Câmara de Lisboa, em de 1990.
.
Paulo Ossião
.
Café Nicola - Praça D.Pedro I - Lisboa

01 abril 2015

Memórias antigas...

...  de 4 de Janeiro de 1945
em " Setubalense "
.
Guerra
 " A Formosa e Okinawa bombardeadas por 500 aviões "