23 abril 2015

São quadras, meu bem... são quadras!...

.
Esta mascarada enorme
com que o mundo nos aldraba,
dura enquanto o povo dorme,
quando ele acordar, acaba.

.
   de António Aleixo

Sem comentários: