30 novembro 2012

O nº 2...

...é o titulo do "artigo de opinião" que Vasco Pulido Valente
assinou hoje na sua habitual coluna do "Público".

Vasco Pulido Valente
.
Quarta-feira, numa entrevista à TVI, Pedro Passos Coelho disse que o ministro das Finanças era o nº2 do Governo, o que naturalmente equivale a dizer que Paulo Portas é o nº3
Pode ser que esta observação de Passos Coelho não passe de um lapso ou de uma inadvertência. Mas como ele não corrigiu logo com toda a clareza, custa a engolir que ele não acredite na declaração que fez (de resto com a maior espontaneidade) ou mesmo que , no fundo, ela não seja, como parece, uma declaração política para uso interno da maioria. De qualquer maneira, o primeiro-ministro não pode reduzir o presidente do CDS a uma personagem secundária, exaltando de caminho um técnico de contas escolhido e promovido por ele próprio. A JSD há muito tempo que já lá vai. A posição em que está hoje não lhe permite certos devaneios.
O Governo assenta numa coligação do PSD e do CDS. Foi no PSD e no CDS que os portugueses votaram. Não foi no prof. Vitor Gaspar que, evidentemente desconheciam. Paulo Portas representa um eleitorado. O prof. Vitor Gaspar, por admirável que o dr.Passos Coelho o ache, em rigor não representa ninguém; e nada impede que o ignorem ou despeçam, sem prejuízo formal para a continuidade e até para a estabilidade da situação vigente. Pelo contrário, a coligação depende dia a dia da vontade de Paulo Portas. Sem ele, não haveria maneira de evitar eleições. E é por isso que o cidadão comum presume (como agora se constata muito mal) que a política do Governo, principalmente a política financeira, resulta de um acordo entre o PSD e o CDS, em que o PSD pesa por força mais, mas que também reflecte  a influência do CDS. O que nenhum cidadão quer ou imagina é que o prof.Gaspar e um grupo anónimo de peritos determinem o seu destino, à revelia dos seus representantes.
As regras da democracia, embora frequentemente incómodas, têm de se aplicar em qualquer circunstância. Paulo Portas, como principal dirigente de um dos dois partidos da coligação , devia manifestamente ser vice primeiro-ministro, um cargo que não deixaria dúvidas sobre a sua importância e participação nas decisões fundamentais do Governo. A desenvoltura com que Passos Coelho e Vitor Gaspar o tratam e tratam o CDS levará, tarde ou cedo,  a um rompimento acrimonioso.
Na última aliança com o PSD (de Pedro Santana Lopes) Paulo Portas resolveu embarcar, em nome de uma falsa solidariedade, numa aventura sem sentido.
Esperemos que, desta vez,  não repita um erro tão óbvio.. Se o prof. Vitor Gaspar é de facto o nº2 da coligação, ele, ou Passos Coelho por ele, que arranjem os votos para a sustentar. Portas não tem de aceitar responsabilidades que não são suas.
.
VPV continua lúcido como sempre... 
Pode ter sido por culpa minha, mas não vi, no dia seguinte à dita entrevista, qualquer referência à "tirada" de Passos Coelho onde referiu Vitor Gaspar como a segunda figura do Governo... Devo dizer que fiquei chocado com tal afirmação quando a ouvi em directo!...

Um almoço...

...no Clube Setubalense
Em 05 de Novembro de 1979
.

José Maria da Silva Belo, António Manuel Alves, Hermínio Silva, Hugo Arôcha Quintans, jjmatos, Luís Filipe Fernandes, Eduardo Machado Pinto e Ricardo Mota.
São alguns dos presentes nos habituais almoços que se faziam com alguma regularidade (às quartas-feiras?) naquele "ponto de encontro diáriosituado na Avenida Luísa Todi

29 novembro 2012

As "garotas" de Wenzel...

Humor antigo
com o traço de
W e n z e l

- E estávamos nós a falar do "amor à primeira vista".Eles ainda nem tinham sido apresentados um ao outro!!!...

28 novembro 2012

Mais barato do que "pastilhas elásticas"...

... só nas Farmácias!!!
.
Protesto

Farmácia contesta preços de medicamentos mais baixos que pastilhas elásticas


Uma farmácia de Guimarães encontrou uma forma original de contestar a baixa de preços dos medicamentos, enviando cartas às autoridades portuguesas e europeias onde demonstra que há comprimidos mais baratos do que pastilhas elásticas



"A embalagem de pastilhas elásticas que tem na sua mão custou 68 cêntimos, o que se produz num preço de venda ao público de 6,8 cêntimos por pastilha. A embalagem do popular medicamento para o colesterol que também recebeu custa 2,54 euros, o que se traduz num preço de 4,2 cêntimos por comprimido", assim começa a carta redigida por Fernando Monteiro, dono da Farmácia Barbosa.

Descontente com a descida dos medicamentos, e consequente quebra nas margens e falta de sustentabilidade das farmácias, o farmacêutico quis demonstrar às autoridades nacionais e internacionais como "o medicamento para o colesterol custa menos 38% que uma pastilha elástica".
Na carta, à qual juntou uma embalagem de 60 comprimidos de 'Sinvastatina Alter 20 mg' e uma de 10 pastilhas elásticas 'Trident' de morango, Fernando Monteiro lembra que "ao contrário das pastilhas elásticas, os medicamentos exigem longos anos de desenvolvimento, ensaios clínicos, ensaios de efeitos secundários" para além de "recursos humanos com formação superior" e ainda "farmácias de serviço permanente".
A ideia de comparar comprimidos com pastilhas elásticas resultou de uma "simples ida ao supermercado", relatou à Lusa o também sócio gerente da farmácia que actualmente trabalha com "margens negativas" e considera não ser viável suportar os custos daquele estabelecimento com os actuais preços dos medicamentos.
Trabalhando "com uma margem sobre os preços", as farmácias não estão a conseguir fazer face a uma "descida tão grande de preços" -- o 'Sinvastatina Alter' custava 28 euros há dois anos -- e "vão fechar", adiantou mesmo o farmacêutico que até já pondera mudar de ofício.
Também os grossistas "estão com dificuldades em pagar à indústria", razão pela qual os medicamentos começam a escassear, havendo mesmo alguns que "são muito baratos e não compensa fabricar", frisou.
Na missiva, o farmacêutico chama também a atenção para um problema suplementar, o da ruptura de stocks. Anexa, para tal, cópias recentes de duas facturas de grandes empresas grossistas de medicamentos. “Dos 95 medicamentos que pedi, só me foram fornecidos 20% [os restantes aparecem nas facturas como “esgotados” ou “em falta”]. Fantástico! Se fosse V. Exa. ou alguém que lhe seja próximo que necessitasse de um destes medicamentos em ruptura de stock, como é que se sentiria ao não encontrar o medicamento na sua farmácia?.
Para o também director técnico, as farmácias deviam "ser remuneradas por ato farmacêutico", à semelhança do que acontece "na Suíça e na Finlândia", a fim de não ficarem dependentes do preço dos medicamentos.
A rematar a carta, datada de 23 de Novembro e que hoje chegou à redacção da Lusa, Fernando Monteiro deixa duas perguntas em forma de "desafio" a serem respondidas pelos destinatários por e-mail ou fax: "A política do medicamento em Portugal está distorcida e insustentável?..." e "A política do medicamento em Portugal está no caminho certo?...".
Até ao momento, o farmacêutico não recebeu qualquer resposta. 
.
Cfr. Lusa, Visão e Público
28 11 2012


National Gallery Washington...

Daniel na Cova dos Leões
Pieter Paul Rubens
1577 - 1640
Daniel na Cova dos Leões
.
Numa carta de 1618, Rubens oferecia a Sir Dudley Carleton, embaixador inglês na Haia, um certo número das suas pinturas, em troca de uma colecção de escultura antiga. No manuscrito este quadro está assim descrito: "Daniel entre os leões, retrato do vivo (talvez o guarda do jardim zoológico de Antuérpia)[...] original e inteiramente da minha mão." Pode avaliar-se toda a importância desta afirmação se se considerar que a maior parte das telas provenientes do estúdio de Rubens sofreu intervenções mais ou menos importantes dos seus alunos e, por este motivo, os estudiosos tentam reconhecer as partes executadas pelo mestre na obra acabada. Esta tela pertencente em precedência a uma colecção inglesa, passou a fazer parte dos quadros reais de Carlos I, em seguida à colecção do duque de Hamilton e do conde de Cowdrey. Depois da Segunda Guerra Mundial, os seus proprietários decidiram desfazer-se dela, julgando-a uma cópia da época.
.
Cfr.Hereward Lester Cooke
in. "Grandes Museus do Mundo
Ed.Verbo - Setembro/1973

27 novembro 2012

Fotografias de Castelo Branco...

Em 27 de Outubro de 2009

Edifícios da rua de Nossa Senhora da Piedade
No mesmo local onde em tempos (antes de 1945) existiu a "Carreirinha".
.
Se quiser saber o que era a Carrerinha, consulte o blogue: 
castelobrancocidade.blogspot.com/2007/03/carreirinha.html

... mas não ligue muito às datas ali mencionadas.

26 novembro 2012

Um poema de...

...Pedro Homem de Melo
denominado "A oração da malcasada"

 Pedro Homem de Melo
(retratado por Júlio Resende)

Escutai naquela cama
A oração da mal-casada!
.
Dir-se-ia a última chama
Que ainda não foi apagada…
.
Nem se move.
Nem respira.
Não vá a carne acordar!
.
Amor?
- Já não há mentira…
.
Noite?
- Já não há luar…
.
E mais negra de hora a hora
(Negra ou branca, branca e fria?)
É em silêncio que chora
A sua monotonia…
.
In.”Eu desci aos infernos” - 1972 

25 novembro 2012

Setubalense - 1965 - Setembro


08 de  Setembro
Casamento
Na Capela da Boa Hora (Grilos), realizou-se ontem o casamento, em ambiente de grande distinção, o casamento da Sr.ª D. Maria Amélia Batalha Lopes Pedrosa… com o Sr. José Manuel Dias Ferreira de Sousa, finalista de engenharia
.
13 de  Setembro
Editado pele Junta Distrital de Setúbal, acaba de ser publicada uma Antologia sobre Bocage, com um preço de 20.00, acessível a todas as bolsas.
.
15 de  Setembro
O Chefe do Estado preside às Comemorações
do II Centenário do Nascimento de Bocage.
Setúbal vive hoje uma hora alta do seu já longo historial, ao receber a honrosa visita do Chefe do estado, que aqui vem presidir às Comemorações do II Centenário do nascimento do grande poeta setubalense Manuel Maria Barbosa du Bocage
Também a nossa cidade se sente muito honrada com a presença dos Srs. Ministros da Educação Nacional, das Obras Públicas, Sub-Secretário de Estado da Presidência do Conselho, do Embaixador Brasileiro, da Comissão Nacional das Comemorações Bocageanas e de outras altas individualidades da vida política e literária da Nação.
.
15 de  Setembro
2ªpág c/Foto
Maria Helena Pereira Martins, natural de Setúbal, nascida em 1 de Dezembro de 1948, solteira, estudante, residente na Avenida 5 de Outubro.
Esta candidata é representante do Clube Naval Setubalense e apresentará um vestido confeccionado pela modista Sr.ª D. Henriqueta  Melo e será penteada pelo Salão “Benarte”.
.
15 de  Setembro
Depoimentos sobre Bocage”, de Olavo Bilac, Hernâni Cidade,  Lord W.Bechford, Cândido de Figueiredo, Guerreiro Murta e Fidelino Figueiredo
.
18 de  Setembro
Um exemplar dactilografado da Opereta “Bocage”, com que há anos foi inaugurado o Teatro Éden, foi oferecido à Câmara Municipal pelo poeta Frederico de Brito, acompanhado pelo escritor Sr. Dr. Luís de Oliveira Guimarães.
.
18 de  Setembro
Notícias pessoais
O Dr. Melo e Castro foi nomeado Conselheiro do Tribunal de Contas
.
18 de  Setembro
Comemorações Bocageanas
Tiveram grande nível e atingiram o maior brilhantismo, as Comemorações do II Centenário do Nascimento de Bocage.
.
20 de  Setembro
Ainda as Comemorações Bocageanas
A inauguração do busto de Olavo Bilac pôs em relevo a amizade Luso Brasileira.
Falam-vos hoje setenta milhões de brasileiros que são a continuação de Portugal, no outro lado do Atlântico”, disse o Dr. Elmano Cardim.
.
20 de  Setembro
O público não concordou com o júri na decisão final do concurso da “Rainha do Sado” e elegeu a “Jóia de Setúbal”.
O Júri era constituído pelas Sras. D. Etelvina Lopes de Almeida, D. Eunice Munoz e D.Maria Leonor.
Maria Helena Pereira Martins foi eleita Rainha do Sado. Após grande bronca e após a interferência do Dr. Manuel José Constantino de Goes, foi escolhida pelo público a jovem Maria Cecília Ribeiro Alface.
.
22 de  Setembro
D. Manuel Trindade Salgueiro
Faleceu anteontem em Ílhavo, D. Manuel Trindade Salgueiro cuja morte causou a maior consternação em todo o país.
.
25 de  Setembro
Urbanização do Casal das Figueiras
O Sr. Ministro das Obras Públicas concedeu à Câmara Municipal de Setúbal, através do Fundo do Desemprego, a participação de 160 contos para a Urbanização do Casal das Figueiras.
.
25 de  Setembro
Passa hoje o aniversário natalício da menina Ana Paula Marreilha dos Santos (Mimá)
.
27 de  Setembro
Medalha do 2ºCentenário
A medalha comemorativa do 2ºCentenário de Bocage, mandada cunhar pela Câmara Municipal de Setúbal, é distribuída pela Ourivesaria Arôcha, ao preço de 600$00 e 140$00, respectivamente em prata e em cobre.
.
27 de  Setembro
Major Ernesto do Rosário
Por ter terminado a sua comissão na Guiné, regressou à Metrópole o sr. Major Ernesto Carrilho do Rosário.
.
29 de  Setembro
O sr. Capitão Epifânio Patrício parte para o Ultramar na próxima semana.

24 novembro 2012

Uma "homenagem"...

...ao Padre António de Andrade.
Oleiros, em 01 de Março de 1996
.
Bom!... Desta vez, a homenagem não foi prestada ao primeiro europeu a visitar o Tibete... mas sim ao "Cabrito estonado de Oleiros"... Foi só de passagem que o padre jesuíta nos viu!

O António O'Neill, o Gilberto Sustelo, o Eng.António Trigo, o jjmatos e o Dr.Antero Torres.  
O Ricardo Mota não está presente pois foi o fotógrafo de serviço
Um grupo impossível de reunir de novo. 
Alguns já faltariam à chamada...
.
Pouco depois entrávamos no "Prontinho" onde a D.Maria Afonso nos recebeu com toda a sua simpatia... e nos serviu um manjar que não poderemos esquecer!... 

23 novembro 2012

Escrito na pedra...

"Infeliz o homem que não tem quem o admoeste quando precisa."
.
Juan Luís Vives
1492-1540
humanista espanhol

22 novembro 2012

As "garotas" de Bernard Augesert

Humor antigo
com o traço de 
Bernard Augesert


- As suas exposições são de tal forma claras que, se me dá licença, gostaria de as examinar mais de perto...

21 novembro 2012

Não foi esquecimento...

... foi destruição!!
"O MAR, A AGRICULTURA E A INDÚSTRIA"
.
Foi uma Amiga do Fb quem chamou a minha atenção ao escrever na sua página, o texto seguinte:
"Eu que quase nunca comento política aqui, não por estar alienada da realidade, mas porque prefiro fazer do Fb, um recanto de paz e divertimento, não posso deixar de partilhar o comentário da minha amiga  T.L. ... e acrescentar: Vá gozar com outros Senhor Presidente, não goze com quem sentiu na pele a política de bota abaixo e destruição do sector primário deste nosso país!!! Se tem estado calado, não fale para dizer bacoradas.... é revoltante ouvi-lo !!!! .............(Boa!...Guida C. Gostei desta...)

Parece estar senil... mas afinal sempre sabe sorrir!...

É certo que já não me devia acontecer, mas ainda consigo sentir alguma perplexidade com algumas intervenções de figuras públicas.
O Presidente da República afirmou hoje, ao que parece sem se rir, é um homem que talvez não saiba rir, que o país tem que "ultrapassar estigmas" e voltar a olhar para sectores que esqueceu nas últimas décadas, o mar, a agricultura e a indústria.  .
Não, nós não "esquecemos" o mar, a agricultura e a indústria. A nossa relação com estes sectores não foi de esquecimento foi de destruição. E foram destruídos, ou quase, sob a responsabilidade das políticas e modelos de desenvolvimento, de que Cavaco Silva foi um longo actor principal, entre outros, naturalmente. Estes sectores de actividade foram quase destruídos em nome de políticas que criteriosamente algumas décadas de centrão foram executando.
À boleia da destruição da agricultura, pesca e indústria, da betonização do país, de modelos de construção selvagem que destruíram cidades e litoral, de uma oferta turística massificada e frequentemente sem qualidade, hipotecámos o futuro.
É patético este exercício que muita gente que ocupou responsabilidades políticas relevantes e durante períodos de tempo significativos, procura fazer, colocando-se como espectadores distantes e críticos do que foram as decisões políticas de que foram altos responsáveis e, sobretudo, dos seus efeitos, por vezes devastadores.
O que é grave é que esta cegueira intelectual e a atitude infantil e ingénua traduzida "eu não estava lá", é frequente, não temos uma cultura de responsabilização das lideranças, quer nas atitudes e discursos individuais em que podemos assumir com humildade e seriedade o erro, a má decisão ou opção, quer em termos colectivos, em que a memória parece curta insistindo em modelos, ideias e pessoas que sendo parte do problema dificilmente podem ser parte da solução.
.
By Zé Morgado
In blogue “Atenta inquietude
2012 11 21

Parabéns!... 21 de Novembro

A Carla faz anos hoje...
Um beijinho e um aniversário feliz.

Carla Maria Castelo Branco Ramalho

20 novembro 2012

Ela não merecia tal castigo...

Corre na net um breve apontamento, redigido pelo jornalista do Diário de Notícias, Ferreira Fernandes, sobre a morte trágica de uma jovem ocorrida há três meses.
Vamos dar-lhe um minuto de atenção.
E honrar a sua memória...

Josefa, a abnegada bombeira


‎"Josefa, 21 anos, a viver com a mãe. Estudante de Engenharia Biomédica, trabalhadora de supermercado em part-time e bombeira voluntária. Acumulava trabalhos e não cargos - e essa pode ser uma primeira explicação para a não conhecermos. Afinal, uma jovem daquelas que frequentamos nas revistas de consultório, arranja forma de chamar os holofotes. Se é futebolista, pinta o cabelo de cores impossíveis; se é cantora, mostra o futebolista com quem namora; e se quer ser mesmo importante, é mandatária de juventude. 
Não entra é na cabeça de uma jovem dispersar-se em ninharias acumuladas: um curso no Porto, caixeirinha em Santa Maria da Feira e bombeira de Verão. 
Daí não a conhecermos, à Josefa. Chegava-lhe, talvez, que um colega mais experiente dissesse dela: "Ela era das poucas pessoas com que um gajo sabia que podia contar nas piores alturas." 
Enfim, 15 minutos de fama só se ocorresse um azar... Aconteceu: anteontem (10 de Agosto de 2010), Josefa morreu em Monte Mêda, Gondomar, cercada das chamas dos outros que foi apagar de graça. A morte de uma jovem é sempre uma coisa tão enorme para os seus que, evidentemente, nem trato aqui. Interessa-me, na Josefa, relevar o que ela nos disse: que há miúdos de 21 anos que são estudantes e trabalhadores e bombeiros, sem nós sabermos. 
Como é possível, nos dias comuns e não de tragédia, não ouvirmos falar das "Josefas que são o sal da nossa terra?"



Por FERREIRA FERNANDES, Diário de Notícias


NB - Os senhores jornalistas andam quase sempre distraídos...a falarem dos políticos ou dos "astros" a bola...

19 novembro 2012

Setubalense - 1965 - Agosto


2 de Agosto
Assumiu o comando do RI 11, o sr. Coronel tirocinado José Nogueira Valente Pires.
.
2 de Agosto
Terminou a sua formatura em Engenharia Electrotécnica, o sr. Eng.Carlos Manuel da Silva Clérigo.
.
7 de Agosto
Exames de Música na Academia Luisa Todi
Sob a presidência do Dr. Ivo Cruz, director do Conservatório Nacional, prestaram provas de Solfejo os alunos:
2ºAno –
Ana Luisa Palma de Sousa – 14 valores
Helena Maria Pincho Santana da Silva – 12 valores
Maria do Carmo Pereira de Campos – 15 valores
Maria Isabel Paninho Magalhães – 15 valores
Maria João Salgado Rebelo Neves – 17 valores
3ºAno –
Maria da Conceição Fernandes Rosado Pinto – 13 valores
Maria de Lurdes Duarte Correia – 13 valores
Maria Manuela Santana Carlos Wengorovius – 16 valores
Óscar Correia Botelho – 12 valores
.
7 de Agosto
Casamento
Na Capela dos Capuchos, na Caparica, tendo sido celebrante o Reverendo Padre Fernando da Silva Martins, realizou-se há dias o casamento da Sr.ª D. Maria da Conceição Ferreira de Sousa Fialho… com o Sr. Agente técnico de Engenharia, José Borralho de Oliveira.
.
9 de Agosto
Óbito
Morreu ontem, em Azeitão, com 72 anos, o Sr. Sebastião Leal da Gama Júnior, pai de Sebastião da Gama.
.
16 de Agosto
Notícias pessoais
Ido de França, e acompanhado de sua esposa e filhos, acaba de se fixar em Montreal, o nosso conterrâneo Sr. Acácio Correia.

.
21 de Agosto
Notícias pessoais
Após a sua formatura em Ciências Económicas e Financeiras, seguiu para o Brasil, ao serviço da Sociedade Continental Sackraet, do Recife, o nosso conterrâneo Sr. Dr. José António Tavares da Cruz.  
.
21 de Agosto
Casamento
Em Lisboa, na Igreja da Madre de Deus, consorciaram-se na passada semana, o arquitecto Sr. Renato Custódio Nogueira e a pintora D. Maria da Conceição Vitorino, tendo presidido à cerimónia religiosa o Reverendo Padre Fernando da Silva Martins.
.
21 de Agosto
Notícias pessoais
O conhecido empreiteiro Sr. Joaquim Jerónimo Ruas foi acometido em Itália, onde estava de visita com a esposa e a filha, por um ataque cardíaco. Não regressará a Setúbal, antes de um mês.

.
28 de Agosto
Incêndio
Mais de 800 homens em combate a um incêndio na Serra da Arrábida, com vários focos, na zona de El Cármen e do Conventinho.
.
30 de Agosto
Foram tornados público os nomes dos vencedores dos Jogos Florais e do Concurso de Poesia Ilustrada, organizados pela Academia Luisa Todi.
Em Poesia Lírica, o Dr. Gonçalves Martins obteve o 3ºlugar e são atribuídas menções honrosas a António Oeiras Montenegro, D. Maria Adelaide Rosado Pinto, Jasmim Pereira e Maria Helena Soares Reis Horta
No Concurso de Poesia Ilustrada, o 1º prémio foi atribuído à D. Marília Cecília Pereira Anjo Barros, professora da Escola Técnica.
.
30 de Agosto
O Capitão Adelino Castelo Valente deixou as funções de Comandante distrital da Polícia de Segurança Pública.
.
30 de Agosto
Óbito
Faleceu em Roma, o Sr. Joaquim Jerónimo Ruas.
.
30 de Agosto
Comércio e Indústria FC
Foram eleitos os novos Corpos Gerentes.
Assembleia-Geral
Presidente: Rafael Emídio Croner Torres
Vice-Presidente: Raul Gamito Gomes
Secretário: Domingos Roque
Secretário: José Guerreiro da Costa
Direcção
Presidente: Lourenço da Conceição
Vice-Presidente: João dos Santos
Secretário: Manuel de Jesus Caparica
Secretário: Mário Alberto
Conselho Fiscal
Presidente: José Eduardo Martins
Relator: Artur da Rocha Santana
Vogal: Ângelo Marreiros Raimundo

18 novembro 2012

O Malé faleceu...

Só agora tive conhecimento da morte do Malé
Estive com ele, pela ultima vez, em 8 de Agosto de 2008, no Centenário da nossa primeira professora no Jardim Escola João de Deus, D.Maria Amália Fevereiro

 Manuel Caldeira de Ordaz da Cunha Pinto Cardoso
RIP

Maio de 1945 - Um grupo de explicandos da D.Maria Celeste Dias
O Malé Pinto Cardoso é o mais alto, e está ladeado pelo Domingos Barata e pelo futuro Embaixador de Portugal no Cairo, Constantino Ribeiro Vaz 
Em primeiro plano, o Carlos Guereiro Góis, o Jorge Calrão, o jjmatos e o Olímpio Matos

17 novembro 2012

Parabéns!... 17 Novembro

A Maria Regina faz anos hoje...
Um dia feliz... com alegria e muitas prendas
Fica aqui um abraço amigo.

Maria Regina Bidarra Gomes Santos Silva

16 novembro 2012

Ana Moura...

... no Clube Setubalense.
Era a melhor modelo em cima duma "passerelle", nos "idos de oitenta"...
... mas a Ana Moura "desapareceu" de um momento para o outro! 
Nunca mais se deu a ver... Dizia-se na altura que tinha emigrado para a França.
E, se isso é verdade, ela foi uma precursora, pois "deu o salto" com 30 anos de antecedência...
.
Ana Moura e um dos belos vestidos que nos mostrou 
em 9 de Maio de 1981, no Salão Nobre do Clube Setubalense

Era ímpar o seu charme, em cima de uma passadeira. 
Era ímpar a leveza com que se deslocava.
E ímpar era o profissionalismo com que apresentava os seus vestidos...

15 novembro 2012

Expo Fotografia

A notícia veio a público no dia 11 de Maio de 1969
e falava de uma Exposição que, na época, constituiu um êxito.
O Núcleo de Fotografia do Liceu estava de parabéns...

Esta foi a notícia que surgiu no "Setubalense".

Uma bela fotografia do Senhor Fernando Motrena,
um fotógrafo de excepção natural de Setúbal
com muitos prémios no seu "activo"...
.
Uns dias mais tarde o "Setubalense" insistia... dando realce ao fundo musical
que os organizadores escolheram para amenizar a visita dos amadores de fotografia
que por ali desfilaram...

14 novembro 2012

Escrito no vento...

"Os fracos dirão sempre que o nosso é o caminho errado. Não só porque é o nosso... mas porque também é muito mais difícil que o deles."
.
António Porchia
poeta argentino

13 novembro 2012

O "Público" já foi...

...um jornal de referência!!!...
.
Na edição de hoje, ilustrando um artigo sobre a prisão do antigo presidente do Benfica, Vale e Azevedo, o "Publico" publicou uma foto, com o preso a entrar numa viatura da PJ e sob a qual escreveu esta "sublime" legendo:
"Não é a primeira vez que o antigo assessor jurídico de Pinto Balsemão é detido pelas autoridades."
(como se o "rapaz" não ficasse bem identificado como ex-Presidente do "Glorioso"...É que nem no texto se faz qualquer referência a Pinto Balsemão...)
Mas como Pinto Balsemão representa a "concorrência"... vá de achincalhar-lhe o nome..
OH! D.Bárbara..
Acha isto correcto??!!...Ou virá explicar agora que foi alheia a este insulto aos leitores do "seu" jornal?!...(temo que a Senhora não tenha percebido): A Senhora não insultou o Dr.Pinto Balsemão!!... Insultou-nos a todos nos, leitores do Público. 
Na verdade, o Público está a atravessar uma fase de "Nojo"... Não de pesar ou de luto, mas de nojento...

Parabéns!... 13 de Novembro

O Luís Marçal Grilo faz anos hoje.
Um monte de parabéns... e um dia de muitas prendas!
Arq. Luís Joaquim Carrega Marçal Grilo

12 novembro 2012

As "garotas" de Ward...

Humor antigo
com o traço de
W a r d

- Ó senhor Silva, olhe o passarinho!...

11 novembro 2012

Isabel Jonet...


9 de Novembro de 2012
in. blogue "O arrumadinho"

Isabel Jonet

"Há dois dias que as redes sociais estão inundadas de piadas sobre Isabel Jonet. Há um manto de indignação que se espalhou por todo o lado onde vou. Já circula uma petição a exigir a demissão da presidente do Banco Alimentar Contra a Fome, que agora virou alvo de chacota nacional. Parece que de repente esta senhora é uma bandida trafulha que nos quer fazer mal a todos.
Confesso que só tinha apanhado por alto as tais "declarações explosivas" anunciadas por todo o lado. Então, lá perdi seis minutos e 22 segundos para ouvir tudo o que Isabel Jonet tinha a dizer. E, bom, confesso que não entendo esta indignação geral.


Isabel Jonet

Há muitos anos que a Isabel Jonet é 
uma mulher que me merece todo o respeito, pelo trabalho exemplar que tem feito à frente do Banco Alimentar Contra a Fome. São 20 anos de voluntariado, de trabalho em prol dos outros, 20 anos a travar uma luta contra a miséria humana, a ajudar quem não tem o que comer. Logo por isso pensaria muito bem antes de atirar pedras a uma pessoa que faz isto.
Mas vamos então às declarações de Isabel Jonet. O que ela diz, basicamente, é que durante muitos anos andámos a viver todos acima das nossas possibilidades e que vamos ter de aprender a viver com menos, e ensinar os nossos filhos que é preciso viver com menos. E é isto. Onde é que está a polémica? Onde é que está a novidade? Quantas pessoas é que já disseram isto?
Onde Isabel Jonet falha é nas imagens que cria, em alguns exemplos que dá. Até a questão de lavar os dentes com o copo ou com a água a correr me parece um exagero estúpido de quem a critica. Sim, os meus avós também foram educados a lavar os dentes com um copo. E eu não. Às vezes uso um copo, sim - e a minha mulher até goza comigo e diz que é coisa de miúdos - mas às vezes deixo a água correr um pouco. E digo sempre ao meu filho para usar o copo - ele próprio o faz porque na escola lhe dizem que é assim que deve ser.
Depois, toda a gente goza e se indigna com a comparação "ir a um concerto" ou "tirar uma radiografia". Uma vez mais, acho que as pessoas só querem indignar-se, só querem criticar por criticar. Basta ver as declarações com atenção para perceber que o que ela está a querer explicar é que há muitos jovens que "forçam" os pais (e acho que todos sabemos o que é a idade parva da adolescência) para que nos possibilitem determinadas coisas. Queremos ir aqui, fazer isto ou aquilo, que nos comprem esta ou aquela roupa de marca, e não queremos saber como estão as contas em casa. Muitas vezes os pais cedem, por amor aos filhos, para ver a felicidade dos filhos, ainda que para isso tenham de deixar de comer um bife à noite e tenham de comer Nestum. Eu faria isso pelo meu filho. A questão das radiografias, sim, parece-me um exemplo mal aplicado, porque acho que ninguém deixa de proporcionar cuidados básicos de saúde a um filho para lhe proporcionar momentos de prazer como ir a um concerto. Mas pronto, é isso, um mau exemplo. Agora toda esta indignação!? A demissão de Isabel Jonet? Virar chacota nacional?
A memória das pessoas é, de facto, muito curta. Se aplicassem na sua própria vida essa tolerância zero ao erro que têm para com os outros tenho a certeza de que a nossa sociedade seria muito melhor. E, já agora, se todos os que a julgam e parodiam se dedicassem, por uma semana, a fazer o que ela faz há 20 anos, também teríamos um país um pouco melhor e mais justo."
.
Há na verdade uns "tochas" armados em críticos que nem se dão conta do "ridículo idiota".que lhes preenche o vazio em que se tornou o seu cérebro no qual devia ter existido um mínimo de capacidade de raciocínio... É preciso dizer mal de tudo e de todos!... É preciso denegrir quem se distingue da mediania!... E eles fazem-no sem escrúpulos, com todo o ar do "intelectual diplomado" bolsando sentenças e convencidos que estão fazendo justiça...