31 julho 2014

Escrito no vento...

.
"Daria tudo o que sei pela metade do que ignoro."
.
Descartes

30 julho 2014

Grandes "malvados"!!...

... o rapaz ainda não fez um ano e já o levaram ao Liceu.
O Liceu onde andou a Mãe Madalena... o Liceu onde andou a Avó Gi... o Liceu onde andou a Bisavó Lurdes... e onde esteve agora  a "convite" do Bisavô.
Grandes "malvados" a levarem já o rapaz por "maus" caminhos...
.
A Madalena e o Gonçalinho no Liceu de Setúbal
(actual Escola Secundária de Bocage)
.
E que bem ele se portou no meio de todas aquelas "velhotas" e "velhotes" que lhe queriam dar umas beijocas e fazer umas festas e uns mimos... 
.
O meu bisneto é mesmo lindo... não é?!...

29 julho 2014

Não custa nada...

... andar com Natália Correia...

Natália Correia
vista por Artur Bual

Andar?! Não me custa nada!
.
Andar?! Não me custa nada!
Mas estes passos que dou
Vão alongando uma estrada
Que nem sequer começou
.
Andar na noite? Que importa?...
Não tenho medo da noite
Nem medo de me cansar;
Mas na estrada em que vou,
Passo sempre a mesma porta…
E começo a acreditar
No mau feitiço da estrada:
Que se ela não começou
Também não foi acabada!
.
Só sei que, neste destino,
Vou atrás do que não sei…
E já me sinto cansada
Dos passos que nunca dei
.
In “Rio de Nuvens” - 1947

28 julho 2014

Corre na net...

Amanhãs que cantam: afinal o Partido Comunista também pediu dinheiro emprestado ao Banco Espírito Santo. Se calhar pensava que BES era B(anco) de ES(querda). Sim, que nisto do dinheirinho anda tudo ao mesmo e não tem cor (política). Aposto que vai haver um crowdfunding na Festa do Avante para ajudar o camarada Salgado.
.
Eh...eh...eh...
O Fernando Delgado não tem emenda...

Escrito no vento...

"Quando já completámos 80 anos, ou estamos próximos, todo o contemporâneo é um amigo."
.
Igor Stravinsky

27 julho 2014

No "blogue" de Helena Matos...

... um "apontamento" a ter em conta...
Tem o título "Se isto fosse um blogue"
.
"Se isto fosse um blogue, eu fazia um post todos os dias. Ou quando calhasse. Mas isto não é um blogue. Pois não. Mas posso fazer de conta que é. Se fosse, esta semana tinha sido assim."
.
Helena Matos
27 de Julho de 2014
às 8h30m
.
Terça-feira, 22 de Julho de 2014
Professores invadem escola no Porto durante a prova
.
Esta imagem vale mil palavras. Foi a isto que Mário Nogueira conduziu a Fenprof: professores contra professores ou, mais propriamente dito, pessoas que se apresentam como professores tentando impedir por todos os meios que outros que querem ser professores não façam a prova de acesso à profissão. Se houvesse provas para se ser sindicalista, e entendendo por sindicalista alguém que tem como objectivo defender os interesses dos trabalhadores, Mário Nogueira tinha chumbado rotundamente.
.
Pois, pois... mas apesar de ele não passar de um títere... de um bonifrate... ao "serviço do Partido", ainda há quem lhe ofereça o seu voto e o dinheiro da cota respectiva... com que "compra a sua imagem" na comunicação social!...
.

Humor antigo...

...in "Mundo ri", nº 138
de Abril de 1965
.
- Vê lá se acordas a mamã suavemente!...


26 julho 2014

Eles são rascas...

"Há candidatos a professor que são rascas"
é o título do artigo de fundo do jornal "i",
hoje, sábado, 26 07 2014.
.
Eduardo Oliveira e Silva
Director do jornal "i"
.
Os excessos na contestação desprestigiam quem tem razão
                         e dão força a um ministro lamentável.
Nota prévia: este editorial é dedicado aos professores que contribuíram e contribuem, ao longo das suas carreiras, para formar crianças, adolescentes e jovens, transmitindo-lhes conhecimentos, noções de civismo e valores. Para eles vai a gratidão das gerações que ajudaram a formar, mantendo sempre uma postura de dignidade apesar das dificuldades e de, geralmente, serem mal pagos e desconsiderados pelos governos.
Os episódios de arruaça que marcaram as recentes provas a que certos professores tinham de se submeter constituíram-se como mais uma série de lamentáveis manifestações de falta de civismo por parte dos que as protagonizaram.
Ver e ouvir um grupo de pessoas que ambicionam vir a ser professores de carreira (a prova é precisamente para essa selecção) gritar todo o tipo de insultos, forçar entradas, deitar-se no chão e deixar-se arrastar para libertar a passagem a quem quis fazer provas, insultar colegas, polícias, directores, usando apitos, trombetas, cartazes com impropérios, remete-nos para o comportamento degradante do que Vicente Jorge Silva classificou de geração rasca quando os alunos se manifestaram contra as provas globais, mostrando o rabo frente à Assembleia da República, nos idos anos 90.
Dir-se-ia que alguns até podem ser os mesmos, com a diferença de estarem mais velhos, mais desgrenhados e mais radicais, além de manifestarem a mesma dificuldade em verbalizar racionalmente os seus motivos de contestação.
Posturas como as que se voltaram a ver pela segunda vez em poucos meses têm necessariamente de envergonhar aqueles professores que têm a noção ética de que, em qualquer circunstância, devem sempre guardar algum recato próprio das profissões de referência, como os polícias ou os juízes, por exemplo.
A gritaria e os exercícios de contestação, acompanhados de uma postura por parte de Mário Nogueira que faz lembrar Quim Barreiros em versão um pouco mais soft, desprestigiam não só os manifestantes, mas a classe em geral, grande parte da qual certamente não se revê em atitudes como as dos últimos dias ou a assumida no 10 de Junho.
Entenda-se bem: não está em causa a contestação à prova, embora ela seja formalmente legítima e apoiada pelos partidos do arco da governação. Poderá haver uma multitude de argumentos válidos para isso, começando por algumas das perguntas do exame, que são uma verdadeira imbecilidade.
É também verdade que é inaceitável e mesmo cobarde o comportamento de um ministro que manda marcar, sem assinar, a convocatória de uma prova com três dias úteis de antecedência, envolvendo gente que pode estar de férias ou a tratar do fundo de desemprego. Práticas dessas são condenáveis, merecem contestação e até justificariam a sua demissão, se houvesse seriedade de processos. Há, portanto, motivos de sobra para justificar um boicote, uma greve e todas as formas de luta civilizadas que se entenda, mas não se devem defender e legitimar comportamentos por parte de candidatos à profissão de professor que plasmam o pior que os alunos das escolas mais problemáticas protagonizam. Quem assim procede só pode perder prestígio e autoridade moral.
.
Quem não concorda com isto?!!...


Um silêncio musicado...

... num poema de Odete Gomes
.
Maria Odete Gomes
.

Infinito pessoal

Avistar, ao pôr-do-sol, na encosta da montanha, o esbelto recorte da figura do pastor
Contemplar planta silvestre com corola multicor...
Calcorrear, passo a passo, estes vales e estes montes
Beber cristalina água, na lágrima pura das fontes
Escutar leve gemido a chegar-nos do riacho
Que se apressa, sorrateiro, entre as fráguas, lá em baixo
Falar com as cabras que saltam do penedo p´ro silvado
Entrar em suave torpor num silêncio musicado
Habitar este ar da urze, da giesta e do pinheiro
A embriagar-nos os sentidos num sono de caminheiro...
E sonhar e sonhar bem, sem perdermos o juízo
Ao pensarmos que chegámos algures ao paraíso...
.
Maria Odete L C. Gomes
em 25 Julho 2014

25 julho 2014

Faz hoje anos...

Foi num dia de Santiago que a Nelinha e o Patas casaram!..
Foi em 1981... faz hoje 33 anos.
.
A Filipa, o  Patas e a Nelinha... trinta e três anos depois.
.
Em 25 de Julho de 1981, uma noiva linda na Capela do Senhor do Bonfim

A Nelinha
.
Na companhia dos pais,

O Luciano e a Maria da Graça
.
dos padrinhos...

Os noivos com os padrinhos da Nelinha
.
e da prima Gi

O noivo Patas, a Gi e a noiva Nelinha
.
O tempo não pára... e parece ter sido há um mês...
Parabéns aos noivos! Olha por eles Filipa!...

Jacek Krenz...

... e os trabalhos dos seus discípulos.
.
 
  .
Trabalho de VIC, em 19 Março 2011
Foto obtida em 17 Março 2007

24 julho 2014

Escrito na pedra...

No "Público"
em 06 01 2014
.
”Todas as decepções são secundárias. O único mal irreparável é o desaparecimento físico de alguém a quem amamos”.
.
Romain Roland
1866-1944
Novelista e compositor francês

23 julho 2014

Actas da Câmara Municipal de Setúbal...

.
Sessão de 22 de Abril de 1970
…realizou-se a reunião ordinária semanal, sob a presidência do Excelentíssimo Senhor Doutor Manuel José Constantino de Goes, estando presentes, além do Senhor Vice-Presidente, Doutor João José Mendes de Matos, os seguintes vereadores Senhores Doutor José Caldeira Areias, Manuel Pacheco Calanane Wengorovius, Afonso Henriques Rocha, José Maria da Silva Belo.
Não compareceram os vereadores Senhores Carlos José Pinto e Fernando Batalha Pedrosa, cujas faltas foram julgadas justificadas.
Assistiu à reunião o Chefe da Secretaria António Maria de Rhodes Sérgio Callapez.
.
Átrio da Câmara Municipal de Setúbal
.
Concessão de subsídios
Foram presentes os ofícios da Academia de Música e Belas Artes Luisa Todi solicitando a concessão de subsídios destinados à realização de dois Concertos musicais, um deles pelo pianista russo Fachad Badelbeily e outro a comemorar o Bicentenário de Beethoven e de um concurso de Poesia e Música Infantil.
A Câmara deliberou, por unanimidade, atribuir para aqueles fins um subsídio de nove mil escudos.
.
Aquisição de aguarela
Por proposta do Senhor Presidente, aprovada por unanimidade, foi deliberado adquirir ao pintor Estêvão Soares, pelos preços que se indicam, duas aguarelas, a seguir indicadas, que fazem parte da exposição deste pintor que se encontra aberta no Museu de Setúbal.
Cruzeiro do Convento de Jesus, por mil escudos.
Trecho da Avenida Luisa Todi, por quinhentos escudos.

22 julho 2014

Fotografias de Castelo Branco...

O Largo de Nossa Senhora da Piedade...
.
...com a Capela em destaque, à direita.
Numa das casas ali à esquerda, viveu o Sr.Tenente-Coronel Elias Garcia, um numismata de renome mundial possuidor de uma valiosa colecção de moedas celtas  (ou visigóticas?).
Que será feito desse espólio de moedas que, com tanto carinho guardava, em estantes próprias, naquelas águas-furtadas mais baixas que ainda ali podemos ver?

21 julho 2014

Minha alma abriu-se...

... um poema de Sebatião da Gama
.
Sebastião da Gama
.
Minha alma abriu-se...
Que linda janela
que é a minha alma!
Não!, linda não é ela:
lindas são as vistas
que se avistam dela.
.
Que ouvidos tão finos
que tem a minha alma!
Não!, finos não:
finos são os cantos
que os pássaros cantam,
meus ouvidos ouvem.
.
Como são tão belas
as coisas lá por fora!
Minha alma em tudo,
em tudo se demora.
.
Que ouvidos tão finos!
Que linda janela!
Quem me compra a alma?
Quanto dá por ela?
.
Sebastião da Gama
in."Cabo da Boa Esperança"
Edições Ática - Outubro/59

20 julho 2014

Escrito no vento...

.
"Nunca prometas aquilo que não queres dar."
.
Anónimo
século 20

19 julho 2014

Uma "Má ideia"...

... é o título do artigo de Opinião que
Vasco Pulido Valente
nos deixa hoje na sua coluna de Sábado
do jornal "Público"
.
Vasco Pulido Valente
.
Num comício em que estavam, ao que parece, 600 membros da "inteligência" indígena, António Costa pometeu um ministério da Cultura, para quando fosse primeiro-ministro. O conúbio torpe entre a esquerda e o pequeno grupo de pessoa que nos pretendem aprimorar a alma é velho mas dura. A esquerda procura nele  a autoridade supostamente superior do "intelecto" e o "intelecto", quase sempre analfabeto em matéria política, procura algum dinheiro do Estado para ir vivendo.
Esta concorrência de interesses talvez traga a Costa uma certa boa vontade na televisão e nos jornais. Infelizmente assenta em dois postulados falsos. Primeiro, o de que o apoio do "cinema", do "teatro" e de uma ou outra espécie de "organizadores de eventos" ainda vale meia dúzia de votos de um público céptico e hostil. Segundo, o de que um ministério da Cultura serviria um propósito útil num governo português.
O ministário da Cultura trata no essencial de duas questões: do património cultural e de actividades que passam por "culturais". Se houvesse alguma lógica nestas coisas, as duas partes seriam  claramente separadas, para que se pudessem definir as funções de cada uma e, o que também interessa, para uma melhor limpeza de contas. A defesa do património, que vai da Biblioteca Nacional de Lisboa ao mais vago arquivo de uma câmara do interior, da promoção de um dicionário de Português decente e uma edição crítica dos clássicos da língua e que deve, por exemplo, incluir o salvamento do património construído e dos centros históricos das cidades, precisa de um razoável corpo técnico e de relações permanentes com a Secretaria do Turismo e com os municípios.
Quanto ao resto, as várias formas de "actividades culturais" põem à partida um problema de princípio. O ministro da Cultura é um funcionário político e, por isso mesmo, incompetente para tomar decisões de natureza estética. Mas quando decide nomear um júri para escolher os filmes que o Estado irá financiar,  ou protege um evento, que acha particularmente  interessante, acaba precisamente no papel "iluminado" de um "mecenas", pago pelo contribuinte. Ninguém se incomoda com esta aberração e as clientelas uivam à porta do ministério, quando não se tentam mutuamente liquidar. A solução para esta vergonha está em eleger de entre a "inteligência" activa um conselho geral, que distribua a espórtula das Finança na praça pública e permita que os próprios discutam os critérios que ele usou. Ressuscitar o Ministério da Cultura, como António Costa quer, seria ressuscitar o favoritismo e a arbitrariedade em que essa instituição sempre viveu".

Jacek Krenz...

... é um arquitecto polaco, nascido em Poznan, na Polónia, em 1948. 
É professor da Universidade de Tecnologia de Gdansk, da Academia de Poznan de Fine Art e na Universidade da Beira Interior. É membro fundador da Aquarela Polonêsa.
.
Jacek Krenz
  
Decorreu em Castelo Branco, há bem pouco tempo, um acto cultural sob a sua orientação que juntou imensos "artistas de rua", a cujos trabalhos tive acesso recentemente.

Urban Sketchers em Castelo Branco
.
Os componentes do grupo que durante dois dias
executaram "esboços" dos mais variados espaços
da nossa cidade de Castelo Branco.
.
Aqui deixo um "sketch", da autoria de Jacek Krenz, com a Rua das Olarias em destaque...
Uma destas casas aqui à nossa esquerda era a casa do Aquiles, aluno do nosso Liceu de Castelo Branco, um pouco mais velho do que nós... E enquanto houver rapaziada daquela geração de 40, ela há-de ser sempre a casa do Aquiles... por mais modificada que esteja agora.
.
 
A rua das Olarias
Jacek Krenz - 2013

18 julho 2014

Depois do que ela fez...

a uma classe inteira, quem não sorri com esta notícia?!!...
.
in "Público"
18.07.2014
Maria de Lurdes Rodrigues
ex-ministra da Educação
.
MP exige pena de prisão
para ex-ministra da Educação.

Procurador admite suspensão da pena se a antiga governante indemnizar o Estado. Maria de Lurdes Rodrigues está acusada de ter gasto 265 mil euros para contratar o irmão de um dirigente socialista.
.
O Ministério Público exigiu esta quinta-feira pena de prisão para a ex-ministra da Educação, Maria de Lurdes Rodrigues no processo em que está acusada de ter gasto 265 mil euros para contratar o irmão do dirigente socialista Paulo Pedroso, avança a SIC. João Pedroso foi contratado para fazer uma compilação da legislação portuguesa sobre o ensino. O procurador admitiu que a pena poderá ser suspensa se a ministra indemnizar o Estado. A Maria  de Lurdes Rodrigues é imputado o crime de prevaricação de titular de cargo público, cuja moldura penal oscila entre os dois e os oito anos de cadeia - tal como sucede com os restantes arguidos neste processo, incluindo João Pedroso.
Os factos remontam ao período entre 2005 e 2008, altura em que a então governante socialista resolveu contratar, por ajuste directo, os serviços do advogado João Pedroso, que por sua vez chamou também para o ajudar na tarefa um estagiário do seu escritório e um filólogo que havia trabalhado no Ministério da Educação. O despacho de pronúncia dos arguidos diz que não existe nenhum registo de que Maria de Lurdes Rodrigues tenha tentado apurar se a tarefa que entregou ao grupo de trabalho podia ter sido desempenhado por pessoal do Ministério da Educação. A acusação menciona ainda a "total ausência de fiscalização", por parte da tutela, do cumprimento dos serviços adjudicados, realçando a afinidade político-partidária entre os arguidos, todos da esfera política do PS.
.
NB - Uma mulher "isenta", com um código de ética "escrupuloso", com o qual espezinhou toda uma classe dos professores. Mais uma medalha para colocar no seu "magnífico" curriculum...
.
Estas notícias fazem-nos bem à alma...

Setubalense - 1967 - Agosto

.
02 Agosto
Foi criada no Barreiro uma Secção do Liceu de Setúbal, num despacho do ministro da Educação Nacional, Prof. Dr. Galvão Teles.
.
02 Agosto
Novos Preços do Bacalhau
Crescido. . . . . . 26$00
Corrente . . . . .  22$00
Miúdo. . . . . . . . 17$50
.
02 Agosto
Dr. Valter Pádua Marcelino
Embarca amanhã para Moçambique e despede-se assim dos colegas, doentes e amigos.
.
02 Agosto
O Dr. João Falcato colabora hoje no Setubalense com o artigo de fundo “Emigrantes portugueses”.
.
05 Agosto
Carlos Manafaia é campeão nacional de Caça Submarina, pelo Vasco da Gama Atlético Clube.
.
07 Agosto
Funeral
No sábado, realizou-se em Lisboa o funeral do Sr. Eng. António João Rodeia Grosso, de 30 anos, natural de Alcácer do Sal, que desempenhava funções na firma Parry e Son. Era uma figura muito estimada na nossa cidade, onde viveu com seus pais, durante largos anos, tendo frequentado o Liceu Nacional de Setúbal.
.
09 Agosto
O Capitão-de-mar-e-guerra Sr. José Aguiar Bastos tomou posse como Presidente da Delegação da Cruz Vermelha de Setúbal.
.
12 Agosto
Hoje à tarde
Brutal choque de comboios na estação de Setúbal.
.
12 Agosto
Abriu hoje a Agência do Banco Lisboa e Açores, na rua Cap.Ten.Carvalho Araújo, cujo gerente é o antigo funcionário de Banco, Sr. Gaspar Bastos Coelho
.
14 Agosto
Herói do Ultramar
Um setubalense distinguido com o Prémio “Governador da Guiné”, por actos de bravura.
Vindo da Guiné, encontra-se entre nós o 2ºTen. da Reserva Naval, Sr. Francisco Coelho Mendes Fernandes que foi distinguido com o honroso Prémio “Governador da Guiné”, por actos de heroísmo praticados na luta contra os inimigos da Pátria.
O bravo militar que nasceu na nossa cidade em 26 de Novembro de 1943, é filho da D. Gertrudes Fernandes e do Sr. Abílio Mendes Fernandes e alistou-se na Armada em 15 de Agosto de 1964.
.
23 Agosto
A falta de luz e de policiamento tornam o parque do Bonfim num recinto de atitudes condenáveis.
.
28 Agosto
A falta de telefones está a prejudicar a vida comercial da cidade.
(referida uma Agência Bancária, entre outros estabelecimento, à espera de telefone.)

17 julho 2014

A Helena Xavier está na mesma...

... o tempo passou-lhe ao lado!...
Foi minha aluna em 1983, num 10º ano que não posso esquecer... e agora, há poucos dias, "caiu-me" ao lado no restaurante do Horácio. Foi um encontro bonito com uma aluna que eu não via há muitos anos...
.
A Helena Maria Xavier Santos
no Liceu de Setúbal em 1983
.
Estudou ao mesmo tempo que tomava conta de um irmão mais novo por quem foi responsável, durante a ausência dos familiares mais chegados imigrados na Suiça.
E era na Suiça que eu a localizava agora... Puro engano meu. Fiquei agora a saber que a Helena Xavier reside na Alemanha, perto de Frankfurt (?) há muitos anos, após se ter tornado a Senhora Helena Santos-Kessler. Tem duas filhas.
Fraulein Helena Santos-Kessler
na Fonte Nova, em 19 de Julho de 2014
.
Houve umas fotografias que a Helena Kessler rubricou... com a promessa de me as enviar mal regressasse à Alemanha. Chegaram há dias e aqui deixo... metade de uma!
A "vedeta" deste post é apenas a Helena Xavier...

16 julho 2014

São quadras, meu bem... são quadras!...

.
Há um mar de mil milhões
das mais variadas flores
debroadas de emoções
nos abraços dos amores.
.
João Calceteiro