31 julho 2013

Fotografias de Castelo Branco...

Atendendo à data desta foto -1944 ? -, o seu autor deve ter sido o fotógrafo Ceia, pois o José Pedro Barata só em Outubro deste ano veio viver para Castelo Branco. 
No entanto, levantam-se algumas dúvidas quanto à data desta foto já que a inauguração do Hotel se fez  no dia 30 de Maio de 1945... O aspecto que o hotel mostra nesta foto não aparenta já qualquer indício de obras.
.
A baixa de Castelo Branco com o Passeio, o Hotel de Turismo, 
a Câmara Municipal e o antigo Mercado.

30 julho 2013

No 5º Ano do Liceu...

...em Castelo Branco, no lago do Jardim dos Loureiros.
.
Foi no dia 3 de Março de 1951. Era sábado.
Naquela época ainda havia aulas aos sábados...
.
Na 1ª fila, o Tó Zé Pires Antunes, a Maria Rosa Ribeiro Ramos (a "Rosita do Pombalinho"), a Maria Emília Lopes Esteves (a "inconquistável") e a Susana Vaz Oliveira (a "Susana da Lousa").
Na outra fila, o Carlos Vieira dos Santos, o Raúl Antunes Capelo, o Augusto Gomes, o João Romão Esteves, o Joaquim Morgado Fernandes Carmona, a Maria Irene Silva Lopes, a Georgina Lourenço, a Maria Isabel Nunes de Sousa (a Belinha), a Maria Regina Bidarra Gomes, o Virgílio Lopes Vaz, o jjmatos, a Maria Joaquina Afonso Goulão, a Maria José Fazenda Coelho, e a Irene de Oliveira Rodrigues.
.
Alguns "já não andam por cá..." 
Outros, já não os vejo há muito tempo...
Passaram entretanto mais de sessenta anos... mas é sempre bom recordar estes Amigos de sempre, o que fazemos com uma enorme saudade dos tempos em que convivíamos diariamente naquele Liceu que tanto "nos ajudou a ser gente"...

29 julho 2013

As capas do Mundo ri...

O "Mundo ri" nº 109
de Junho/Julho de 1961
tem na capa um desenho de Vilhena.
.
É proibido falar com o guarda-freio. 

28 julho 2013

Setubalense - 1966 - Julho

02 Julho
Vitória FC
Vital ingressa no Vitória
.
02 Julho
Óbito
Faleceu na 4ªfeira passada, na Vidigueira, a Sr.ª D. Maria Francisca de Cabedo Garcia, viúva do saudoso médico Dr. Fernando Garcia.
.
04 Julho
Começaram os trabalhos de asfalto na Praça do Brasil.
.
06 Julho
Parque do Bonfim
Vão ser demolidos os “courts” de ténis do Parque do Bonfim.
Inaugurados há pouco mais de um ano… o lote de terreno onde aqueles “courts” se encontravam, será ocupado pelos CTT, com a ampliação do edifício da respectiva estação.
.
06 Julho
Cooperativa Colsado
Corpos gerentes
Assembleia-Geral – Professor Manuel Gonçalves Martins
Direcção – José Tiago Leão
Conselho Fiscal – Jacques Tavares da Silva
.
11 Julho
O Grupo “Verde Gaio”actuou no Luisa Todi, em 8 de Julho.
.
11 Julho
Casamento
No dia 9, sábado, realizou-se na igreja de Santa Maria da Graça, o casamento da Sr.ª D. Maria Manuela Coelho Gonçalves… com o Sr. Rui Cândido, funcionário da Junta Distrital.
O Sr. Arquitecto Renato Nogueira e a professora D. Conceição Vitorino foram os padrinhos da noiva.
.
13 Julho

Liceu Nacional de Setúbal
Foram autorizados exames, em Outubro, em duas disciplinas do 3º Ciclo dos Liceus.
.
13 Julho
Câmara Municipal de Setúbal
Foi aprovado o plano do novo alinhamento entre o Caldo Verde e a Praça do Brasil.
.
13 Julho
Falecimento
Morre no Hospital de S.Bernardo, com 76 anos, o médico e proprietário Dr. Alberto Barreto de Carvalho.           
.
20 Julho
Vigário Episcopal
O Cónego Dr.João Alves, foi escolhido para Vigário Episcopal de Setúbal.
.
23 Julho
A “Ostra”
Os representantes da Imprensa visitaram a nova Boite de Setúbal.
Na tarde da última 5ªfeira (21.07.66)… visitaram, na rua Daniel de Sousa, nº15, a nova unidade hoteleira de Setúbal, o Restaurante e Boite “A Ostra”, com instalações moderníssimas e decorada com o mais fino gosto.
Recebidos pela proprietária, Sr.ª D. Anna Louise De Bruyne que era acompanhada pelo gerente Sr.António de Oliveira
.
23 Julho
Óbito
Morre nos EEUU, durante a segunda operação ao coração a que ali se submeteu, o Sr. Dr. José Miguel Sanches, de 60 anos, major médico na reserva.
.
25 Julho
Foi ontem inaugurado o I Salão de Pintura de Setúbal, onde se encontram expostos trabalhos dos artistas setubalenses Adelino Silva, Álvaro Perdigão, Augusto Júlio, Carlos Alberto, Celestino Alves, Gomes Martins, Inês Guerreiro, Le Mattre de Carvalho, Lima de Freitas, Luciano, Maria Costa, Maria de Sousa, Mário Nascimento, Silva Lino, Silva Neto e ainda os falecidos Augusto Flamengo, Fernando Santos, João Eloi, João Vaz e Pereira Cão.
.
25 Julho
Óbito
Morre em Setúbal a Sr.ª D. Laura Martins do Soveral Rodrigues, com 94 anos,
Era mãe do Dr. José Martins do Soveral Rodrigues.
.
27 Julho
Foi abertas ao trânsito a Avenida Miguel Bastos. (do Quebedo até ao Hospital)
.
30 Julho
Exames na Academia LuisaTodi.
Sob um júri constituído pelos professores D. Maria Cristina Lino Pimentel, D. Claudina Wilhaham e Armando José Fernandes, prestaram provas de:
.....Solfejo (2ºAno) I
Isabel Maria Resende Pinho Duarte – 17 valores
Graça de Fátima Rodr. Croner Torres – 15 valores
Helena Maria Nunes Mantas – 15 valores
Maria Lin de Sousa – 15 valores
Isabel Inácio Cordeiro – 13 valores
Maria Paula Gonçalves Babo 13 valores
.....Solfejo (3ºAno)
Maria João Salgado Rebelo Neves – 17 valores
Maria Isabel Paninho Magalhães – 16 valores
.....Piano (3ºAno)
Maria Elvira Pimenta Camalhão – 13 valores
Helena Manuela Silva Lino – 11 valores

27 julho 2013

A Prova de Avaliação de Conhecimentos...

... de que os sindicatos têm tanto medo.
.
São excertos do artigo publicado
hoje, no "Publico"
por Andreia Sanches
.
O caracol é um “crustáceo”. E “escrúpulo” significa "pôr-do-sol”.
Estes foram alguns dos erros cometidos por candidatos a professores primários, em Madrid, num exame realizado em Março, no âmbito de um concurso de professores.
No total, 86% dos candidatos chumbaram num teste com perguntas a que é suposto um aluno de 12 anos saber responder.
Depois disso, Madrid alterou as regras de avaliação dos candidatos e o exame passou a ser o que mais vale na selecçãomais do que o tempo de serviço.
A forma como em cada país se está a tentar elevar a qualidade dos professores, varia. Em Portugal é esse garantir a qualidade o argumento para a criação de uma Prova de Avaliação de Conhecimentos, Capacidades e Competências.
(…)
Este polémico tema foi recuperado pelo actual Governo.
“Estamos convencidos de que os professores, com a qualidade manifesta, terão condições de ficarem aprovados”, dizia ontem aos jornalistas o Secretário de Estado do Ensino Básico e Secundário, João Grancho que falava no final de um encontro com os sindicatos, que deixaram claro que não aceitam o que está a ser proposto.
.
NB-
De que têm medo os sindicatos??!!!
Que os professores chumbem por carências científicas ou pedagógicas??!!...
Afinal o que é que os sindicatos defendem??!!!
A manutenção de alguns professores que há muito tempo deviam ter escolhido outra profissão?!... 
Será que os sindicatos julgam que assim, desta maneira, contribuem para a melhoria do ensino dos nossos alunos?!...
.
(de novo a palavra de Andreia Sanches):
.
Uma prova do tipo da proposta pelo Governo português, exigida a quem se candidata a um concurso de colocação em escolas públicas só é mencionada no caso espanhol.
O documento explica que a prova em Espanha é escrita e tem diferentes componentes, uma mais orientada para o teste das competências científicas, outra mais relacionada com a aptidão para ensinar.
.
 Maria Assunção Flores Fernandes
Professora do Instituto de Educação da Universidade do Minho
.
A presidente da Associação Internacional de Estudos dos Professores e do Ensino, Assunção Flores, diz que o modelo de prova, nos termos em que Portugal pretende aplicá-la, não será frequente. Mais comum, diz, é que haja uma avaliação dos candidatos à profissão noutros momentos.
(…)
No Reino Unido, por exemplo, todos os alunos de um curso de formação inicial de professores têm de fazer uma prova de numeracia e outra de literacia.
“Porque razão estes testes são cada vez mais difíceis?” – é uma das perguntas que constam da secção “Perguntas frequentes” do site oficial do Departamento de Educação.
Porque estes testes são uma ferramenta para elevar o nível dos que acedem à profissão docente”, é a resposta. Estes testes são feitos antes do ingresso nas universidades ou durante a frequência das mesmas.
Depois há testes no chamado “período de indução” – como acontece em vários estados da Alemanha.
Assunção Flores centra-se contudo, no que se passa nos EUA e em Inglaterra: durante um determinado tempo (um ano nos casos citados), o professor recém-saído da faculdade é integrado numa escola e acompanhado por um professor mais experiente.
“Durante esse período tenta-se corrigir fragilidades, ajuda-se o professor a desenvolver competências que estejam menos desenvolvidas e, no fim, o professor apresenta um portfólio, que é avaliado, e procede-se (ou não) à sua certificação.
.
In “Público”
27 07 2013
By Andreia Sanches
.
Vale a pena ler todo o artigo que foi publicado na área "Educação", na página Portugal.

Museu do Louvre...

A sina
Michelangelo Merisi, dito O Caravaggio
1573 - 1610
.
A sina

"Um fidalgo emplumado, muito vivo na sua veste de veludo amarelo com mangas tufadas, tirou a luva da mão direita e estende-as à adivinha. Esta traz um vestido e um turbante de musselina branca, e um mantel verde escuro, preso a um dos ombros, desce em diagonal, atravessando o peito. As duas personagens estão representadas a maio-corpo, obliquamente iluminadas, o que produz vivos contrastes. Pensa-se que este quadro terá sido executado antes da série decorativa de uma capela de S.Luís dos Franceses, em Roma, pintada pelo Caravaggio. Tratar-se-ia, pois, de uma das primeiras obras do caprichoso mestre. As personagens não têm aqui aquele carácter popular, ou mesmo ordinário, que mais tarde manifestarão. A pintura realista de Caravaggio, em que os bruscos rasgões de luz valorizam os contornos e relevos, criando uma atmosfera dramática, encontrou logo um imenso êxito, que se difundiu por toda a Europa. Ao caravaggismo estão ligados alguns franceses como Valentin e Tournier, holandeses como Honthorst e Terbruggen, espanhóis como Ribera e Murillo.

.
Cfr. Maximilien Gauthier
In “Grandes Museus do Mundo
Ed.Verbo – Setembro/1973

26 julho 2013

Agora, Zezito…

... toma e embrulha!!...
.
Em causa estão artigos publicados em 2009 sobre o valor 
pelo qual o governante havia comprado um andar em Lisboa.
.
Tou "tramado"...
.
A 11ªVara Cível de Lisboa absolveu o Público no processo movido pelo ex-primeiro-ministro José Sócrates contra o jornal, o ex-director José Manuel Fernandes e os dois jornalistas que assinaram os textos, Paulo Ferreira e Cristina Ferreira, a quem reclamou uma indemnização não inferior a 250 mil euros, acrescida de juros.
Em causa estão artigos de investigação publicados na edição impressa de 10 de Fevereiro de 2009 sobre o valor pelo qual o então governante havia comprado um andar no centro de Lisboa. O então primeiro-ministro processou o Público e os dois jornalistas, alegando que o seu bom-nome, honra e imagem tinham sido “gravemente afectados”.
Depois de equacionar os diferentes direitos em confronto – o da liberdade de expressão, por um lado, e o direito à reputação, por outro – a juíza responsável pela absolvição pronunciou-se pelo “inequívoco e indesmentível interesse público do tema tratado”. O cargo exercido por José Sócrates justificava, no seu entender, a “utilidade social” da notícia.

Citando extensa jurisprudência nacional e europeia sobre o direito à liberdade de expressão, a magistrada conclui que os jornalistas se limitaram a publicar “factos absolutamente verdadeiros”, não tendo havido da sua parte “intenção, conduta dolosa, consciente com vista a (…) denegrir da honra e reputação” de José Sócrates, nem tão-pouco emissão de juízos valorativos. Pelo contrário: enveredaram por uma conduta de diligente e aberta procura da verdade dos factos”, tendo para isso recorrido a diversificadas fontes de informação. Segundo a sentença, Cristina Ferreira e Paulo Ferreira mostraram “lisura e honestidade intelectual” no seu trabalho.
.
NB-
Esta sentença ainda é passível de ter recurso para o Tribunal da Relação... 
...mas o ilustre advogado Daniel Proença de Carvalho ainda não se pronunciou nem nada decidiu!...

Escrito no vento...

"A vida consiste não em ter boas cartas mas em jogar bem com as que possui."
.
Josh Billings

25 julho 2013

São quadras, meu bem... são quadras!...

.
Um corpete em cor garrida
Vou comprar-te a São Romão
Já levo aqui a medida
Na concha da minha mão.

24 julho 2013

Fotografias de Setúbal...

... a margem direita do rio Sado, a montante de Setúbal.
.
A zona portuária oriental 
(em 21 Setembro 2004)

23 julho 2013

Eles foram meus alunos...

...no Liceu Nacional de Setúbal
em 1978/79
.
Isabel Alexandra Ramos Rosário

22 julho 2013

Fotografias de Castelo Branco...

...na Net, de autor desconhecido.
.
O castelo que dá o nome à cidade

21 julho 2013

Ontem não correu bem...

...a inauguração da Feira de Santiago!...
.
A cançonetista contratada, provavelmente a preço de oiro, para a abertura da Feira de Santiago, apareceu 40 minutos depois da hora anunciada... E apenas porque já então se ouviam as "vaias" e os "assobios"... de todos os lados da assistência que se sentiu ludibriada.
.
Nem uma desculpa da organização. Nem uma palavra de Rita Guerra... 
.
Durante a actuação de Rita Guerra
ouviam-se algumas "bocas" de um público ainda meio "zangado"...
.
Apesar de estar um tempo suportável e... de não haver os "tradicionais" ataques dos mosquitos, vi muita gente abandonar o recinto antes do espectáculo ter terminado
Os assobios colectivos e as vaias surgiam também de vez em quando... ao mesmo tempo que uma ou outra voz, no público, ali por perto, perguntava em voz estridente: "Atão!...Rita Guerra. Tás p'ra i a cantarr e nã pedes "esculpa" à gente?!..."
.
Muita cor e pouco mais...
.
Pareceu-me uma Feira de Santiago mais reduzida... com muitos stands ainda por ocupar... e menos gente para primeiro dia.
Até as bifanas do Seninho parece terem perdido qualidade. Espero que tenha sido apenas um "acontecimento" pontual... As farturas da Luizinha mantêm-se óptimas e as bolachas Piedade continuam em forma!...
Teremos de voltar um dia destes para ver se se notam melhorias...

Humor antigo...

in. "Mundo ri " -  nº 104
de Março de 1961
.
- O quê?!  É engano no número?  Ora!  Não tem importância.  Eu também o amo a si.

20 julho 2013

Ninguém chame por mim...

... um poema de 
Pedro Homem de Melo
.
Pedro Homem de Melo
.
Anunciação
.
Quando nas ruas não houver ciganos,
Nem árabes na praia sequiosa,
Nem sereias no mar, nem uma rosa
Se desfolhar os dedos desumanos,
Quando as mãos brancas, rudes, que hoje afago
Destruírem na praça estátuas falsas,
Quando o vento varrer lajes descalças,
Em torno do meu lago,
Quando o antigo jardim ficar desnudo,
Tal qual a serra agreste,
Quando o faquir rasgar a sua veste
De púrpura e veludo,
E quando o cisne em último bailado
Exausto se prostrar
E a sombra e o seu exército pesado
Entrarem no solar,
Ai! quando as naus pela maré salgada
Se afundarem com oiro, vinho e pão,
Quando a volúpia não tiver estrada
E a beleza e a mentira também não,
Quando os lábios da virgens, porto em porto
Ao vento e às noites não pedirem nada
(Quando a volúpia não tiver estrada!)
Ninguém chame por mim, que estarei morto.
.
Pedro Homem de Melo
in. Bodas Vermelhas/1947

19 julho 2013

Siga os bons exemplos...

... senhora Presidente!
.
"Câmara de Castelo Branco é campeã nacional".
.
A Câmara de Castelo Branco é a autarquia portuguesa com melhor eficiência financeira.
Os dados foram apresentados pelo Anuário dos Municípios, num estudo desenvolvido pela Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, Tribunal de Contas, Instituto Politécnico do Cávado e Ave (através do Centro de Investigação em Contabilidade e Fiscalidade) e a Universidade do Minho.
.
O Anuário dos Municípios Portugueses acaba de classificar a Câmara de Castelo Branco como a melhor autarquia do país em termos de eficiência financeira. Por outras palavras, o município de Castelo Branco é, segundo aquele estudo, o mais bem gerido do país. Este estudo refere-se aos anos de 2011 e 2012.
Castelo Branco é a primeira classificada entre as câmaras de média dimensão e também a mais pontuada entre todos os municípios portugueses.
.
 O brasão da Cidade de Castelo Branco
.
Para Joaquim Morão, presidente da autarquia os "resultados divulgados demonstram a solidez financeira da Câmara de Castelo Branco, mas também o rigor e o critério que temos colocado na gestão do município."
O presidente da autarquia adianta que "estes resultados, analisados por pessoas independentes, são uma honra para Castelo Branco. Sinto-me muito feliz por isso, pois tenho dado a cara pela administração da Câmara".
.
Joaquim Morão Lopes Dias
 Presidente da Câmara de Castelo Branco
.
No entender de Joaquim Morão os "resultados demonstram a grande capacidade de gestão da autarquia. Nós temos a melhor eficiência financeira, mas temos feito muita obra, pagando pontualmente a toda a gente."
.
(...) "Estes resultados conseguem-se porque temos tido a capacidade de ir buscar dinheiro onde ele existe, mas sobretudo, pelo modo como ele se administra e aplica. Nós podíamos ter dinheiro e não pagar às pessoas. Mas no nosso Município pagamos a tempo e horas a toda a gente."
.
A terminar, Joaquim Morão diz que "nos tempos que correm, em que o país está quase na banca rota, estes resultados são motivo de grande satisfação para todos. Estes dados demonstram a solidez e a administração da Câmara de Castelo Branco contrasta com aquilo que se vive em Portugal.E isso é um motivo de orgulho para mim".
.
Cfr. João Carrega
in  "Reconquista", em 18 de Julho de 2013.
.
Devo apresentar os meus parabéns à Câmara Municipal de Castelo Branco, na pessoa de Joaquim Morão.
É justo que assim seja...
E permito-me sugerir, agora que vai deixar vago o lugar de presidente e ficar com o seu tempo mais livre, que pense na possibilidade de escrever e publicar um "compêndio" de administração municipal... de que um dos primeiros exemplares, devidamente autografado (e, se possível numa sessão pública com a imprensa devidamente creditada), poderia ser oferecido à Senhora Presidente da Câmara de Setúbal, a minha segunda Cidade, que bem precisada está de alguém que "saiba como estas coisas se fazem"... e a ajude a ultrapassar as dificuldades com que "luta" no dia a dia, apesar de ajudada por todos os seus assessoresauxiliares...
.
A Dr.ª Maria das Dores Meira 
Presidente do Município Setubalense
.
No próximo ano, gostaria de poder endereçar os parabéns que agora envio a Joaquim Morão, à Senhora Presidente da Câmara de Setúbal.
Do coração...

18 julho 2013

Os "Livros de Despedida"...

Da autoria de Amado Ramos Estriga
em 1959/60
a caricatura de
Maria Helena Proença de Almeida Duarte
.
Maria Helena Proença de Almeida Duarte
(É sobrinha do autor)

17 julho 2013

Escrito no vento...

"Com muita sabedoria, estudando muito, pensando muito, procurando compreender tudo e todos, um homem consegue, depois de mais ou menos quarenta anos de vida, aprender a ficar calado."
.
Millôr Fernandes
1923/2012
Humorista e escritor brasileiro

16 julho 2013

As Actas da Câmara Municipal...

.
Sessão de 02 de Janeiro de 1970
…realizou-se a reunião ordinária semanal, sob a presidência do Excelentíssimo Doutor Manuel José Constantino de Goes, estando presentes, além do Senhor Vice-Presidente, Engenheiro António Barroso, os vereadores Senhores Afonso Henriques Rocha, Manuel Pacheco Calanane Wengorovius, José Maria da Silva Belo, Carlos José Pinto e Fernando Batalha Pedrosa.
Não compareceu o vereador Senhor Doutor José Caldeira Areias cuja falta foi julgada justificada.
Assistiu à reunião o Chefe da Secretaria António Maria de Rhodes Sérgio Callapez, tendo comparecido também o Senhor Arquitecto Nascimento e Oliveira.
.
O átrio da Câmara Municipal

Distribuição de pelouros
…procedeu o Senhor Presidente à distribuição de pelouros pelos Senhores Vereadores, pela seguinte forma:
Um. Senhor José Maria da Silva Belo – Serviço de Mercados e Feiras e aferições.
Dois. Senhor Doutor José Caldeira Areias – Serviço de Higienização do Leite e Matadouros.
Três. Senhor Carlos José Pinto – Serviços de Jardins e Arborização, do Cemitério e Cadeia.
Quatro. Senhor Fernando Batalha Pedrosa – Serviços Técnicos.
Cinco. Senhor Afonso Henriques Rocha – Serviços de Higiene e Limpeza e de Incêndios.
Seis. Senhor Manuel Pacheco Calanane Wengorovius – Serviços Culturais, de Instrução, da Biblioteca e Museus.

15 julho 2013

Setubalense - 1966 - Junho

01 Junho
Dr. Miguel Bastos
Por portaria de 28 de Abril, foi nomeado Juiz Conselheiro do Tribunal de Contas, o Dr. Miguel Bastos
.
04 Junho
Pela Sr.ª D. Rita Fuzeta da Ponte e seu esposo Sr. Dr. António Guerreiro Ponte Lopes, foi pedida em casamento para seu filho Fernando Carlos Fuzeta da Ponte, guarda-marinha, as Sr.ª D. Maria Margarida Amaro Carrilho do Rosário.
.
06 Junho
Magistério Primário
A Direcção da Escola do Magistério Primário Particular de Setúbal, vem esclarecer o público que, em virtude da falta de candidatos ao Magistério Primário, irá suspender, a partir do próximo ano lectivo, o funcionamento daquele curso.
.
11 Junho
Festival de Educação Física
O Liceu Nacional de Setúbal encerrou as actividades do ano lectivo com um Festival de Educação Física.
Na 4ªfeira (08 06 1966), realizou-se no parque “Antoine Velge”, o festival de encerramento que foi presidido pelo Sr. Dr. Manuel José Constantino de Goes, presidente do Município.
… As professoras Sras. D. Maria Isabel Gomes e D. Maria Estrela Lopes Ferreira  e as suas jovens alunas dos 10 aos 14 anos encantaram a assistência com a graciosidade das exibições, tendo o último número do programa, que constava de danças regionais portuguesas, sido entusiasticamente aplaudido.
.
18 Junho

O pintor Álvaro Perdigão participa no I Salão de Pintura de Setúbal.

14 julho 2013

Humor antigo...

Publicado na revista
"Mundo ri " -  nº 128
em Dezembro de 1963
.
- Que pena avô... nem eu nem o senhor estamos na idade própria!

13 julho 2013

Escrito no vento...

"Há duas maneiras de viver a vida: uma como se nada fosse um milagre e outra como se tudo fosse um milagre."
.
Albert Einstein

12 julho 2013

Dor de alma...

Um poema de
António Gedeão
.
António Gedeão
.
Dor de alma
.
Meu pratinho de arroz doce
polvilhado de canela!
Era bom mas acabou-se
desde que a vida me trouxe
outros cuidados com ela.
.
Eu, infante, não sabia
as mágoas que a vida tem.
Ingenuamente sorria,
me aninhava e adormecia
no colo da minha mãe.
.
Soube depois que há no mundo
umas tantas criaturas
que vivem num charco imundo
arrancando o arroz do fundo
de pestilentas planuras.
.
Um sol de arestas pastosas
cobre-os de cinza e azebre
à flor das águas lodosas,
eclodindo em capciosas
intermitências de febre.
.
Já não tenho o meu engodo,
ó mãe, nem desejo tê-lo.
Prefiro o charco e o lodo.
Quero o sofrimento todo.
Quero senti-lo, e vencê-lo.
.
António Gedeão
in. teatro do Mundo/1958

11 julho 2013

Para “poupar” dinheiro ao Estado…

… foi criado o Centro de Conferência de Facturas da Maia!!!...

Custo da conferência de facturas das farmácias passou 
de 3,9 milhões para 5,8 milhões.
Central de facturas custa mais 49%.
.
O Centro de Conferência de Facturas da Maia
inaugurado em 20 de Abril de 2010
.
Uma auditoria da Inspecção-Geral de Finanças (IGF) ao investimento em Sistemas de Informação do Ministério da Saúde detectou várias falhas. Por exemplo, concluiu a fiscalização que “a gestão, organização, planeamento e acompanhamento da implementação do Centro de Conferências da Facturas (CCF) da Maia, no Porto, denota graves deficiências
Segundo o documento, revelado na Conta Geral do Estado, “verificou-se que os encargos médios anuais com a conferência de facturas sofreram um aumento médio de 49% face aos anos de 2008 e 2009.
Conclui a auditoria que “os pagamentos que as Administrações Regionais de Saúde (ARS) suportam para efectuar a conferência de facturas de farmácias, através de contratação externa de empresas, atingiram em 2008, o valor de 3,96 milhões de euros, e em 2009, 3,9 milhões; enquanto a despesa anual como CCF, que é gerido por uma empresa de consultadoria privada, a Accenture, é de aproximadamente 5,8 milhões de euros
O contrato celebrado entre a Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) e a Accenture também não terá sido respeitado no que concerne às penalizações quando o operador não cumpre os serviços. “entre Fevereiro de 2010 e Setembro de 2011, o CCF não cumpriu os prazos legais para validação de documentos remetidos pelas farmácias, o que levou as ARS a efectuarem pagamentos com base nos montante facturados”.
.
In. Diário Farmacêutico
da Formifarma

em 10 07 2013
.
Um belo "exemplo de poupança"... que era de prever quando o CCF foi criado!!
.
.
Em 10 de Abril de 2010, o Diário Económico editava on-line o seguinte texto:
O Centro de Conferência de Facturas de medicamentos e de meios de diagnóstico custou 37 milhões de euros e será inaugurado hoje, na Maia.”
O Estado vai levar quatro anos a amortizar a sua parte no investimento de 37 milhões de euros no Centro de Conferência de Facturas de medicamentos e exames complementares de diagnóstico. Segundo o secretário de Estado da Saúde, Óscar Gaspar, esta super-estrutura de controlo de despesas, a inaugurar hoje, recebeu um investimento de 30 milhões por parte do Estado e mais sete milhões pelos privados da Accenture

"Como vamos poupar 7 milhões de euros por ano com este centro, isso quer dizer que o Estado pode recuperar o investimento em quatro anos", disse Óscar Gaspar. Esses investimentos pressupõem, segundo o governante, uma poupança anual "elevada" que Óscar Gaspar esmiuçou para o Diário Económico: "Vamos poupar através de uma maior eficiência, de uma base de informação ‘online', e de um acompanhamento muito mais próximo do que o existente actualmente. Por exemplo, no que se refere aos meios complementares de diagnóstico poderemos ver, em cada momento, se há excessos de análises em determinadas áreas".
.

Os resultados estão à vista!! ...principalmente o acompanhamento muito mais próximo...

Escrito no vento...

As pessoas crescidas têm sempre necessidade de explicações… Nunca compreendem nada sozinhas e é fatigante para as crianças estarem sempre a dar explicações.
.
Antoine de Saint-Exupéry.  

10 julho 2013

Recordações...

Em Castelo Branco
25 de Fevereiro de 1968
.
Gi

09 julho 2013

Fotografias de Castelo Branco...

Para amenizar as "tórridas" temperaturas dos últimos dias...
.
...uma foto obtida no dia 25 de Dezembro de 1970

08 julho 2013

Humor antigo...

...in "O Mundo ri" nº106
saído em Março de 1961

- Ontem placou-me exactamente assim...

07 julho 2013

Escrito na pedra...

No "Público"
em 06 07 2013

"A ofensa que se faz ao homem deve ser de tal ordem que não se tema a vingança".
.
Nicolau Maquiavel
1469 - 1527
filósofo e político

06 julho 2013

São quadras, meu bem... são quadras!...

Mulher é livro fechado
Mas fechado para valer...
Nunca confessa o pecado,
Faz do pecado viver.

05 julho 2013

Defendo-me da morte....

...é um poema de 
Alexandre O'Neill
.
Alexandre O'Neill
.
Mesa dos Sonhos

Ao lado do homem vou crescendo

Defendo-me da morte quando dou
Meu corpo ao seu desejo violento
E lhe devoro o corpo lentamente

Mesa dos sonhos no meu corpo vivem
Todas as formas e começam
Todas as vidas

Ao lado do homem vou crescendo

E defendo-me da morte povoando
De novos sonhos a vida.
Alexandre O'Neill, in 'No Reino da Dinamarca'