04 dezembro 2015

A saudade é vida e morte...

...num poema a que
Isabel Monteiro
deu o título de
"Fado negro"
.
.
Isabel Monteiro

(...)
Fado negro
noites sombrias
perdidas
a triste sina acenando
na rua do Capelão
Fado chorado magoado
a trinar numa guitarra
Fado triste xaile negro
olhos pretos acenando
mágoas tristes se levando
no mar sombrio e sem estrelas
Lua encoberta folgando
em teus olhos barco à vela
que não sabem sossegar
Fado triste ensina a gente
sina fácil de entender
que saudade é vida e morte
uma à outra a separar
nas duas o bem querer
mesmo chorando a cantar
trinam na voz doces ais
que o vento e a brisa levando
parecem também suspirar
sempre mais cada vez mais....
Fado destino marcado
e quanta vida inventada
chorando perdidamente
no coração da guitarra
.
isabelmonteiro

Sem comentários: