29 junho 2012

O estudo da Deco...

No Setubalense de hoje, dia 29 de Junho, na secção “Três reparos”, podemos ler algo de curioso e que espelha o “pensamento” da Sr.ª Presidente:
“…as obras de qualificação de um espaço público junto da rua de Badajoz, inaugurado em 25 de Abril deste ano, ficaram por concluir. Os moradores queixam-se que nunca mais ninguém apareceu no local e faltam marcações de lugares de estacionamento, postes de iluminação e a reconversão ainda de alguns espaços que ficaram simplesmente por fazer…”
Ou seja, em 25 de Abril, teria havido grande “alarido” e “fotos” nos jornais… “Missão cumprida”, Sr.ª Presidente… Depois, vem o “está-se nas tintas”... o deixa andar


Maria das Dores Meira
Presidente da Câmara de Setúbal
.

Neste mesmo dia, 29 de Junho, no Facebook, acompanhámos alguns munícipes nos seus desabafos cheios de substância… A propósito do estudo da DECO que coloca em último lugar ( Não! Não leu mal!! É mesmo o último lugar na escala!...) a cidade de Setúbal, numa totalidade de 125 cidades, distribuídas por cinco países, no que diz respeito a qualidade de vida.

Diz uma Senhora, nada e criada em Setúbal:
“…incrível a Câmara Municipal de Setúbal...devia, em vez de por em causa o estudo da Deco, pensar no porquê dos péssimos resultados obtidos para a cidade de Setúbal... O importante é melhorar a qualidade de vida da cidade... nesta cidade falta tudo desde cinema, comércio, ciclovias, teatro, limpeza, segurança, cultura, turismo, hotéis, etc…, etc... Compare-se com Aveiro, com Viseu... Viver em Setúbal é de facto péssimo... não tem qualidade de vida...”
.
E mais adiante, uma outra, dizia:
“Pois só temos que fazer uma coisa.....unir esforços para fazer de Setúbal um destino turístico de eleição e colocar esta cidade do rio Azul ao nível que merece!!!”
.
“Aveiro tem também um enquadramento natural muito interessante mas tem muita qualidade de vida... nem se compara com Setúbal...”
.
Um outro interessado no debate, dizia a seguir:
Quando os paraísos naturais são invadidos por parasitas, o que acontece com mais frequência é a falência do hospedeiro por óbvia ausência de recursos. Setúbal é um albergue de minorias em prol da igualdade de direitos; o que nos sobra é a pura ausência de deveres e de responsabilidades. Por onde anda a identidade cultural dos setubalenses?
.
Em 24 de Abril de 1974
a Cidade de Setúbal disputava, com a cidade de Braga, o 3ºlugar na “hierarquia das cidades com maior desenvolvimento e nível de vida”… Por onde andava Vexa nessa altura, Sr.ª Presidente?!...
Eu também não estava cá em Portugal, em 1143… e, nem por isso deixo de saber o que é que o D. Afonso Henriques fez a Mãezinha dele, por essa altura… E Vexa? Tentou saber alguma vez o que se passou cá por Setúbal, antes da sua "luminosa” chegada a esta cidade onde detém agora todo o poder?!...
.
Já sei!... Já sei!... Naquele tempo, as fotografias eram ainda de rolo… e a preto e branco. Os jornalistas, esses, eram dados a pressionar e a “pisar” quem lhes permitisse serem “pisados”… E só deixavam de “morder” a troco de “vantagens”… o que muitos tentavam sem êxito…
As “coisas” ficaram mais fáceis… e a troco de “dez reis de mel coado”, os jornais fazem tudo o que se lhes pede…
O estudo feito pela Deco não teve como objectivo denegrir a Câmara Municipal de Setúbal!... Os dados colhidos, independente e aleatoriamente, é que permitiram as conclusões havidas… Que aliás são óbvias... para quem, desde há muitos anos, vive na cidade o seu dia-a-diaNão tente encontrar desculpas, Sr.ª Presidente! Tenha a humildade de reconhecer que pouco tem feito pela cidade, onde vive (?) desde há bem pouco tempo…E lembre-se, quando fala para os jornais, que há leitores que criticam os seus argumentos, com muito mais conhecimentos da cidade em que vivem do que aqueles que V.Exª poderá adquirir até largar a cargo em que, temporariamente, foi empossada
Um dia destes falarei de Castelo Branco, a segunda melhor cidade de Portugal ContinentalA segunda, Sr.ª Dr.ª Maria das Dores Meira!!!... Logo a seguir a Viseu…

Sem comentários: