24 setembro 2016

São quadras, meu bem... são quadras!...

.
Não há Bolero que exprima
Uns "Olhos negros" que eu vi
Uma promessa falhada
E o perfume que senti...        
.
                  

Sem comentários: