26 julho 2016

São quadras, meu bem... são quadras!...

.
Anda o Sol atrás da Lua                 
Num desespero sem fim
Nunca tu hás-de ser minha
Oh! que castigo!... Ai  de mim...      

Sem comentários: