28 outubro 2015

Pergunto ao vento...

Um poema de
Isabel Monteiro
in Fb - 20 10 2015

Bébé Ribeiro

Pergunto ao vento
Se me leva
Com ele a qualquer lugar
Sopra o vento e suspirando
Corre voando voando
Não me quer ver chorando
Pergunto ao sol
Se me eixa
Nos meus olhos seu raiar
Que a distancia confundiu
O sol esconde-se nas nuvens
Desaparece emudece
E nem sequer me sorriu
Pergunto ao mar
Se me leva
Nas quilhas leves das ondas
Ou no seu leito de espumas
Rumo ao sul e rumo ao norte
Aliviando o tormento
Fez-se logo o mar cinzento
Com aves negras voando
Serpenteando os escolhos
Perderam-se os horizontes
Na cascata dos meus olhos
A Distancia tem distancias
Minha distancia um deserto
Que temendo vou tecendo
Sem nunca mais ter lugar
E não sei mesmo, não sei
Se há um céu onde me encontre
Se há um mar onde me perco.
.
Bébé Ribeiro
In Facebook
20 Out 2015

Sem comentários: