08 abril 2018

Eles foram professores no Liceu...

Aristides Gonçalves
.
Era natural de Pindo (Penalva do Castelo),

onde nasceu em 21 de Junho de 1911.
.
Aristides Gonçalves
.
Licenciado em Filologia Germânica e portador de Exame de Estado para o Magistério Liceal, foi professor do 3ºGrupo (Inglês e Alemão).
Em 1954/55, ainda professor no Liceu da Guarda, foi nomeado professor do 3ºgrupo do Quadro Comum dos Liceus do Ultramar – Província de Angola, por portaria de 18 de Abril de 1955, publicada no Diário do Governo nº112, de 13 de Janeiro de 1955, publicada no Diário do Governo nº26, de 1 de Fevereiro de 1955. Foi por isso exonerado daquele Liceu, através de uma portaria com a data de 18 de Abril de 1955, publicada no Diário do Governo nº112, no dia 13 de Maio de 1955.
Em 1957/58, aparece no Liceu de Setúbal, vindo transferido do Quadro Comum dos Liceus do Ultramar, do Liceu Diogo Cão, na Província de Angola, por portaria de 17 de Janeiro de 1958, visada pelo Tribunal de Contas em 18 de Março de 1958 e publicada no Diário do Governo nº75, II Série, de 29 de Março de 1958.
Foi-lhe prorrogado o prazo de tomar posse, por despacho de 5 de Março de 1958, publicado no Diário do Governo nº86, II Série, de 11 de Abril de 1958. Acabou por tomar posse e entrar em exercício, no dia 27 de Setembro de 1958.
Nesse ano não lhe foi atribuído serviço lectivo por ter chegado de África só em Setembro de 1958. Em Outubro de 1958 foi-lhe atribuído um horário com 18 horas de serviço lectivo e nos dois anos lectivos seguintes o seu horário era de 20 horas semanais.
Exerceu alguns cargos durante a sua permanência no nosso Liceu:
Foi Diretor de Ciclo em 1959/60 e 1960/61 e, em 1961/62, foi empossado como Vice-Reitor ocupando o lugar de Joaquim Arco quando este concorreu a um Liceu de Lisboa. Em 9 de Novembro de 1961, tomou posse do cargo de Vice-Reitor do Liceu Nacional de Setúbal, cargo que vinha desempenhando desde 2 de Outubro de 1961 e para o qual havia sido nomeado por portaria de 3 de Outubro de 1961, publicada no Diário do Governo nº258, II Série, em 4 de Novembro de 1961.
Manteve-se no cargo de Vice-Reitor até à sua saída para um Liceu de Lisboa, em 1964/65. Na verdade, mediante concurso, foi transferido para o Liceu Padre António Vieira, através de portaria de 20 de Julho de 1965, publicada no Diário do Governo em 31 de Julho de 1965, sendo exonerado das funções de Vice-Reitor por portaria publicada no Diário do Governo em 20 de Novembro de 1965.

Sem comentários: