05 setembro 2012

Morreu um Homem bom...

Francisco Finura faleceu ontem.
Francisco Augusto da Silva Finura, em 1971

Eram mais conhecidas as "habilidades" do Homem por quem todos tinham muita consideração e respeito… A “história” de ensinar um rato a falar… a “invenção” de uma tinta que impedia as algas de se fixarem no casco dos barcos… O “cartão e visita” onde se intitulava "Operário especializado em trabalhos não especializados", são apenas facetas de um humor que o Francisco Finura cultivava com alguma inocência…

Menos divulgados teriam sido os actos de abnegação, coragem e altruísmo que ele cultivava sem lhes dar grande importância…

Deixo aqui, em sua memória, apenas duas notícias rebuscadas nos jornais da cidade de Setúbal, no início da década de sessenta… Apenas duas no meio de tantas outras.

11 de Agosto de 1962 -
O desportista Francisco Finura aumentou para 24 o número de vidas que já salvou do mar.

27 de Julho de 1963 - Francisco Finura recebeu mais um prémio pela sua reconhecida coragem. O jovem setubalense Francisco Augusto da Silva Finura que tantas provas tem dado da sua coragem no salvamento de pessoas no mar, acaba de receber mais um prémio -- a Medalha de Prata da "Coragem, Abnegação e Humanidade" e respectivo diploma, atribuídos pelo Instituto de Socorros a Náufragos, em virtude do salvamento de uma criança, que se registou em Cacilhas, em 10 de Agosto do ano passado.


Todos os Amigos lhe desejam que Descanse em Paz

Homenageado pela Cidade
Há poucos anos, a Câmara Municipal homenageou-o.
Aparentava já alguma debilidade…

1 comentário:

qrosa disse...

Bem haja pela recordação dos feitos do Homem q se vão esquecendo,dando lugar aos menos próprios,embora ele os não regeitasse. Os ingénuos são assim...
aqrosa