06 julho 2017

São quadras, meu bem... são quadras!...

.
Juro e assino a jura:
O nosso amor há-de florir
À tona da mais funda sepultura
Que a vida nos abrir.
.
Miguel Torga escreve esta quadra
em 18 de Maio de 1944
e deu-lhe o nome de "Pacto"

Sem comentários: