15 fevereiro 2017

Uns versos que já fizeram...

...60 anos!
.
Um "poema" respigado num
Livro de Curso publicado em 1956
a que deram o título de
"Pedido recusado"
de um autor desconhecido
.

Livro de Curso (1953/56)
Escola Superior de Farmácia
Universidade de Lisboa
.
Pedido recusado
.
I
Um valor me falta
Peço-o. mas...
Dá?
Que custa um valor?
Dê, por favor
Vá!...
.
II
Um valor é culpa
Que se não desculpa, mas...
Dá?
- "Foi por cabulice?" -
Oh, mas que tolice!
Vá!
.
III
E um valor é de graça
Que a mais não passa:
Dá?
- "Teme que repita?" -
- "Qu'estou fazer fita? -
Vá!
.
IV
Guardo segredo
Não tenha medo...
Vê?
Dê-me um valorzinho
Seja bonzinho
Dê!
.
V
Que bom que seria
Que paz me traria
Dai!
- E com o meu Pai!
Só de pensar...
Ai!
.
VI
- Contente? Um...
Talvez seja pouco
Pois!...
Bom... talvez...
Seria possível...
Dois?
.
VII
Oh, dois! felicidade 
Nem é bom sonhar
Vê?
Porque ao acordar... ?!
Vá, por piedade
Dê!
.
VIII
Porém a conta
Certinha e justa são...
Três!
Pois não são três
A conta que Deus...
Fez?
.
IX
- "Nem implorando
As três graças?
- Não?
- Nem as três Virtudes?
Nem as folhas do trevo?"
Que desilusão!
.
X
- "Não e não e não?"...
Três... era tão pouco!...
Veja!
- "Que foi cabulice?!-
- Muita malandrice?"
Seja!
.
Livro de Curso
1953 - 1956
autor(a) desconhecido(a)             

Sem comentários: