09 março 2015

E nos cordões de oiro...

...num poema a que 
Pedro Homem de Melo 
deu o nome de 
N a t u r e z a
.
Pedro Homem de Melo
.
Natureza
.
Maiata no lenço.
Maiata na faixa.
Maiata da Maia.
Maiata nos brincos
E nos cordões de ouro.
Maiata na saia.
Maiata nas ancas.
Maiata na saia
E nas blusas brancas.
.
Maiata se reza.
Maiata se chora.
Maiata se ri.
Maiata se dança,
Maiata se canta.
Maiata se fala
(Tão loiro o cabelo!)
Maiata no rosto
- Rosto cor de opala...
.
Maiata no lume
De amor sem tristeza,
Maiata no Adro.
-
Maiata na eira,
Maiata de dia,
Maiata de noite
Maiata na fonte,
Maiata na cama.
Dando luz e ardendo
Como vela acesa,
Quando se derrama...
.
in. 
"Eu desci aos infernos" - 1972
.

Sem comentários: